Skip to content

Dono da empresa de marketing multinível Priples é preso

03/08/2013

Dono de empresa marketing multinível Priples é preso

Publicado em 03.08.2013, às 10h34

sede

.

A sede da empresa fica em Piedade, Jaboatão dos Guararapes

Foto: reprodução/site da Priples
.

O dono da empresa de marketing multinível Priples, Henrique Maciel Carmo de Lima, de 27 anos, e a sua esposa, Mirele Pacheco de Freitas, foram presos na manhã deste sábado (3), em Piedade, Jaboatão dos Guararapes. Os dois são acusados de crime contra a economia popular e formação de esquema de pirâmide financeira.

LEIA MAIS:
» Donos da Priples têm bens, estimados em R$ 70 milhões, bloqueados

A prisão ocorreu na residência do casal. Também foram apreendidos pela polícia cerca de 300 mil dólares e carros de luxo, sendo uma rang rover e um camaro. O caso foi encaminhado para a delegacia do Ipsep, no Recife. O delegado Carlos Couto é o responsável pela investigação. Seis mandados de busca e apreensão haviam sido expedidos contra o casal.

camaro

.

A polícia apreendeu dólares e carros de luxo na casa do casal Foto:Bobby Fabisak/JC Imagem

Os advogados do empresário foram os primeiros a chegar à delegacia do Ipsep. Por volta das 10h20, a viatura que transportava Mirele Pacheco chegou ao local. Em seguida, por volta das 11h20, foi a vez de Henrique Maciel Carmo de Lima. Ele entrou pela porta dos fundos da delegacia e não foi visto pelos jornalistas que aguardam informações em frente à unidade.

Henrique Mariano presta depoimento e vai ser encaminhado ao Instituto de Medicina Legal para exames de Corpo de Delito para, em seguido, ser levado ao Centro de Triagem professor Everardo Luna, o Cotel, em Abreu e Lima. Já a esposa dele, Mirele Pacheco, será levada à Colônia Penal Feminina do Recife, no bairro do Engenho do Meio, Zona Oeste da cidade.

HISTÓRICO Em seu perfil no Facebook, a empresa Priples diz trabalhar no sistema de marketing multinível, onde os divulgadores do produto (no caso da Priples são anúncios na internet) recebem ganhos de 60% mensais em cima do valor investido.

Em julho, dezenas de divulgadores da empresa fizeram fila na sede da Priples, localizada no bairro de Piedade, por não terem recebido os pagamentos.

Por conta de atraso, alguns divulgadores entraram na justiça contra a empresa, como o estudante de direito Rinaldo Moreira Cavalcanti, que decidiu entrar com uma medida cautelar de arresto para garantir os R$ 10 mil gastos para iniciar suas atividades na empresa.

42 Comentários leave one →
  1. Fernando permalink*
    03/08/2013 21:06

    Obrigado aos leitores que trouxeram a notícia.

    • Flávio permalink
      03/08/2013 21:21

      A população carcerária que se cuide.

  2. 03/08/2013 21:22

    tem mais gente fazendo marketing de rede ludibriando pessoas ai e j esto com a mala pronta para sair do pas, tem um que me encheu o saco meses a fiuuuuu, deu um bolo no pessoal a bem pouco tempo atras com o leilo de dollares, no sei o que reward das quantas e depois que caiu o negocio eles se descupou e saiu de fininhoooo, ele lavou a egua com a telexfreee essa ai que explodiu vocs devem saber que o carinhaaaaa

    Date: Sat, 3 Aug 2013 23:01:37 +0000 To: luizfernandoss200@hotmail.com

  3. Flávio permalink
    03/08/2013 21:38

    Os comentários no perfil da priples no facebook, é rir pra não chorar:

    ” tbm não recebi nada até agora,cada vez que marcam novas datas consulto minha conta bancária e nada!!!Preciso de suporte e não tenho,não há nenhum telefone para fazermos ctt,meus dados bancários estão corretos.Quando achei um nº de telefone liguei achando que a pessoa poderia ao menos me ajudar com alguma informação ai ela me cobrou R$100,00 pr me auxiliar,mais quem me garante que eu vou ter esse suporte.Poxa pessoal essas coisinhas vão chateando a gente né galera! Eu tinha um agendamento pr hoje as 08:00hrs da manhã fiquei igual há uma tonta procurando no site da Priples como eu faria pr conversar com alguém e até agora não entendi como é esse atendimento!!! Gente a Priples precisa dar um suporte melhor aos seus associados,estamos esperando há um tempão que esse atendimento melhore,por favor,façam alguma coisa por nós,pois não moramos ai na região de vcs,somos de São Paulo,e não podemos ir até a sede,por favor coloquem-se em nossos lugares!!! #muitochateada#
    2 · 29 de julho às 05:55″

    Alcione, te indico alguém que pode ajudar: afederal.com.br… brincadeira. é mentira alcione.

  4. Victor permalink
    03/08/2013 23:19

    Esse é picareta mesmo, e seus divulgadores: antas de 6 pés! Como a pessoa vai ter renda de 2% ao dia sobre o valor investido, sem fazer praticamente nada, somente respondendo 4 perguntas cretinas na internet?! Lembrando que para responder a pessoa pode consultar o Google!!!! Essa parelha de ladrões, unidos com um covil de lobos, tiraram dinheiro de muita gente besta e pobre, que queria ficar rica!!! Um absurdo nossa polícia ser tão lenta, a ponto de ter que esperar milhares depositarem dinheiro antes de entrar em ação. E esses vagabundos foram um dos patrocinadores oficiais da festa de São João de Caruaru, tornando claro a conivência do poder público com essa onda de malandragem e picaretagem!!

    Deveria ser criada com urgência uma Lei contra esse tal de MMN, pois isso tudo é fachada para roubalheira!! Fazer um plano de remuneração baseado em metas de vendas batidas é uma coisa; mas fazer remuneração baseado em recrutamento de gente incompetente que só quer cadastrar mais gente?! Aí é querer inverter valores!! Fogo nessa corja de bandidos!! Se os próprios componentes do que se dizem MMN legítimo não conseguem explicar com clareza a diferença deles para as pirâmides, como vêm com essa conversinha fiada de separar o joio do trigo!!?? É tudo balela! Cambada de espertinhos que acham justo ganhar sobre o trabalho de alguém que nem mesmo sabem com se chama!!

    E eu estou é de saco cheio dessa conversa fiada de dizer que no nosso país temos pirâmides como o INSS, políticos safados, banqueiros desumanos, e outras coisas do gênero. Só porque o sistema está cheio de merda, agora surge uma corja de palhaços se achando no direito de terminar de lascar o povo!!! Vão todos se F…..R. E mais, se alguém aqui não quer viver num mundo Capitalista, onde ganha mais quem agrega mais valor à produtos e serviços, pode comprar uma passagem sem volta para CUBA!!! Vão para lá e tentem recrutar sua “rede” para morar com vocês! É bom!!! Tem tudo por lá!! Lá é o local ideal para quem reclama do “sistema capitalista”

    Mais uma mensagem para os que se dizem pobres, e agora oprimidos pelo MPF que trava sistemas piramidais: “Se você é pobre e quer ganhar dinheiro digno, vai por favor ler as histórias de Silvio Santos, Samuel Klein, Sam Walton, Luiza Trajano, Francisco Matarazzo, Valentim Diniz, e tantos outros. Tente se inspirar nos grandes homens que contribuíram de alguma forma para criação de riqueza para si e para seus colaboradores. Vamos acabar com essa safadeza de se inspirar em Ednaldo Bispo, Figueiró, Marcos Duda, e outros pertencentes ao mesmo saco de farinha!!!

    Tenho certeza que está cheio de oportunidades nesse Brasil enorme. Tem gente querendo comprar e ser bem atendido em todo rincão, mas só enxerga isso quem é realmente trabalhador e corre atrás. Não esses parasitas que ficam doido para ganhar dinheiro sem sair de casa!! E para os otários que acham que isso é a última moda nos EUA, por favor vão morar lá e tentar fazer isso. Os EUA são ricos devido a seus empreendedores e povo trabalhador, e são admirados por isso, não por causa da porra de MMN! Mas lá também tem muita mazela, e agora a cambada de vagabundos do MMN brasileiro quer importar toda essa desgraça para cá!?!? Será que a gente já não tem suficiente safadeza por aqui???? Vão trabalhar cambada de preguiçosos!!!

    RIP Priples!! FKU Priples!!!

    • Pensadora permalink
      04/08/2013 19:41

      Aplaudi de pé seu comentário!!!!

    • 16/08/2013 14:34

      Eu bem que queria ver um desses MMN-maníacos indo tentar a sorte em Cuba.
      Era só começar o discursinho de “mimimi trabalho não leva a nada, ganhe dinheiro dormindo” e o governo mandava eles pra cadeia em uma semana. Mandava cortar cana pra ver se tomava vergonha na cara.
      Porque o discurso desses pilantras não é “anti-capitalista”, é pior que isso: é “esperteza” sem trabalho, acúmulo de capital em cima dos “otários”. Inaceitável em QUALQUER regime.

  5. 04/08/2013 1:01

    Que lindo! Adorei a notícia!

    Epic Win!!!!

  6. Roberto GJ permalink
    04/08/2013 9:44

    E parece quem vem mais por aí. Ainda que tardiamente, não deixa de ser um bom trabalho da justiça.

  7. Egiptólogo permalink
    04/08/2013 10:38

    na palestra de sexta-feira ele chegou a falar,por volta dos 29 minutos, que estava preparando uma empresa B pro caso da Priples der bloqueada http://www.youtube.com/watch?v=kBl_UYeHZeQ . Será que isso acelerou a ação da justiça?

  8. Wilson César permalink
    04/08/2013 11:44

    Estou aguardando as desculpas esfarrapadas dos MManiacos que gostam de vir aqui e por em duvida o trabalho desse Blog . Sempre que posto algo , aparece algum herbaloco BBesta , me chamando de fracassado , que MMN é a cereja do bolo e bla bla bla..KD vcs ?
    Já tive até meu português contestado por um analfabeto..kkkk..Vamos la galera do Telexfria , Me perdoe os “afiliados” Priples , mas fala sério…essa tava muito na cara né..abs Renata e Fernando .

    • Renata Lima permalink*
      04/08/2013 23:35

      Ihhh, sou chamada de fracassada, invejosa, mal amada ha mais de 6 anos. Numero que eu queria…nada. Hahaha

    • Ralpho Krum permalink
      14/10/2013 13:03

      Cara não sou um herbaloco, apenas me identifiquei com o produto, produto e consumidor não se discute ou discute? Formas mirabolantes de aumentar a renda com produtos que convencem isso é piramide? Não estou colocando o blog em dúvida, mas defendo o que sei.
      E o que eu sei é que a Herbalife não é uma pirâmide e te mostro que recrutar uma pessoa na mais é do que vc mostrar a elas as formas de ganho e o trabalho que deve se desempenhado, a pessoa é que escolhe qual caminho quer seguir.

    • Renata Lima permalink*
      15/10/2013 16:12

      “Não estou colocando o blog em dúvida, mas defendo o que sei.
      E o que eu sei é que a Herbalife não é uma pirâmide e te mostro que recrutar uma pessoa na mais é do que vc mostrar a elas as formas de ganho e o trabalho que deve se desempenhado, a pessoa é que escolhe qual caminho quer seguir.”

      A forma de se defender um negócio não é com crença pessoal. É com NÚMEROS. E os numeros nao deixam a menor dúvida….herbalife é um PÉSSIMO negócio para a esmagadora maioria. Quase ninguem ganha nada. E a empresa nem sabe quanto vende pra consumidor final. Isto sim seria um forte indicativo pró empresa, se vendesse no mínimo 70% pro consumidor final. Boa sorte.

  9. Flávio permalink
    04/08/2013 14:03

    tudo bem que a UFPE deve ter alugado o espaço e não vai ficar investigando a empresa que alugou mas poderia tomar mais cuidado. sem falar que ficou indexado “priples na ufpe”, que beleza!

  10. Maycon Dias permalink
    05/08/2013 15:09

    Eita a cada dia fico com medo de tudo que esta acontecendo :(
    Sou da multiclick e ja recebemos a noticia que a empresa tem um documento onde sua atuação é legal e toda documentação foi entregue.
    Mas mesmo assim nada me sucega, creio que as criticas feitas para quem entra nesse negocio é muito triste, pois nem sempre quem entrou pensou em prejudicar ninguem, muitos entram acreditando em mudança na sua vida, e ja gastamos dinheiro com tanta coisa e nunca tivemos nada em troca, então por que nao tentar mais uma vez? eu entrei po esse sonho!
    Se a MP amanhã falar que a empresa é ilegal vou reconhecer e continuar minha vida, mas enquanto isso nao acontecer, vou trabalhar na MCB enquanto poder, ou pelo menos até recuperar o que investi.
    Vamos aguardar o desfecho, e que as pessoas que nao façam parte de uma MMN, não julguem todos do MMN em geral, pois quem aponta um dedo, tem 3 apontados para si!

    Renata parabens por sempre nos informar as novidades que saem sobre as MMN e que sempre vem com fontes e nunca com suas proprias opniões, isso demonstra como vc trabalha com a verdade de fato e não pelo achismo.

    vlw

    • Renata Lima permalink*
      05/08/2013 15:59

      Não confie neste papo de liberação de multiclick. Até onde sei, não houve pronunciamento oficial por parte do judiciário e a tal entrega de documentos não significa aval para funcionar ou fim de investigações, como deu a entender o presidente em video. Se tem documento, precisa apresentar.

      Multiclick está na mira do judiciário SIM e acredito que sera bloqueada também. Enquanto isto, boa sorte…realmente não sei como os participantes continuam recrutando neste momento de total insegurança juridica.

      E obrigada por reconhecer que este blog trabalha com fatos. Se assim não fosse, se fosse para dar opinião, eu não estaria aqui. Sugiro cautela.

    • Renata Lima permalink*
      05/08/2013 21:21

      http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/685429/?noticia=LUCRO+FACIL+COM+PIRAMIDE+PODE+VIRAR+UMA+DOR+DE+CABECA

      acompanhe, há inquérito em trâmite contra multiclick no paraná. Sei de mais dois, mas não tenho link para passar pois recebi a informação com pedido de sigilo.

  11. Maycon Dias permalink
    06/08/2013 10:08

    Bom dia Renata,

    Nossa estava lendo essa matéria, e nao sei se foi erro meu, mas parece que é uma matéria que foi postada a pouco tempo, mas se refere a conteudo de meses passados, estou enganado? na matéria fala que abriram um processo contra BBOM e Telexfree, não vi falar sobre o bloqueio e tals, acho que a pessoa que postou essa matéria está atrasada, me corrija se eu estiver enganado Renata.

    • Renata Lima permalink*
      06/08/2013 10:21

      Fala em inquérito contra multiclick no paraná. Se é de “meses passados” não sei, coloque aqui o porquê.

      Acho que você está no auto engano, ao achar que multiclick está “imune” as investigações ou o modelo de negócio é distinto do praticado por telexfree, por exemplo.

      Como te disse – e reitero – fora este inquérito no paraná, existem (ao menos) outros dois.

      Se aceita uma sugestão, pare de recrutar. Sua rede pode cobrar de você mais pra frente.

    • Renata Lima permalink*
      06/08/2013 10:55

      maioria dos cadastros feitos no NE, típico mesmo….e suspeita de cadastro de crianças e adolescentes. Minha nossa, quanto lixo por trás destes esquemas nojentos.

      “Até a publicação desta reportagem, mais de 210 mil pessoas estavam cadastradas no site da Priples, sendo a maioria de Pernambuco, Paraíba e do Rio Grande do Norte. Foi solicitado à Justiça a suspensão do domínio e a retirada do site do ar, proibindo qualquer pagamenteo ou bonificação. A empresa será notificada ainda nesta segunda-feira (5) e a multa determinada pela Justiça é de R$ 1 milhão por dia de descumprimento da medida e R$ 50 mil por cada nova adesão ou pagamento feito através do site. A polícia suspeita, ainda, do cadastro ilegal de crianças e adolescentes para burlar o limite de R$ 10 mil em investimento por pessoa.”

  12. Maycon Dias permalink
    06/08/2013 11:39

    Ola Renata olha o que me mandaram:

    PODER JUDICIÁRIO
    JUSTIÇA FEDERAL
    SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SANTA CATARINA
    2ª VARA FEDERAL DE ITAJAÍ

    MEDIDA CAUTELAR INOMINADA Nº 5005896-40.2013.404.7208/SC
    REQUERENTE

    :

    MIQUEIAS ADRIANO DA SILVA LOPES

    :

    MULTICLICK BRASIL PUBLICIDADE LTDA

    :

    WAGNER CHARLES DE ASSIS ALVES
    ADVOGADO

    :

    GEORGE MARIANO DA SILVA
    REQUERIDO

    :

    ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

    :

    MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

    SENTENÇA

    1. RELATÓRIO

    Trata-se de medida cautelar, na qual a parte requerente pretende, inclusive em sede de liminar, que os bens, contas bancárias, produtos/serviços relacionados à empresa autora, não sofram quaisquer tipo de bloqueio/restrição, e que novos contratos possam ser feitos e que o sítio da empresa requerente possa funcionar sem qualquer tipo de restrição.

    É breve relato. Decido.

    2. FUNDAMENTAÇÃO

    Trata-se de ação cautelar na qual se pleiteia que os bens, contas bancárias, produtos/serviços relacionados à empresa autora, não sofram quaisquer tipo de bloqueio/restrição, bem como que novos contratos possam ser feitos e que o sítio da empresa requerente possa funcionar sem qualquer tipo de restrição.

    A providência foi requerida em sede de ação cautelar, que, contudo, não se presta à satisfação do direito em litígio.

    Exceto nos casos expressamente previstos em lei, como os artigos 844 e 852, do Código de Processo Civil, a cautelar deve ser utilizada como instrumento para a obtenção de medidas adequadas a tutelar o direito, sem satisfazê-lo. Trata-se de segurança para a execução, ou seja, tomam-se as medidas necessárias para que o processo principal ao qual a cautelar é referível tenha um fim útil.

    Nas palavras de PAULO AFONSO BRUM VAZ, “a satisfatividade é da essência da antecipação de tutela, porém na tutela cautelar, consoante orientação jurisprudencial remansosa, constitui óbice a sua concessão. Em última análise, diríamos que os provimentos cautelares viam a garantir o resultado eficaz do processo, assegurando a efetividade de uma pretensão de direito processual ou material. Ao revés, os provimentos antecipatórios dispõem diretamente sobre o direito material contendido, representado o atendimento da pretensão antes da sentença”. (A Antecipação da Tutela em Matéria Previdenciária. In Revista da ESMESC nº 2, p. 189).

    Medida antecipatória é a que contém providência apta a assumir contornos definitivos pela sentença de procedência. De outro lado, o conteúdo da cautelar é diverso do da sentença do processo principal.

    Desta forma, com o advento da Lei n. 8.952/94, que dentre outras inovações trouxe o instituto da antecipação dos efeitos da tutela, não tem mais lugar a concessão de cautelares satisfativas com fundamento no poder geral de cautela, previsto no art. 798 do Código de Processo Civil.

    TEORI ALBINO ZAVASCKI, em seu livro “Antecipação da Tutela”, propõe a análise das seguintes características para se verificar se a providência requerida constitui antecipação da tutela: a) o réu espontaneamente assumiria comportamento se reconhecesse o direito alegado; b) resultado material do direito certificado na futura sentença; c) o autor quer vê-lo (efeito) eficaz não pela duração do processo, mas definitivamente.

    Os pleitos no sentido de que os bens, contas bancárias, produtos/serviços relacionados à empresa autora não sofram quaisquer tipo de bloqueio/restrição, bem como novos contratos possam ser feitos e que o sítio da empresa requerente possa funcionar sem qualquer tipo de restrição, enquadram-se em todos os requisitos acima referidos, sendo medidas que devem ser requeridas em sede de antecipação de tutela e não em cautelar.

    Portanto, incide a regra do art. 295, V, do Código de Processo Civil, tendo em conta que o tipo de procedimento escolhido pelo autor não corresponde à natureza da causa.

    Ressalto a impossibilidade do recebimento da ação cautelar como pedido de antecipação dos efeitos da tutela, que deverá ser formulado nos autos da ação principal, à vista de que não há fungibilidade entre as medidas.

    3. DISPOSITIVO

    Ante o exposto, tendo em vista a inadequação da via processual eleita, com fundamento nos arts. 267, I, c/c 295, V, do Código de Processo Civil, EXTINGO O PROCESSO, sem resolução do mérito.

    Sem condenação em honorários advocatícios, tendo em vista que não se estabeleceu a relação processual.

    Custas pela parte requerente.

    Publique-se. Registre-se. Intimem-se.

    Eventual recurso interposto será recebido apenas no efeito devolutivo (art. 520, IV do CPC), valendo o presente como recebimento do mesmo em caso de preenchimento dos pressupostos de admissibilidade. Preenchidos estes, remetam-se os autos ao TRF da 4ª Região.

    Itajaí, 23 de julho de 2013.

    Eduardo Correia da Silva
    Juiz Federal Substituto

    Documento eletrônico assinado por Eduardo Correia da Silva, Juiz Federal Substituto, na forma do artigo 1º, inciso III, da Lei 11.419, de 19 de dezembro de 2006 e Resolução TRF 4ª Região nº 17, de 26 de março de 2010. A conferência da autenticidade do documento está disponível no endereço eletrônico http://www.jfsc.jus.br/gedpro/verifica/verifica.php, mediante o preenchimento do código verificador 5362579v3 e, se solicitado, do código CRC AEB21D14.
    Informações adicionais da assinatura:
    Signatário (a): Eduardo Correia da Silva
    Data e Hora: 24/07/2013 14:14

    Se poder traduzir para nos, ficarei grato”

    a fonte é http://www.jfsc.jus.br/gedpro/verifica/proc_processa_valida.php
    COD: 5362579v3

    • Renata Lima permalink*
      06/08/2013 12:41

      Já traduzi. Isto não significa que multiclick está liberada. Quem afirma isto está de má fé. Esta decisão NEM FAVORECE A EMPRESA.

      Curiosidade, a empresa usa este processo para informar que foi avalizada pelo judiciário??? Se for, eu mesma contribuirei para denunciá-la, porquê é MENTIRA e INDUZ PESSOAS EM ERRO. Trata-se de uma sentença extintiva porquê o autor ESCOLHEU A VIA PROCESSUALMENTE INADEQUADA PARA TENTAR BRECAR A SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES DE MULTICLICK.

      Não faltava mais nada (e creio que já vi esta decisão aqui no blog, postada por outra pessoa)

      Agora a pergunta, você acha MESMO que esta empresa tem um modelo de negócios DIFERENTE das que têm sido suspensas???? Vc acha que a multiclick dá oportunidade para lucrar SEM SER AS CUSTAS DE RECRUTAMENTO??? Agora, a mais pessoal das perguntas…como você tem coragem de CONTINUAR recrutando para esta empresa, na atual conjuntura????

  13. Maycon Dias permalink
    06/08/2013 11:40

    http://www.jfsc.jus.br/gedpro/verifica/proc_processa_valida.php
    COD: 5362579v3

    Se poder trazudir, pode ser interessante para os acontecimentos

    • Renata Lima permalink*
      06/08/2013 12:24

      Não acesso nada, pegue o documento e transcreva, por favor.

      “Dúvidas sobre esta área do site? clique aqui para entrar em contato.Conferência de Autenticidade de Documentos

      Preencha o campo abaixo com a informação solicitada do documento assinado digitalmente, repita as letras que aparecem na imagem (se estiverem disponíveis) e clique em Pesquisar.

      Código Verificador: “

    • Renata Lima permalink*
      06/08/2013 12:36

      Ah, sorry, não tinha visto o código.

      Vamos lá (sentença transcrita abaixo). Um tal miqueias entrou com uma medida visando obter liminar para que NÃO HAJA SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES DA MULTICLICK. O juiz federal sentenciou EXTINGUINDO O MÉRITO por considerar que a medida escolhida pelo autor (cautelar) não é a adequada para este tipo de providência.

      Na prática, significa que NÃO HOUVE NEM ABORDAGEM JURÍDICA QUANTO AO MÉRITO (o juiz NEM ANALISOU O PEDIDO PARA ABSTENÇÃO DE SUSPENDER ATIVIDADES DA EMPRESA).

      Concluindo, ESTE processo não avaliza NADA com relação a multiclick e a decisão SEQUER FOI FAVORÁVEL a empresa.
      SE A EMPRESA USA ESTE PROCESSO PARA INFORMAR QUE TEVE AVAL JURÍDICO, É MENTIRA. É má fé. Pode trazer qualquer um aqui para discutir isto comigo. Repito, esta decisão NÃO É FAVORÁVEL E NÃO SIGNIFICA QUE MULTICLICK FOI “LIBERADA” COMO, MENTIROSA E ARDILOSAMENTE, ANDAM ESPALHANDO EM REDES SOCIAIS. Desculpa a franqueza, mas qualquer pessoa que leia com atençao a decisão vai entender que não tem “liberação” nenhuma em seu conteúdo. .

      “1. RELATÓRIO

      Trata-se de medida cautelar, na qual a parte requerente pretende, inclusive em sede de liminar, que os bens, contas bancárias, produtos/serviços relacionados à empresa autora, não sofram quaisquer tipo de bloqueio/restrição, e que novos contratos possam ser feitos e que o sítio da empresa requerente possa funcionar sem qualquer tipo de restrição.

      É breve relato. Decido.

      2. FUNDAMENTAÇÃO

      Trata-se de ação cautelar na qual se pleiteia que os bens, contas bancárias, produtos/serviços relacionados à empresa autora, não sofram quaisquer tipo de bloqueio/restrição, bem como que novos contratos possam ser feitos e que o sítio da empresa requerente possa funcionar sem qualquer tipo de restrição.

      A providência foi requerida em sede de ação cautelar, que, contudo, não se presta à satisfação do direito em litígio.
      Exceto nos casos expressamente previstos em lei, como os artigos 844 e 852, do Código de Processo Civil, a cautelar deve ser utilizada como instrumento para a obtenção de medidas adequadas a tutelar o direito, sem satisfazê-lo. Trata-se de segurança para a execução, ou seja, tomam-se as medidas necessárias para que o processo principal ao qual a cautelar é referível tenha um fim útil.

      Nas palavras de PAULO AFONSO BRUM VAZ, “a satisfatividade é da essência da antecipação de tutela, porém na tutela cautelar, consoante orientação jurisprudencial remansosa, constitui óbice a sua concessão. Em última análise, diríamos que os provimentos cautelares viam a garantir o resultado eficaz do processo, assegurando a efetividade de uma pretensão de direito processual ou material. Ao revés, os provimentos antecipatórios dispõem diretamente sobre o direito material contendido, representado o atendimento da pretensão antes da sentença”. (A Antecipação da Tutela em Matéria Previdenciária. In Revista da ESMESC nº 2, p. 189).

      Medida antecipatória é a que contém providência apta a assumir contornos definitivos pela sentença de procedência. De outro lado, o conteúdo da cautelar é diverso do da sentença do processo principal.

      Desta forma, com o advento da Lei n. 8.952/94, que dentre outras inovações trouxe o instituto da antecipação dos efeitos da tutela, não tem mais lugar a concessão de cautelares satisfativas com fundamento no poder geral de cautela, previsto no art. 798 do Código de Processo Civil.
      TEORI ALBINO ZAVASCKI, em seu livro “Antecipação da Tutela”, propõe a análise das seguintes características para se verificar se a providência requerida constitui antecipação da tutela: a) o réu espontaneamente assumiria comportamento se reconhecesse o direito alegado; b) resultado material do direito certificado na futura sentença; c) o autor quer vê-lo (efeito) eficaz não pela duração do processo, mas definitivamente.
      Os pleitos no sentido de que os bens, contas bancárias, produtos/serviços relacionados à empresa autora não sofram quaisquer tipo de bloqueio/restrição, bem como novos contratos possam ser feitos e que o sítio da empresa requerente possa funcionar sem qualquer tipo de restrição, enquadram-se em todos os requisitos acima referidos, sendo medidas que devem ser requeridas em sede de antecipação de tutela e não em cautelar.
      Portanto, incide a regra do art. 295, V, do Código de Processo Civil, tendo em conta que o tipo de procedimento escolhido pelo autor não corresponde à natureza da causa.

      Ressalto a impossibilidade do recebimento da ação cautelar como pedido de antecipação dos efeitos da tutela, que deverá ser formulado nos autos da ação principal, à vista de que não há fungibilidade entre as medidas.

      3. DISPOSITIVO

      Ante o exposto, tendo em vista a inadequação da via processual eleita, com fundamento nos arts. 267, I, c/c 295, V, do Código de Processo Civil, EXTINGO O PROCESSO, sem resolução do mérito.

      Sem condenação em honorários advocatícios, tendo em vista que não se estabeleceu a relação processual.
      Custas pela parte requerente.
      Publique-se. Registre-se. Intimem-se.
      Eventual recurso interposto será recebido apenas no efeito devolutivo (art. 520, IV do CPC), valendo o presente como recebimento do mesmo em caso de preenchimento dos pressupostos de admissibilidade. Preenchidos estes, remetam-se os autos ao TRF da 4ª Região.

      Itajaí, 23 de julho de 2013.

      Eduardo Correia da Silva
      Juiz Federal Substituto

      ——————————————————————————-Documento eletrônico assinado por Eduardo Correia da Silva, Juiz Federal Substituto, na forma do artigo 1º, inciso III, da Lei 11.419, de 19 de dezembro de 2006 e Resolução TRF 4ª Região nº 17, de 26 de março de 2010. A conferência da autenticidade do documento está disponível no endereço eletrônico http://www.jfsc.jus.br/gedpro/verifica/verifica.php, mediante o preenchimento do código verificador 5362579v3 e, se solicitado, do código CRC AEB21D14.
      Informações adicionais da assinatura:
      Signatário (a): Eduardo Correia da Silva
      Data e Hora: 24/07/2013 14:14″

  14. Maycon Dias permalink
    06/08/2013 13:13

    Renata esse documento não foi usado para falar que a empresa está liberada, esse documento foi mais um recurso usado por precaução, em nenhum momento eles dizeram ser esse o documento que poderia deixar os afiliados tranquilos.
    Passei para você, para que podesse ficar a par do que está acontecendo.

    Eu mesmo sou o mais interessado em saber sobre o andamento e a legalidade, ja que meu dinheiro que esta envolvido.

    Como vc perguntou 2 vezes vou responder!

    Pode ficar tranquila que eu não estou recrutando nine,. como havia dito em post´s anteriores, muitas pessoas que entram no MMN são de boa fé!

    Se nem eu tenho certeza quanto a legalidade da empresa, como poderia colocar alguem (amigo ou parente)?
    Estou aguardando todo esse momento passar para saber o que acontecerá daqui para frente ^L^

    • Renata Lima permalink*
      06/08/2013 13:28

      Ah, tá, achei que o presidente tinha falado em “parecer” de juiz federal por conta desta decisão, que foi prolatada por um juiz federal. Alias, acho que ele falou mesmo pensando neste processo….

      Boa sorte.

  15. Maycon Dias permalink
    06/08/2013 14:12

    Vou investigar isso e lhe informar!
    Ja mandei solicitação para poder ver tal documento que nos deixe tranquilo. quando me enviarem, vou lhe mandar e assim saberemos se é valido ou não, Ok?

    abrçs

  16. Carlos Eduardo permalink
    10/08/2013 9:19

    Investigada por pirâmide, Multiclick vai à Justiça para tentar evitar bloqueio

    http://economia.ig.com.br/2013-08-09/investigada-por-piramide-multiclick-vai-a-justica-para-tentar-evitar-bloqueio.html

    Ainda não tem nenhum bloqueio, mas logo logo essa empresa cai também. Para onde será que o Sandro Rocha vai depois que essa cair? rsrs

    • Renata Lima permalink*
      10/08/2013 13:14

      Obrigada, esta notícia foi publicada em post!

  17. Flávio permalink
    10/08/2013 23:42

    E o “presidente” é ruim de oratória, imagine se fosse bom…

    Galvão Bueno diz: “não existem mais bobinhos no golpe do e-mail, foram todos para o MMN.”

  18. Bruno permalink
    14/08/2013 20:36

    Mais uma desabou: Lucro Limpo Reciclagem (nunca tinha visto nada dessa).
    Pela notícia que pode ser acessada no link abaixo ela caiu “de madura” (como é o destino de todas), provavelmente pela baixa adesão, sem a interferência MP e da Justiça. E deu prejuízo para muita gente.
    FONTE: http://m.jconline.ne10.uol.com.br/t320/noticia/economia/pernambuco/noticia/2013/08/14/93574

  19. Bruno permalink
    15/08/2013 21:14

    Outra caiu: Money Over Work..
    Aviso postado ontem e hoje (15/08) no Facebook da “empresa”:
    “Atenção
    Como nas outras empresas de MMN no Brasil nós da MOW também não somos inimigos de vocês, estamos na luta contra aqueles que infelizmente não entendem o poder do Marketing Multinível e também com nossos meios de pagamentos que infelizmente não cumpriram com os prazos determinados, desta forma fica impossível continuar com novos cadastros e demais funcionalidades.
    Entendam a empresa Money over work não é inimiga dos associados o inimigo é outro e todos que vivem o MMN no Brasil sabem disso.
    Atenciosamente
    Equipe money over work”
    Pela redação desse “aviso” dá pra ter uma idéia da empresa….

    • Renata Lima permalink*
      16/08/2013 10:31

      Se empresa começa uma nota com “nao somos inimigos”, desconfie. No mínimo, chinelagem hahaha

    • Heberton permalink
      16/08/2013 15:51

      tento não me divertir com os comentários no face desse money over work.
      tem até algumas ameaças de morte, ataque em grupo,ataque soviético…

  20. Bruno permalink
    06/09/2013 3:11

    Outra empresa com contas bancárias bloqueadas: ADS GOLD.
    Segundo informativo de 04/09/13 postado no blog da própria empresa (link abaixo) e também de acordo com comentários irados dos respectivos “empreendedores” no Facebook, a ADS GOLD teve suas contas bancárias bloqueadas por ordem judicial.
    Segundo um outro post num blog particular (link abaixo) tal ordem teria atingido as contas correntes na CEF e no Itaú e teria sido emitida pelo Juiz Miguel de Britto Lyra Filho, 3ª Vara Cível de João Pessoa (PB). Nesse mesmo blog são apresentados inclusive cópia de um Ofício da CEF e de um comunicado do Banco Itaú informando o bloqueio judicial.
    FONTES:
    http://blog.adsgold.com.br/
    ————————————
    https://www.facebook.com/JusticeirosMMN#!/pages/ADS-Gold-Vit%C3%B3ria-da-Conquista/243265165713066?fref=ts
    ———————————–
    http://www.blogdomarcelo.com.br/v2/2013/09/04/investigada-por-pratica-de-piramide-financeira-ads-gold-tem-contas-bloqueadas-pela-justica/
    ———————————–
    PS: Fernando e Renata, pelo andar da carruagem sugiro criar um tópico exclusivo para listar as empresas que estão sendo bloqueadas pela Justiça ou cujo modelo de negócio já ruiu por obra e graça da matemática.
    Sugiro um título para o tópico: “In Memorian”. rs..

  21. 12/09/2013 17:37

    As vezes levamos as coisas muito a sério. Assista esse vídeo do presidente da Priples e veja que esse mundo é apenas uma grande piada.

    Assistam com o coração aberto:
    Detalhes:
    1) Ele é patriota, disse que a ideia era trazer dinheiro pro Brasil.
    2) O projeto era um sucesso, a meta era bater o Google, o Facebook e o Yahoo.
    3) Ele estudou muito.
    4) A justiça condenou com base nas “verdades” que passaram pra ela. Sabe como é né? Há vários tipos de “verdade”.
    5) O cadastro de “perguntas e respostas” já tinha 40 milhões!!!
    6) A meta é fazer uma empresa a nível mundial!!
    7) A empresa não garante 2% ao dia em dinheiro, mas sim em crédito de publicidade, se der lucro ele paga em dinheiro, ai ai ai.
    8) A meta dele era ter um colapso no Brasil, ele queria todos os brasileiros cadastrados.
    9) Fato positivo para a Priples: Não invocou o nome de Deus.
    10) A empresa recebe dinheiro do exterior ???
    11) O plano B está pronto para entrar em ação

    As vezes eu penso em ajudar a mudar o Brasil mas vendo um sujeito falando estas besteiras e sabendo que se ele se candidatar a vereador leva fácil, não sei o que fazer?

    Qual a ideia pessoal? Será que teremos mesmo que conhecer o fundo do poço?

    abs

    • Renata Lima permalink*
      12/09/2013 18:44

      renovei meu visto semana passada. Já falei que se autorizarem o funcionamento destas pirâmides, vou-me embora deste país, kkkk.

      Já não basta a corrupção ETERNA, ainda há chance de termos que lidar com “lideres vitoriosos” que têm a brilhante ambição de cadastrarem toda uma nação para que esta nação faça….nada.

      Parece sonho do tim burton.

  22. Bruno permalink
    21/01/2014 20:22

    Perícia do Instituto de Criminalística confirma pirâmide financeira na Priples

    Wagner Oliveira – Diario de Pernambuco
    Publicação: 21/01/2014 07:37 Atualização: 21/01/2014 10:54

    Uma perícia contábil realizada pelo Instituto de Criminalística (IC) em três livros com as anotações da movimentação da Priples comprovou que a empresa funcionava no esquema de pirâmide financeira, modelo de negócio que é considerado crime contra a economia popular e proibido por lei no Brasil desde 1957. A investigação iniciada no final do mês de maio do ano passado e conduzida pela Delegacia do Ipsep conseguiu obter na Justiça o bloqueio dos bens e das contas bancárias dos proprietários e da empresa, o que se mantém até hoje.

    “Não restam mais dúvidas. Além de já termos provado o esquema, conseguimos também a prova técnica de que a Priples funcionava em esquema Ponzi (pirâmide). Segundo o laudo pericial, 99,9% do dinheiro que entrava na empresa eram provenientes do recebimento de novas adesões”, afirmou o delegado Carlos Couto Ferraz. O laudo pericial assinado pelo perito criminal Carlos Barreto de Freitas analisou as anotações dos meses de abril, maio e junho de 2013. (…)

    (vide restante do texto da matéria no link abaixo)

    FONTE:
    http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/economia/2014/01/21/internas_economia,485331/pericia-do-instituto-de-criminalistica-confirma-piramide-financeira-na-priples.shtml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: