Skip to content

O que está errado com o marketing multinível?

25/07/2008

O artigo seguinte é parte traduzido, adaptado e inspirado por um dos melhores artigos já escrito sobre MMN, chamado “What’s wrong with multi-level marketing?” autoria de Dean Van Druff, que explica com clareza os intrínsecos mecanismos de falha do MMN, e o motivo desse sistema levar milhares de pessoas à falência todo ano.


Apenas uma imagem ruim, ou a realidade do MMN é ruim?
Deixa eu te falar sobre uma incrível oportunidade de negócio”, e você é convidado a participar de alguma reunião ou jantar de negócios, para uma “conversa”. Embora pareça ser engraçado, no fundo você sente que algo está errado nessa proposta. “Com certeza é algo relacionado a marketing multinível”, você pensa. É assim que você se comportaria nessa situação? Há motivos para desconfiarmos do MMN (marketing multinível) ? O que está errado com o MMN?

Esse artigo irá analisar 3 áreas problemáticas do MMN:

  1. Saturação de mercado;
  2. Estrutura piramidal;
  3. Perdas Financeiras

1 – Saturação de mercado: um problema inerente.

Falar sobre saturação de mercado é uma coisa tão óbvia, que para a maioria dos negócios isso é implícito, padrão, mas não quando estamos falando de MMN. Para o senso comum, quando falamos de MMN, a saturação parece ser algo sem importância, e essa irrelevância sobre o assunto de saturação é criada graças à idéia de “dinheiro fácil” vendida pelo MMN – se você pode ficar rico com MMN, por que se preocupar com saturação de mercado, correto?

O MMN é algo novo, inovador?
O MMN não pode mais ser considerado algo novo, e muito menos inovador, ou isento das maneiras modernas de vendermos nossos bens e serviços. O MMN já existe há décadas, e a maioria dos negócios falharam, embora muitos tenham ofertado produtos de excelente qualidade.
Inovações de marketing já não são raras, um exemplo disso é o Wal-Mart, que descobriu uma maneira mais lucrativa e eficiente de distribuir bens e serviços do que as maneiras tradicionais, provendo valor a todos envolvidos na cadeia comercial, desde distribuidores a acionistas, e claro, principalmente aos consumidores. Mas, esse padrão de sucesso não pode ser encontrado no MMN, e vamos apontar os motivos.

Mas várias pessoas ganham dinheiro com MMN, certo?
Primeiro, vamos analisar os mecanismos que guiam o MMN, vamos detalhar como esses mecanismos são instáveis, feitos para saturarem o mercado sem que ninguém perceba. Vamos mostrar porque o MMN jamais terá a mesma lucratividade estável de empresas “tradicionais”, e que quando o ponto de saturação é alcançado, todo o dinheiro ganho pela companhia – e por seus distribuidores mais antigos que estão no topo da “pirâmide” – será oriundo não da venda de produtos, mas sim do prejuízo dos distribuidores da base. A partir desse momento as empresas de MMN deixam de ofertar “oportunidades de negócio” (pois com a saturação alcançada, as oportunidades de venda do produto acabam) e passam a se comportar de maneira exploratória, vendendo apenas sonhos de riqueza inalcançáveis a 100% de seus distribuidores. Muitas dessas empresas, quando chegam a esse estágio acabam sendo fechadas, ou processadas – caso da Amway na Inglaterra, que foi processada por vender apenas “sonhos”, ganhou em primeira instância o processo, mas o governo inglês recorreu e o processo foi reaberto -, embora as grandes empresas de MMN tenham a sua disposição um batalhão de advogados e políticos – caso da Herbalife, que fez lobby nos EUA para impedir testes em seus produtos.
O pobre distribuidor da base é o perdedor, e depois que isso se torna claro, apesar de toda parafernália motivacional imputada a esses distribuidores, é difícil não sentir um gosto amargo na boca quando todas as peças começam a se encaixar, e ele percebe o verdadeiro mecanismo de funcionamento do MMN.
Então, respondendo nossa pergunta inicial, a resposta é sim, dá pra ganhar dinheiro com MMN – afinal de contas, as Ferraris e Lamborghinis ostentadas pelos lideres de várias empresas de MMN custam fortunas. No entanto, perguntar se “é possível ganhar dinheiro com MMN” não é a questão mais correta a ser levantada. A questão mais importante é: esse dinheiro é ganho de maneira legitima, ou através de um esquema muito sofisticado, embora legal na maioria dos paises?

Feito para falhar?
As companhias estão escolhendo esse meio de distribuição, MMN, que depois de um tempo vira um negócio exploratório, independente de quão bom sejam seus produtos ofertados?
Para respondermos a essa pergunta, vamos analisar como funciona um negócio tradicional, que deve, a todo custo, evitar o excesso de empregados, e o excesso de oferta de seus produtos.
Digamos que a empresa ReVos, está vivendo um período excelente, com bastante procura pelos seus produtos, e um de seus produtos, o óculos de sol, parece que vai vender muito no próximo verão. A empresa planeja fabricar 10 milhões de unidades de seu óculos de sol ReVos, e isso envolve acertos com a fábrica do produto, com seus distribuidores e com toda a cadeia de distribuição.
No entanto, a ReVos calculou mal a procura pelo seu produto, e em pouco tempo vendeu suas 10 milhões de unidades colocadas no mercado, embora isso pareça ser bom, na verdade é ruim, porque houve um erro de cálculo na demanda dos óculos de sol, e a empresa deixou de lucrar com esse excesso na demanda; mas quando a demanda excede a oferta, isso não é tão ruim assim para a empresa, o grande problema é o inverso, quando a oferta excede a demanda, nesse caso todos saem perdendo, desde a fábrica a todos envolvidos na cadeia de distribuição. Excesso de oferta, infelizmente, é o que ocorre no MMN. No caso da ReVos, vamos supor que eles planejaram vender as mesmas 10 milhões de unidades, mas no entanto só conseguiram vender 2 milhões de unidades, isso provavelmente significará o fim da ReVos. O que eu quero deixar claro nesses exemplos, é que a saturação de mercado, e os cálculos de oferta e demanda são cruciais para o funcionamento saudável de qualquer negócio.

“Todo mundo vai querer esse produto!”
Quem nunca ouviu essa frase numa reunião de empresas de MMN? “Todos vão usar Herbalife no futuro para suprir a deficiência nutricional dos nossos alimentos”, “todos vão precisar de VOIP no futuro, as pessoas precisam se comunicar umas com as outras”, e o discurso é o mesmo na maioria das empresas de MMN, só muda o produto e o motivo, mas a verdade é que todo produto desse planeta tem penetração limitada, em qualquer mercado em que ele seja ofertado, não importa o produto. Não existe produto que “todos” irão utilizar. Nem todo mundo bebe refrigerante, ou compra ouro, ou então bebe água filtrada. Ninguém, em sã consciência, pode levar a sério argumentações do tipo “todos irão utilizar isso”.

O problema da demanda: de bugigangas ao MMN.
Imagine o lançamento de um novo produto chamado Widget – bugiganga, do inglês – que será vendido por R$100 a unidade. Embora todos possam precisar de um Widget, nem todos vão querer comprar um Widget. Alguns vão preferir outras marcas, outros não confiam em marcas novatas, outros vão querer produtos de mais prestigio que o Widget. O fato é que somente “X” Widgets serão vendidos a R$100. Nesse caso, os marketeiros precisam descobrir esse valor “X” para maximizarem os lucros com a venda do Widget. O grande problema, é que “X” não é um número fácil de ser calculado e jamais será um número exato, mas isso não significa que ele não exista – nesse ponto, entendemos que as promessas de “fique rico” e “independência financeira”, ofertadas pelas empresas de MMN, tem como objetivo fazer com que as pessoas não pensem na saturação de mercado e na demanda finita para os produtos sendo vendidos pela empresa.
Cada Widget que for produzido além da demanda real do produto, causa inúmeros problemas para a empresa que o vende, para quem o fabrica e até para aqueles que o distribuem no varejo. O mercado quer apenas “X” Widgets, e nada além disso, se a empresa produzir a mais, terá prejuízo.

Estimando demanda à maneira do MMN.
Quem está de olho no “X” numa empresa de MMN? De maneira mais simples, quem está preocupado com o delicado equilíbrio entre demanda – pessoas interessadas em comprar produtos de determinada empresa de MMN -, e oferta – distribuidores cadastrados e aptos a venderem esses produtos – numa empresa de MMN? Bem, aqui vem a má noticia, no MMN o número “X” será alcançado e excedido sem que ninguém perceba, ou sequer se importe com ele.
Vamos supor uma empresa de MMN imaginária, chamada Believe, que vende um “revolucionário” produto para emagrecimento a R$50 a unidade.
Agora vamos supor que hoje, o número “X”, que seria o número máximo de pessoas que comprariam o emagrecedor Believe, foi alcançado, para o preço de R$50. Uma maneira de aumentar esse “X”, seria diminuindo o preço do produto, mas a partir de certo preço, baixar ainda mais o preço não vai aumentar consideravelmente a demanda “X”.
E hoje mesmo você foi convidado a participar de uma reunião de negócios da Believe, que ocorrerá à noite num luxuoso hotel de sua cidade. Lembre-se que a demanda para o principal produto da Believe, esgotou-se hoje. Você vai à reunião, é bem recebido e de repente aparece o palestrante principal da reunião, um sujeito falastrão e com uma história de sucesso inspiradora. Ele conta que era catador de papel, e que entrou para a Believe há 5 anos atrás e que agora anda de BMW, e comprou uma Mercedez para sua filha no mês passado. Tudo lindo, cativador e inspirador, algo que faz as pessoas recuperarem a fé no capitalismo. Agora – embora seja impossível diante do calor dos aplausos da platéia, e de toda comoção da história do palestrante -, pare por um segundo e pergunte para seus botões: esse palestrante, que a todo custo quer que eu entre para a Believe, tem noção de que a demanda “X” para seu produto emagrecedor esgotou hoje? A resposta é um sonoro NÃO. Eu diria que ele nem liga pra isso, logo você verá o motivo.
Como a demanda para o produto esgotou hoje, todas as pessoas que estão nessa sala e assinarem um contrato de distribuição com a Believe estão fadadas ao fracasso, já que não existe mais demanda para seu produto. O palestrante deveria saber isso, a empresa deveria saber isso, a pessoa que te recrutou deveria saber isso. Como a demanda esgotou, entrar para a Believe nesse momento é prejuízo na certa, ou no mínimo decepção com as baixíssimas vendas que você irá concretizar. Agora, voltando à reunião da Believe, que nesse momento está com a demanda para seu produto esgotada, e adivinha só o que o palestrante estará falando ao público? Algo mais ou menos assim: “Agora é a hora de entrar para a Believe, as pessoas cada vez mais estão precisando de nossos produtos, você é um privilegiado de entrar agora!”.
Percebeu o tamanho da encrenca? De um lado um palestrante munido de técnicas de persuasão, histórias trágicas de uma vida dura e que agora goza de uma vida de milionário graças a Believe, e do outro lado o mercado, implacável, que não irá mais absorver novos vendedores Believe, pois a demanda para seus produtos está esgotada. E no meio disso tudo está você, uma pessoa que sonha, como qualquer outra, com uma vida melhor, e que está interessado em ingressar na Believe, para um dia, quem sabe, contar para platéias de todo país a sua história de sucesso na Believe. A saturação de mercado para a Believe foi alcançada, e quem entrar para a Believe a partir desse momento irá perder dinheiro, embora isso não lhe seja contado na reunião da empresa.
Muitos defensores do MMN, argumentariam nesse momento que a Believe pode até ter alcançado o ponto de saturação para seu emagrecedor, mas que se a empresa colocar outros produtos à venda, esse ponto de saturação sumiria, porque novos produtos atendem a novas demandas e a novos clientes. Sim, se pegarmos a cartilha de marketing isso está tecnicamente correto, no entanto, quantos produtos novos a Herbalife lançou ano passado no Brasil? E a que preço? E mesmo que as empresas de MMN lançassem centenas de milhares de produtos novos todo ano, o público ficaria sabendo disso, dado que essas empresas não anunciam nos grandes meios de comunicação e são dependentes do marketing boca-a-boca? Esse argumento é mais um argumento tecnicamente interessante, mas totalmente inválido do ponto de vista prático. Primeiro porque as empresas de MMN lançam pouquíssimos produtos novos todo ano, e segundo, porque quando lançam novos produtos, esses produtos não chegam ao conhecimento do grande público, ou seja, o lançamento de novos produtos por parte das empresas de MMN não afeta em nada o ponto de saturação de mercado dessas empresas. Quem fica sabendo do lançamento desses novos produtos? Apenas seus distribuidores!
Para entendermos melhor, voltemos ao exemplo da Believe. Digamos que a empresa está preocupada por ter atingido a saturação de mercado, e resolve lançar um novo produto para “desafogar” seu mercado. Digamos que esse produto seja um “revolucionário” suplemento de vitaminas. Agora vamos imaginar como o lançamento desse novo produto afeta a vida dos distribuidores. Será que os distribuidores conseguiriam convencer seus clientes a comprarem todo mês, além do emagrecedor, o novo suplemento de vitaminas? Será que conseguiriam remarcar visitas com aquelas pessoas que não quiseram comprar o produto no passado, só para lhes apresentar o novo produto da Believe? Será que conseguiriam convencer seus novos clientes de que o suplemento de vitaminas da Believe, é melhor que o suplemento ofertado na TV?
Repare que a empresa conseguirá vender seus produtos aos distribuidores, pois os mesmos serão convencidos a revenderem o novo lançamento da Believe, seja através das reuniões motivacionais ou pressão dos uplines, mas não há garantia de que esses distribuidores conseguirão revender esses produtos, parte por causa dos altos preços praticados pelas empresas de MMN, parte pelo relativo desconhecimento que o público geral possui sobre os produtos ofertados por empresas de MMN.
Então, aumentar o portfólio de produtos de uma empresa MMN, não alivia o mercado já saturado dessas empresas.

MMN vs. Mercado tradicional.
Faça a si mesmo a seguinte pergunta: se os produtos ou serviços oferecidos pelas empresas de MMN são tão bons e sensacionais, por que eles não são vendidos de maneira convencional, em estabelecimentos comerciais? Por que essas empresas recorrem ao MMN para venderem seus produtos? E por que essas empresas sempre estão procurando pessoas sem experiência em vendas, ou marketing (quem já viu folhetos de empresas de MMN sabe do que estou falando)? Seria o produto apenas um disfarce para esconder um esquema, que na verdade, funciona como uma pirâmide financeira?

Da distribuição protegida… ao caos
Imagine que Carlos cismou com a idéia de que “todos precisam comer”, e montou uma franquia de restaurantes. Ele resolveu colocar uma franquia de seu restaurante em cada esquina do mesmo quarteirão, e as vendeu para o José, o Pedro, a Camila e o João. Isso mesmo, quatro restaurantes idênticos no mesmo quarteirão, um a poucos metros de distância do outro. Quem lucraria com uma tolice dessas? Os consumidores? Seus franqueados, José, Camila, Pedro e João? Seus franqueados não lucrariam nada com essa situação, talvez apenas o Carlos, dono da franquia, e seus investidores, lucrariam com isso, mas temporariamente, pois em breve os franqueados começariam a decretar falência. No entanto, depois desse episódio, Carlos teria sua marca associada a esse evento “trágico”, de várias falências de suas franquias, e isso dificultaria para o Carlos a venda de franquias no futuro. Esse é o motivo de negócios tradicionais, não apenas franquias, protegerem seus mercados e territórios.
Por que os restaurantes falhariam, na situação hipotética, de quatro restaurantes idênticos serem colocados um ao lado do outro? Por causa da demanda, ela afeta não apenas produtos, serviços também. A menos que houvesse demanda para quatro restaurantes idênticos no mesmo quarteirão, os franqueados de Carlos iriam inevitavelmente abrir falência em pouco tempo.
Se, demanda e oferta, são coisas tão importantes no mundo dos negócios, porque os promotores do MMN, como o palestrante do nosso exemplo anterior, e as empresas de MMN, fazem pouco caso desses números de oferta e demanda? Numa empresa de MMN, quem está de olho nos números de demanda, pra garantir que todos os vendedores envolvidos no negócio tenham lucro? A resposta é de arrepiar: ninguém. Ninguém está preocupado com demanda no MMN.

A máquina de comer pessoas.
Chernobyl tinha controles, que falharam. O MMN não tem controle algum.

Onde está o botão que pára o recrutamento, quando o número de distribuidores cadastrados e ativos já é suficiente para suprir a demanda de vendas de determinada empresa de MMN? No mercado tradicional, os departamentos de RH dizem “ok, já temos pessoal suficiente, não há necessidade de contratarmos mais pessoas”. No MMN não há interesse que isso aconteça.
O MMN se assemelha a uma máquina de comer pessoas, sem o botão “desligar”, que simplesmente vai tolhendo mais e mais pessoas para o esquema, sem se preocupar com a perda de dinheiro e de tempo que trará a essas pessoas de bem, que simplesmente procuram esse tipo de negócio para complementarem suas rendas familiares.
Simplesmente não existe meio para contornar esse problema intrínseco do MMN. Qualquer empresa que escolha vender seus produtos através do MMN, irá eventualmente ter pessoas além do necessário para cobrir suas demandas de mercado. Se, quando a demanda fosse alcançada, as empresas parassem de cadastrar novos membros, o sistema entraria em colapso num piscar de olhos, pois a única chance que os membros da base têm de ficarem ricos com esse negócio, é através do recrutamento de novos membros. Se a empresa impedir que novas pessoas sejam recrutadas, após atingir seu ponto de saturação, todos da base saem do negócio, e assim que a camada acima da base vê sua organização sumir, também acaba saindo do negócio, e assim sucessivamente para cada camada superior, e num efeito dominó, todo esquema entra em colapso.
O único mecanismo de controle para empresas de MMN, é o imenso volume de perdas financeiras de seus membros, e a conseqüente má reputação que a empresa irá adquirir por conta disso; após essa má reputação chegar ao público, as pessoas evitarão aquela empresa de MMN – mas não tenha pena da empresa, pois nesse ponto ela já estará instalada em outro país pra repetir o ciclo. E quando isso acontece, as pessoas que perderam dinheiro naquela companhia, acabam cometendo um segundo erro: procuram outra empresa de MMN. De preferência alguma empresa com pouco tempo de mercado, pois fica mais fácil se posicionar no topo da pirâmide e também por não haverem relatos de perdas financeiras de seus participantes – e obviamente não haverá relatos mesmo, pois a empresa ainda não atingiu seu ponto de saturação, e por enquanto há mercado para os distribuidores explorarem. Nesse ponto, os promotores de empresas concorrentes tentam imputar o fracasso das empresas de MMN mais antigas, que já atingiram seu ponto de saturação, ao plano de marketing dessas empresas, ou aos distribuidores de mal caráter, ou a isso ou então àquilo. A verdade é que não está correto imputar a culpa às empresas de MMN, e sim ao sistema MMN, que é fundamentalmente falho e feito pra falhar. Empresas com pouco tempo de mercado, com algumas pessoas com resultados financeiros positivos, não são prova de que o MMN funciona, são apenas empresas que ainda não atingiram seu ponto de saturação.
Quando olhamos para empresas de MMN mais antigas, como Herbalife e Amway, podemos perceber um padrão: mais de 99% dos envolvidos acabam perdendo dinheiro. É a saturação de mercado mostrando ser uma realidade, uma realidade muito mais próxima que as histórias de catadores de papel que ficaram milionários com MMN.

Para ler a segunda parte desse artigo, clique aqui.

.

Leia também:

.

Entrevista com o especialista em fraudes do MMN – Jon Taylor

Entrevista com a especialista em fraudes do MMN – Tracy Coenen

A procura do MMN perfeito

Sofismas e falácias dos distribuidores de MMN

Herbalife, Agel, Amway: MMN legítimo ou MMN pirâmide?

Herbalife: lavagem cerebral na prática – parte 1

Herbalife: lavagem cerebral na prática – parte 2

Um olhar psicanalítico acerca de grupos de distribuidores das empresas de marketing de rede e de fiéis de várias instituições religiosas

Algumas relações entre supervisores e distribuidores da Herbalife

Meu contato com Herbalife e MMN

Monavie: Os números de um bom negócio?

Teste para avaliar se uma empresa de MMN é ou não é pirâmide

Scripts para recrutar trouxas – parte 1

Scripts para recrutar trouxas – parte 2

Scripts para recrutar trouxas – parte 3

Scripts para recrutar trouxas – parte 4

Agel: outra nova Herbalife no mercado brasileiro?

50 Comentários leave one →
  1. quebadro permalink
    01/08/2008 6:01

    apenas 17 distribuidores completaram 10 anos de herbalife no brasil, não dá pra saber o nivel deles porém os nomes não são tão conhecidos nas camadas de lideranças. Imagine quanto foi a rotativade desse negócio nos ultimos 10 anos?

  2. 05/08/2008 11:08

    faço parte de uma dessas empresas de MMN e de fato concordo com algumais coisas com que voce disse mas :

    1 – é meio obvio dizer que MMN é uma maquina de comer pessoas, pois é um negócio de indicação de produtos ou serviços para outras pessoas

    2 – no marketing de rede simplesmente não existe gasto com publicidade, voce ja se perguntou quanto coca cola ou mac donalds gastam com publicidade?

    3 – com MMN muitas pessoas podem ganhar, indicando ou vendendo produtos, mas nunca me lembro da renner ou ponto frio me dando desconto por indicacao de um dos seus produtos .

    4 – o MMN nao foi feito para falhar, pode até se exgotar daqui algumas centenas de anos, esse sistema de negocio existe de 1868

    • Ana Paula permalink
      09/08/2013 18:13

      Scarapa,
      1 – é óbvio também que não se consegue indicar pessoas indefinidamente, então em algum ponto as pessoas começam a perder dinheiro. Esse ponto não demora muito p/ ocorrer.
      2 – Se não há gasto, pq tem que pagar para entrar no esquema? Sim, todos cobram , nem que seja 25 reais de mensalidade. Não se iluda, todos pagam, inclusive vc. E todos tentam vender p/ os colegas uma oferta “vazia”.
      3 – Leia de novo o artigo e reflita um pouco. Imagine uma empresa que fica contratando funcionários indefinidamente. Onde isso vai parar? Vc está contratando concorrentes, esses concorrentes contratam outras e por aí vai.
      4 – Pessoas rezam há milhares de anos, no entanto acidentes, mortes, catástrofes, continuam acontecendo. Muitas pessoas já perderam dinheiro com MMN, a grande maioria. A grande maioria das empresas faliu, sendo legais ou ilegais. É furada.

    • Fernando permalink*
      09/08/2013 18:19

      Pois é Ana, no fundo são concorrentes recrutando concorrentes. Alguns uplines – só alguns mesmo, pois inúmeros pilantras já dizem abertamente que o negócio é prospecção – dizem que há espaço pra todo mundo, mas se esquecem de uma coisinha chamada SATURAÇÃO EFETIVA.

      Furadão!

  3. gap permalink
    05/08/2008 18:35

    2 – no marketing de rede simplesmente não existe gasto com publicidade, voce ja se perguntou quanto coca cola ou mac donalds gastam com publicidade?

    Não? Não existe para a empresa, que deixa tudo a cargo dos pobres distribuidores. A menos que aqueles panfletos, adesivos de carro, amostras de produto e etc. brotem em árvores, pq caso contrário são investimentos em publicidade.

    3 – com MMN muitas pessoas podem ganhar, indicando ou vendendo produtos, mas nunca me lembro da renner ou ponto frio me dando desconto por indicacao de um dos seus produtos .

    Muitas, tipo 1% dos participantes. Nossa, que porcentagem monstruosa! É claro que a Renner e o Ponto Frio não dão descontos por indicação, pois isso constitui piramidagem, consulte a legislação brasileira sobre o assunto, dar descontos, ou gratuidade, em um produto em troca de indicações é piramidagem. A vantagem é que essas empresas geram empregos e não prometem riquezas impossiveis a seus clientes, já no MMN…

    4 – o MMN nao foi feito para falhar, pode até se exgotar daqui algumas centenas de anos, esse sistema de negocio existe de 1868

    O MMN existe desde 1868? Tá, e eu nasci há 10 mil anos atrás… e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais….

  4. 11/08/2008 0:52

    Nunca ví tanta bobabem, que alguém possa dizer, faço mmn, e vejo que é um avanço da venda direta. Na venda direta você recebe do percentual de vendas, e no mmn, você ganha por percentual que a venda dá, mas recebe bonus por montar uma rede virtual. Quanto a eventos, tem que existir, em toda empresas de qualquer area tem siminarios, convenções, faz parte de crescimento pessoal . Todos fomos programado para ser empregado e acho normal que não aceite uma idéia de seu proprio negócio. Faço mmn com umas das maiores do ramo, até o momento não tive problema com perca de dinheiro. O primeiro investimento que é necessário é um contrato que custa em torno de R$127,00 tem um prazo de 90 dias para desistir e receber o retorno do invetimento que já vem com produtos que tem valor superior ao volor do contrato. Todos os produtos são de qulidade premium com garantia de sastifação ou devoluçao de seu dinheiro . Agora concordo com algumas colocações. Con certeza vai exestir dificuldades maiores com empresas que tem um só foco direcionado para um só seguimento. Eu só em está comprado produto que nescecito em minha casa; produtos biodegradáveis, muito concentrados jogando menos embalgens no meio ambiete, economizando água e energia, já estou com um ganho rozoável. Se eu tenho isso porque não repassar para outras pessoas, ou o produto com uma margem de 30% ou ela passar a comprar direto a empresa indicado por mim. Não vou ganhar nada só por indicar, mas quando ela fizer compras vou ter participação no volume de negócios somado que é o bônus de desempenho, mas ela está com o mesmo negócio que tenho e a mesma opotunidade podendo ganhar muito mais do que eu, entrou primeiro . Por isso que se chama MARKETING MULTINIVEL, pois cada um faz o nivel que se determinar a fazer. Outra coisa! quem falar que esse é um negócio de dinheiro fácil não está entedendo, pois é muito trabalho, mas comparado a outros negócios não vejo ricos nenhum, pois onde está a perca de dinheiro? Não tenho obrigação de comprar muito, só o que nescessito e repassar para outros que não quer fazer parte da rede. Compro creme dental, sabonete, desodorante, espuma de barbear, perfumes, produtos antienvelhecimento, pois é a 3ª melhor linha no mundo, podutos de limpeza domestica como sabão em pó sem fosfatos que não danifica a fibra das roupas ficando sempre com aparência de novas, pouca água para tirar espumas e menos tempo no ciclo da máquina, um detergente orgânico -1 litro concentrado fazendo 200 litros de detergente, e é multiuso substitui quase todos os limpares comum. E todos com GARANTIA DE SASTISFAÇÃO OU DEVOLUÇAO DO SEU DINHEIRO se não ficar satisfeito com o produto. NO ano 2007 teve um faturamento de 7,4 bilhões sem ações na bolsa, pois é uma empresa familiar. Faturou só com produtos de nutrição mais de 3 bilhões dedólares. Portanto não posso concordar que se fale dessa forma que MMN seja um negócio que não funciona. Sempre vai existir bons e maus empresários, tenho amigos que abriu restaurantes e fechou, estudante de medicina que não terminou, estudante de advocacia que desistiu, tem gente até que desistiu da vida, todos perderam muito dinheiro. Portanto caro amigo espero que você procure ver melhor como as coisas está acontecendo, profissões estão desaparecendo e novas maneiras de fazer negócio acontecendo, MMN e desintermidiação do atravessador, ou seja comprar direto do fabricante. Quanto ao sistema de treinamento e feito por empresários que cria o sistema, a empresa fabrica só os produtos e dá treinamento dos produtos. As ferramentas de crescimento pessoal é com os lideres. Prefiro ficar com o que PAUL ZINE PILSEN, fala sobre MMN, dá uma lida no que ele escreve. Um abraço a todos.

  5. Gap Williamson III permalink
    18/08/2008 15:48

    Nunca ví tanta bobabem, que alguém possa dizer, faço mmn

    E eu nunca tinha visto tantos erros de português, e tanta bobagem num só comentário. Já fez teu merchan da Amway. Tá “sastisfeito”?
    “Nescessita” de mais alguma coisa? Quer deixar número para contato, lista de preços, ofertas e condições de pagamento?
    Quem é Paul Zine Pilsen? Alguma cerveja nova? Eu conheço Paul Zane Pilzer, e realmente vc demonstra ter lido todos os livros do cara, tanto é que nem sabe o nome dele.

    abs

    • edvaldo sales permalink
      26/03/2011 21:03

      to contigo meu velho, concordo plenamente com tudo que vc colocou. Mostrou que entende, confesso que após ler seu comentario, desisti de fazer mmn. Abraço. Se tiver mais algo pra acrescentar estarei neste e mail.

  6. Ana permalink
    06/10/2008 22:44

    Eu realmente nunca vi um blog a dizer tanto disparate junto :)

    http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM886433-7823-COLUNA+EMPREGO+CRESCE+O+NUMERO+DE+VENDEDEORES+AUTONOMOS,00.html

    Vejam este video, acordem para a vida!!

    Tenho a sensaçãom que mais uma vez um comentario meu nao vai ser postado… pois… é a censura deste blog que acusa outros de censurarem…

    Desafio-vos a dizerem o que vcs fazem de profissao, quanto ganham, e que resultados tem como empresarios. Ou sera que sao paus mandados do patrao?? :)))

    • Mizraim permalink
      17/07/2014 13:26

      Meu Deus, Ana! Que fonte confiável! Estou abismada! =O

  7. Ana permalink
    08/10/2008 15:53

    Fico contente por nao ter sido alvo censura, ja é um começo :)

    “Ué, assisti o vídeo e não encontrei nada relacionado ao mundo MMN”

    Aconselho então a ir a um oftalmologista (medico dos olhos)… Produtos trabalhados com MLM chegam ao consumidor atraves de quê???? VENDA-DIRECTA!!!

    “você PAGA para trabalhar nesta modalidade”

    Eu realmente começo a perceber-vos… como nunca foram empresarios ou se foram nao tiveram exito nao tem noção do que é um negocio.

    E nem vou falar do que é um custo com um negocio poiis vcs nao vao entender. Falo entao de uma actividade mais normal quando eu era tambem uma “pau-mandada”. Fui advogada e agora faço MLM a Full-Time.

    Vamos a comparações entao:

    – Gastei 35.000 Euros (cerca de 90.000 R$) a tirar o meu curso (no meu MLM gastei 400 Euros para entrar)

    – gastava 300 Euros/mes em gasolina (gasto 200 Euros agora), pagava formações na minha area para enriquecer o meu conhecimento que custavam 200 euros sabado e domingo e 120 so sabado (agora gasto 15 euros se for so sabado e sabado e domingo 30 euro e nao e herbalife mas sim uma empresa alema mas como sou correcta n vou fazer publicidade),

    – gastava 200 euros de telemovel (com o meu MLM gasto 50)

    – gastava cerca de 190 euros com custos como advogada, desde papeladas, nos tribunais, entre muitas outras coisas, agora gasto 150 euros com o meu consumo de produto que ainda por cima gastava ja esses 150 pois higiene, perfumes sempre usei, por isso nem é um custo

    – etc etc

    – CONCLUSÃO: Ganhava 1500 euros apos 30 anos de trabalho, um optimo ordenado ja aqui em portugal, mas sem tempo para o meu marido, filhos e netos. Agora ganho apos 4 anos, 2800 euros por mes, tenho o tempo todo que eu quero, faço o que bem quero, posso ganhar mais facilmente

    – RESUMINDO: Sou advogada muito orgulho, adorei todos os anos, mas sou muito mais feliz agora pois a liberdade de tempo nao tem preço, alem de que o dinheiro tambem é importante

    “MMN brasileira no topo das maiores e melhores empresas”

    Natura. Agora vcs vao dizer: “Ah natura nao vale pois e venda directa!” A minha empresa é de venda directa portanto a Natura e minha concorrente. Vcs sao mestres em distorcer as coisas por isso e que este blog cada vez tem menos comentarios e as pessoas desinteressam-se pq vcs sao mais “tapados” no bota-abaixo ao MLM que mts colegas meus MLMers.

    “Este tipo de desafio é inútil e nada inteligente, uma vez que aqui, apenas entre palavras, nunca ninguém conseguiu provar ganhos satisfatórios ou até mesmo milionários através do sistema multinível”

    Por amor de Deus… Vcs chegam ao ridiculo mesmo… Ha tantos mas tantos milionarios com MLM em tantas empresas, alem ridiculo e o que vcs fzem: a cobardia de deitar tudo abaixo sem qq identidade, sem provarem rsultados que sustentem ao menos moral para a critica

    “Sobre ser “pau mandado do patrão” vocês também têm algo em comum: pensam que são independentes, mas não podem ficar sem consumir o produto que vendem (regra número 1 no mmn para sustentar o esquema), não podem ”

    Minha amiga: Eu consumo o QUE EU BEM QUERO, faço o QUE BEM QUERO, vou as formações QUE EU QUERO, vendo o QUER QUE EU QUERO0, QUANDO, ONDE E A QUEM QUERO. Se existem outros MLM´s em que nao e assim, compreendo perfeitamente pois sao formas diferentes de trabalhar. tal como existem muitos advogados que sao escravos o trabalho e tal como existem outros que sabem ter tempo para a familia.

    Criticar sim. Mas construtivamente. O que vcs fazem é a pura e simples Critica, mediucre, e negativa e como disse alguem um dia:

    “Estao a falar de nos?? Por amor de Deus, nao tente parar essas pessoas, pelo contrario incentive-as pois Publicidade gratuita hoje em dia não há!”

  8. Ana permalink
    09/10/2008 22:18

    Se está feliz com a publicidade gratuita que fazemos então por que tanta agressividade, tanto rancor, tanta ira para defender apaixonadamente o MMN?
    Neste caso você deveria nos agradecer, não ?

    ——

    SIM AGRADEÇO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO!!!!

    E apelo a todos os colegas de MLM que agradecam a estes “genios”deste blog que continuem cada vez com mais força a falar de nos!!!! :) :)

    E que nasçam milhoes de blogs a falar de MLM, da Amway, Herbalife, Avon, Oriflame, Agel, TNI, Usana, Xango, NuSkin, ect etc Falem de nos, ate pode ser falar mal… mas falem a gente agradece e arte batemos palmas :)

  9. 13/10/2008 14:16

    Alguém disse acima o seguinte:

    “2 – no marketing de rede simplesmente não existe gasto com publicidade, voce ja se perguntou quanto coca cola ou mac donalds gastam com publicidade?”

    Nos encontros Agel a que assisti, uma das forma aconselhadas para publicitar a marca era através da oferta de pacotes de gel a eventuais interessados- pacotes esses ficavam inteiramente a cargo dos distribuidores. Ou seja, parte da encomenda inicial e das compras mensais dos distribuidores deveria estar reservado para ofertas promocionais. Brilhante, não?

    ———–

    Em Portugal, neste momento, a Herbalife está a colocar publicidade nas máquinas bancarias de ATM. O negócio deve estar a ir mesmo mal. A fórmula a mesma de sempre: “Quer perder peso? Entre em contacto com um dos nossos distribuidores…”

    ———–

    De qualquer forma, e a respeito desta questão, o facto das marcas de MMN não investirem em publicidade da mesma forma que as que operam no mercado tradicional, é um sério problema para os distribuidores, por razões óbvias.
    Acho curioso alguém colocar esta argumentação no sentido de defender o MMN…

    Cumprimentos.

  10. Rodrigo permalink
    14/10/2008 18:57

    Milena, desculpe mas o que você explica sobre MMN está totalmente errado.
    Você não precisa recrutar milhares de pessoas. Pelo menos na Forever não funciona assim. Recrutar 3 pessoas já é o suficiente. Você apenas ajudará estas pessoas a recrutarem mais pessoas. Existem n motivos que podem fazer uma pessoa desistir, isso é verdade. Mas para que serve um patrocinador?
    Para ajudar os patrocinados. Se você ajudar o patrocinado, ele não desiste.
    Você ajuda ele, passa os materiais, dá dicas, ajuda a passar plano de negócio, ensina sobre os produtos, sobre o MMN.
    Incentiva a ir a reuniões… Se fizer isso, mesmo assim algumas pessoas desistirão, mas muitas delas levarão a sério, basta persistir um pouco.
    É muito exagero seu dizer que MMN é tão complicado.
    Se comparar MMN com negócio tradicional, MMN é brincadeira de criança.
    As pessoas que desistem, são pessoas negativas, pode apostar.
    Minha amiga, sucesso vem antes de trabalho somente no dicionário.
    MMN é trabalho, um trabalho simples, porém, que deve ser feito com persistência e pensamento positivo.
    Tudo na vida não dá certo se não for feito corretamente.
    Estas são minhas opiniões.

    Abração!

  11. Erick Ribeiro permalink
    16/10/2008 0:26

    Todos que apresentam os pontos fracos do MMN estão cobertos de plena razão o que faz o sistema funcionar muito bem para alguns é o sistema motivacional que eleva a auto estima das pessoas e isso vale muito mais que simples produtos ou empresas… e lembre-se mmn é renda extra que em muitos poucos casos pode se tornar renda principal… a pergunta é você se acha capaz de ser o 1% dos que ganham?

  12. gap permalink
    16/10/2008 20:46

    Isso acontece, porque a pessoa colocou muitas pessoas num espaço muito curto de tempo.
    Eu conheço algumas pessoas que isso aconteceu.
    Novamente, culpa do patrocinador e não do sistema MMN.
    Porque?
    Imagina, você cadastra 10 pessoas em um mês.
    Estas 10 também começarão a cadastrar pessoas.
    Mas elas, nem mesmo você, possuem conhecimento sobre os produtos
    nem nada.

    É óbvio que a culpa é da empresa. O motivo? Se um mês não é suficiente para que um distribuidor esteja preparado para iniciar o recrutamento, então por que a empresa permite que o novo distribuidor já saia recrutando? Por que a empresa não permite que os novos distribuidores tenham direito ao recrutamento depois de, digamos, 2 meses de negócio? Ou então depois de ter feito algumas vendas? E por que além de permitir que o novo distribuidor saia recrutando, ainda permite que esse distribuidor recrute em larga escala, tipo 10 ou 20 pessoas num curto espaço de tempo? A culpa é do MMN? Lógico que não, MMN é só um conceito, a culpada é a FLP.

    Deve querer ajudar as pessoas. Deve ter humildade em receber um “não” como resposta
    e buscar conhecimento para mostrar que esta pessoa que disse “não” estava errada.

    Como assim, quem disse “não” estava errado? Que ideologia é essa? Quer dizer que se eu não quiser entrar na FLP eu estou “errado”? Errado em que sentido? Vc pensa que a FLP é a coisa mais perfeita do planeta e que todos devem entrar para esse negócio?

    Eu tive um caso de uma cliente que comprou um produto para dor e ela parou de usar no mesmo dia
    porque sentiu um gosto ruim na boca. Detalhe: ela usou o produto no pé.
    Culpa minha? Do produto?

    Claro que a culpa é sua, vc não prega tanto a questão de acompanhamento ao cliente, ajudar as pessoas, então por que não explicou para ela a maneira correta de utilizar o produto? Se vc explicou e ela aprontou uma dessas mesmo assim, então desconsidere essa pergunta.

    Agora pergunta para ela se ela tem medo de comer um Mac Donald.
    As pessoas são assim, existem pessoas negativas mesmo. Este negativo é uma falha do indivíduo
    e não do sistema MMN.

    Não entendi. Quer dizer que se um sujeito gosta de fast-food mas não gosta de utilizar suplementos da FLP, ele é uma pessoa negativa? É assim que vc vê as coisas? Ou tá no balaio de amante da FLP e MMN, balaio dos positivos, ou então tá no balaio dos negativos, balaio daqueles que ñ partilham das mesmas idéias que vc sobre negócios e alimentação saudável? Moramos num pais livre, e essa história de rotular pessoas é que gera um monte de desgraça nesse mundo, gera o separatismo, a fragmentação e etc.

    Existem patrocinadores, que vendem sonhos, não explicam nada, só iludem a pessoa mesmo. Mas isso é culpa de quem?
    Do patrocinador mentiroso ou do MMN?
    É isso que eu tento explicar. Você diz que existem líderes que vendem sonhos, isso é verdade. Mas nunca será culpa do MMN e sim do líder.

    Meu chapa, é óbvio que nunca vai ser culpa do MMN, só que existe uma falha nesse raciocionio. Se ocorre um acidente de carro, mesmo por falha mecânica, a culpa nunca vai ser do automóvel, porque ele foi produzido e projetado por humanos, então até a falha mecânica em última análise é falha humana. Então é óbvio que a culpa não é do MMN, pois ele é apenas um conceito, ou melhor, uma arquitetura de distribuição, que em última análise foi pensada por um cérebro humano e é conduzido dia após dia por humanos, os lideres. Não endeuse o MMN.

    No MMN você ajuda as pessoas. Não há concorrência. Quanto mais você ajuda as pessoas mais elas crescem e mais você cresce.

    Não há concorrência? Cara, na próxima reunião da FLP dê uma olhada panoramica pela sala, e perceba que todos ali que não são da tua downline são teus concorrentes, direta ou indiretamente. Diretamente qdo eles “roubam” clientes e recrutas em potencial da tua equipe, e indiretamente, porque a cada pessoa que eles colocam no negócio eles estão reduzindo o potencial de mercado para tua equipe. Cara, vou te dar um conselho, vc me parece muito gente fina, mas comece a olhar as coisas com mais realismo, com uma mais visão critica, mais pé no chão. Desejo que vc obtenha sucesso na FLP, mas deixa um pouco de lado essa visão tão romântica do negócio e do MMN, isso é ruim em qualquer área da nossa vida, criar essas visões utópicas demais sobre as coisas. Não confunda isso com pensamento negativo, falo pensamento realista, critico, sagaz. Não adianta vc alegar que pensamento critico e controverso é sinônimo de pensamento negativo, pois se não fosse o pensamento critico até hoje estariamos pensando que a Terra é o centro do Universo, que a Terra é plana. E hoje não pensamos mais assim graças a “pessimistas” como Copérnico e Galileu.

    Entendi bem suas observações e vi que você é cheia de boas intenções.
    Eu vou tentar resumir, o “porquê” fazemos as apresentações do plano de negócio, falando em “riquezas” e “saúde”.
    Bem, falamos nisso porque é verdade, realmente, quem ingressa na Forever, poderá ter riquezas e saúde.

    Ai é que está o angú. PODERÁ obter riquezas. Trata-se de uma POSSIBILIDADE, assim como vc poderá ganhar dinheiro em Las Vegas, na Bovespa, na Mega-sena. Mas agora é que vem o interessante: se vc pegar a propaganda de um cassino, ou de uma loteria, ou de uma bolsa de valores, eles jamais utilizam os sonhos das pessoas pra vender seus produtos e serviços. Vc nunca vai ver um cassino prometendo: “venha jogar e realize seus sonhos e de sua familia”. Agora se pegarmos o site oficial da FLP, http://www.foreverliving.com , qual é a palavra que está no meio do site, num quadro vermelho, à altura dos olhos? A palavra “DREAMS”. Logo abaixo, temos “FUTURE”. E mais, ainda no site temos a foto de um casal, de uma mulher com uma criança e embaixo uma mansão. Então, se há apenas uma possibilidade de alcançar riquezas com a FLP, assim como em Vegas, por que a própria empresa coloca isso como praticamente uma garantia? E isso lá não é mexer com os sonhos das pessoas? Vc pode argumentar que toda empresa faz isso, concordo, mas a publicidade de um comercial da tv é algo teatral, praticamente uma arte, ninguém acredita que se tomar determinada cerveja vai beijar a Galisteu, agora no caso da FLP, e de outras MMNs, estamos falando do inicio de um negócio, de investimentos, de promessas implicitas, e isso é mexer com o sonho das pessoas sim.

    Mostramos sim, que possam vir dificuldades. Ninguém da nossa equipe esconde nada. Muito pelo contrário. Nós sempre colocamos que, se a pessoa trabalhar, pensar positivo e for honesta, ela terá resultados positivos, caso contrário, não.

    Defina o que seria ser “honesto” nesse caso. Digamos que eu inicie hoje na FLP, o que seria uma conduta honesta de minha parte? Eu posso, por exemplo, quando for recrutar citar a pesquisa do Jon Taylor, que aponta um rendimento médio para um distribuidor FLP em torno de $400 ao ano, sem contar as despesas? Eu posso falar que se o mercado já estiver saturado a FLP não me oferece qualquer indicativo desse estado de mercado, e que, quem for recrutado a partir daquele momento terá prejuizo? E inclusive é possivel que o mercado esteja saturado no momento em que eu estiver recrutando alguém, eu seria honesto se falasse isso para a pessoa? Ao seu ver, como deve ser a conduta honesta de um distribuidor FLP?

  13. Rodrigo permalink
    17/10/2008 2:37

    Então vamos lá, respondendo as colocações da Milema primeiro, depois
    respondo as suas Gap, aguarde. Algumas colocações, colocarei só o início, para não
    precisar escrever tantas coisas. Mas vcs irão entender.

    Riqueza apenas através da venda dos produtos, ou pelo recrutamento em massa?
    Resposta:
    Eu já falei, não é apenas recrutamento.
    O Recrutamento faz parte. Leia sobre o que e falei, sobre honestidade,
    sair para vender, estudar os produtos. Resumindo: Trabalhar.

    Porém não estamos falando de produtos nesta questão, estamos…
    Resposta:
    Tudo que você falou neste trecho está correto.
    Oferecer uma “oportunidade” a alguém que está insatisfeito com seu emprego requer um
    certo comprometimento maior com a verdade e com a prudência.
    Em tudo requerer comprometimento maior com a verdade e com a prudência,
    inclusive na venda dos produtos.

    Discordo. Não existe risco mínimo quando se investe em um negócio…
    Resposta:
    O risco para entrar na Forever é próximo a 0 (zero).
    Muitas vezes até inferior a isso, sabia?
    Então lhe explico.
    O pedido mínimo para você entrar na Forever, é de R$132.
    Como eu expliquei, a empresa, nas políticas de companhia,
    e nós patrocinadores, NUNCA (falo da minha equipe) incentivamos
    a pessoa a investir mais do que ela possa comprar.
    Então a pessoa pode fazer um pedido no cartão e pagar só depois de um mês.
    Logo, ela recebe os produtos, vende e depois paga os produtos.
    Então, neste exemplo, o risco foi zero. Ela não tinha o que perder.
    Aí você pode me dizer, ah, mas se ela não conseguiu vender?
    Embora eu acho muito difícil isso acontecer, pois geralmente ela usará os produtos
    e venderá facilmente, suponhamos que ela não consiga vender então.
    Ela perdeu R$132 (na verdade não perdeu, estará se beneficiando de alguma
    forma com os produtos).
    Você acha R$132 um investimento alto?
    Mesmo que seja R$800, como algumas pessoas costumam investir de início.
    Para qualquer negócio, seja para vender cachorro quente ou pipoca,
    se investe no mínimo R$2000. Isso pra mim, é um risco alto. E olha que são os menores.

    É uma agulha no palheiro então. A experiência particular não justifica
    o resultado da totalidade. A minoria não vence a maioria.
    Resposta: É verdade. Não só no MMN mas em todas as áreas, são pouquíssimas
    as pessoas que são sérias e não pensam apenas em si mesmas.
    Triste realidade. Não vim aqui defender o MMN no geral, só digo que vocês não podem
    criticar no geral. Aliás, poder podem, mas eu não concordo. Mas são livres para fazerem.
    Eu também não irei desrespeitá-los e dizer que são burros por isso.

    É uma exceção, e tratamos aqui neste
    blog a fórmula geral do MMN, tal qual os líderes adestram.
    Resposta: Eu sei que é. Estou aqui para isso, para mostrar o outro lado
    da moeda. Dos que trabalham e são justos.
    Vocês são pessoas boas, permitem eu fazer isso aqui (mostrar o nosso lado).
    Isso já está ótimo, quem ler depois terá a livre escolha de saber o que é melhor.

    Mas não é para ficar TODA HORA falando dos pontos negativos, e sim, para citá-los
    sem esquecer nenhum, sem omissões, e explicá-los detalhadamente como e quando
    ocorrem a todos os novos recrutas da rede, para saberem exatamente onde estão pisando.
    Resposta: Tentamos fazer isso ao máximo. Nem sempre as pessoas dão ouvido.
    Isso serve para qualquer área.

    Tudo para garantir o bônus.
    Resposta: O bônus é um dos benefícios.
    Existem vários benefícios. Saúde, bônus, mais tempo livre.
    É claro que você e as pessoas deste blog não acreditam nisso.
    Mas é esta a proposta, como já devem ter ouvido falar.

    Exatamente! Bingo.
    Resposta:
    E aí? Algo errado?
    Bingo! É isso mesmo!
    Então entre numa loja, supermercado, farmácia,
    qualquer estabelicimento comercial.
    Vão falar bem ou mal do que irão te vender?
    Será que vão esconder de você que um sapato da Ferracini
    é muito bom e dura bastante?

    Não é o seu caso, mas os ladrões e estelionatários também alcançam
    frequentemente o sucesso, devido a nossa passividade brasileira e
    à nossa Justiça falha.
    Resposta: Eu tenho vários sonhos e estou batalhando para conquistá-los.
    Existem ladrões sim, estelionatários, de tudo um pouco.
    Em qualquer área, qualquer profissão.

    A pessoa cadastrada é um recruta, e a compra dos produtos (mesmo para consumo próprio)
    gerará um bônus a você. Logo, continua sendo o recrutamento.
    Resposta: Ótima observação.
    E receber bônus é tão maravilhoso! Principalmente quando recebo bônus
    de pessoas que compram os produtos, amam e acabam indicando.
    Isso é ótimo. Melhor ainda quando esta pessoa cadastrada entender o negócio e
    receber bônus também e fica feliz por isso.
    Mas eu não amarro ninguém e forço a se cadastrar.
    Na Forever, primeiro você usa os produtos. É o que eu e meus
    patrocinadores incentivam. Mesmo sem antes estarem cadastradas.
    Aí você pode me dizer, mas do que você vende você também recebe bônus.
    Isso seria uma contradição, pois se sempre retorna bônus, sempre retorna lucro,
    então funciona. Fazer o que se a Forever me paga por tudo isso? E paga para os meus cadastrados
    também. E ainda dizem que MMN da Forever não funciona.

    “O incentivo do consumo do produto é apenas o primeiro passo, mas não o principal”.
    Resposta: O uso dos produtos e os benefícios que eles proporciam, com as bonificações.
    Este conjunto de benefícios é o incentivo. É claro que as pessoas pensam sempre mais
    no dinheiro. Fazer o que. Convido-as a trabalhar e estudar se quiserem muito dinheiro.
    O MMN da Forever é tão fabuloso, que mesmo pessoas que não trabalham e nem estudam os
    produtos conseguem sucesso. Mas tem pessoas tão irresponsáveis e gananciosas
    que acabam fazendo tudo errado e mais um pouco. Infelizmente esta é a maioria.
    Bom que saiam logo mesmo para deixarem pessoas honestas trabalharem.
    Estas pessoas (desonestas e preguiçosas), além de retornarem pouco bônus,
    ainda falam mal do negócio.

    Estas alegações de saúde não condizem com as regras feitas para alimentos funcionais,
    pela ANVISA. A gastrite possui uma bactéria chamada Helicobacter Pylori que só poderá
    ser tratada com antibióticos.
    Resposta: Que ética e moral possuem as instituições como a ANVISA e o Ministério da
    Saúde?
    A ANVISA permite que sejam vendidos desodorantes com sais de alumínio, que em pesquisas
    demonstram que causam câncer de mama.
    E o ministério da saúde adverte: Fumar causa câncer. Fumar causa dependência.
    Fumar causa milhões de males. E estas instituições permitem a venda.
    Estas instituições permitem o que é interessante economicamente.
    Não se importam com a saúde. Se os produtos fossem considerados remédios, com certeza
    haveria uma grande briga com as indústrias farmacêuticas. Aliás, assim já existe uma grande
    briga. Que bom que a gastrite possui uma bactéria chamada Helicobacter Pylori que só poderá
    ser tratada com antibióticos.
    Ainda bem que a Aloe Vera tem propriedades não só Anibiótica, como também
    antiinflamatória, coagulante, regeneradora celular, ação nutritiva e excelente
    condutora e muitas outras.

    E como foi que eles se tornaram líderes ($$$) senão recrutando e falando “maravilhas”
    como se fosse o “negócio da China” ? É assim que eles enriquecem.
    Ninguém se tornou líder sendo vendedor de porta em porta.
    Resposta: Isso mesmo. Apenas vender de porta em porta não demonstra que uma pessoa é lider.
    Ela precisa ter alguém para liderar.
    Não deveria ser assim? Um líder deve trabalhar, incentivar pessoas.
    Deve estudar os benefícios dos produtos. Deve ser honesta e trabalhadora.
    É assim que os líderes obém dinheiro e saúde.
    Assim como um líder numa empresa qualquer.

    Mas o recruta de hoje é o patrocinador de amanhã, não? Se o recruta se ilude,
    será um patrocinador que estimulará a ilusão tal como ele.
    Resposta: é assim que funciona em todas as áreas.
    Se um vendedor de roupas disser que a roupa é boa mesmo sabendo que ela é ruim, ele
    é vendedor de ilusão. Qualquer área funciona assim.
    Então tudo na vida é uma ilusão, todo trabalho é ilusão?
    Se ele estimulará ilusão, então ele é desonesto. Ele deveria
    trabalhar e estudar, para não iludir outras pessoas.
    Este sim é quem ilude.
    O patrocinador não tem nada com a história (Desde que ele tenha mostrado o caminho certo).
    Imaginamos uma rede de supermercados. A Rede A de São Paulo trabalha de forma honesta e correta.
    E abriu uma outra Rede B em Curitiba que não é honesta.
    Que por sua vez, abriu uma rede no RJ que também não será honesta.
    Qualquer rede funciona assim, redes de supermercados, farmácias, lojas, etc.

    Depende. Ele seria vendedor de carros ou imóveis ou vendedor de cachorro-quente?
    Resposta:
    Que tal vendedor de uma grande variedade de produtos fantásticos?

    E quem faz o MMN funcionar?
    Resposta:
    O que faz todos os sistemas de vendas, MMN ou não, funcionarem?
    Então vamos começar a criticar todos os sistemas. Vamos incentivar
    a ninguém mais trabalhar, porque em qualquer área poderão te dizer
    que você fará isso e usará aquilo mas era tudo mentira.
    No mundo existem pessoas boas e pessoas más intencionadas.
    Não só o MMN mas todo e qualquer negócio pode funcionar através destas
    mesmas pessoas.

    O que move um líder a iludir pessoas?
    Resposta: Mal caráter.

    Se fosse assim não haveria mais mercado tradicional, todos viveriam de MMN.
    Resposta: Eu digo que o da Forever é assim. Nunca defendi outro MMN aqui.
    Não é assim porque as pessoas não querem investigar se o negócio é bom.
    Muitas desistem antes de entrar porque existem inúmeros casos (como existem
    muitos sistemas de MMN) que não deram certo.
    Felizmente na Forever temos a vantagem de ter um produto bom então
    não é difícil recrutar pessoas. E Felizmente temos um sistema justo.
    Pelo mesmo motivo, também na Forever existem
    pessoas más intencionadas, que “queimam o filme”. Por isso o processo é lento.
    Existem vários advogados ou médicos por aí que ganham muito dinheiro.
    Nem por isso todos irão querer ser médicos ou advogados, porque tem que trabalhar
    para isso. No caso da Forever também funciona assim.

    Custos? Distribuidor, é claro, como sempre em toda propaganda pela empresa.
    A empresa só embolsa. O distribuidor se ferra.
    Resposta: quem faz uma boa propaganda e trabalha muito, honestamente, ganha muito dinheiro.
    O distribuidor malandro e mentiroso se ferra sim.
    E ainda assim este último pode ganhar. Fazer o que, em todas áreas funciona assim.

    Quanto a pessoas simplesmente desonestas, concordo que em todas as áreas existem.
    Não é disto que estou falando. Ladrões de galinha não são o ponto.
    E sim, vendedores de sonhos, que foi o que mencionei, só existem onde há
    um grande interesse na crença, na fé de uma classe predominantemente mal-instruída,
    como por exemplo: líderes de algumas seitas religiosas, líderes políticos e líderes mmn.
    Alimentam o fanatismo e a alienação para adquirir milhares de novos adeptos
    com a máxima fidelização possível.
    Resposta: Se uma pessoa se torna fanática ou alienada, é problema dela.
    Quanto as pessoas mal instruídas, convidamos elas a estudarem, para
    se tornarem bem instruidas.
    Veja o catador de lixo (um caso bem famoso da Forever), era um cara mal-instruido,
    pobre e com pouco conhecimento.
    E olha o que o cara se tornou. Ele mesmo relata que teve crescimento não só em dinheiro e saúde,
    mas também em cultura. E ele agradece o MMN por isso. Agradece também a babosa.
    Aí poderão me dizer, quem garante que isso é verdade?
    Bem, eu posso relatar aqui milhões de histórias, vários depoimentos de médicos e nutricionistas,
    sites, livros, revistas, pesquisas, falando bem da Aloe Vera, e me dirão, e daí?
    Isso não prova nada.
    Não tenho realmente como provar, porque só pode comprovar quem faz uso, caso não acredita
    na proposta. O que fazer? Nada… Apenas sou mais um entre tantos outros dando depoimento
    dos produtos e do negócio.

    Existem partidos políticos (que não vou dizer o nome) que possuem uma massa de militantes
    fanáticos e sem instrução. Quem controla a massa? As maiores mentes políticas,
    os maiores e mais preparados intelectuais do país. É assim que a coisa funciona,
    um extremo dominando e manipulando o outro.
    Resposta: Existem pessoas que trabalham em empresas tradicionais, e pisam uma nas outras para
    poderem crescer. Existem vendedores em lojas mentirosos. Existem líderes políticos mentirosos
    e trapaceiros. Existem ladrões de galinhas. No mundo, existe de tudo um pouco.
    Existem pessoas boas. Existem as más.

    Porque os do topo encontraram o campo virgem e praticamente só vivem do recrutamento (milhares)
    e enquanto os da base têm que ralar para vender os produtinhos enfrentando
    a saturação do mercado.
    Resposta:
    A cidade que estou trabalhando é considerada a mais saturada do Estado em que trabalho.
    Existe a história de um vendedor, que foi convidado a vender sapatos numa ilha, onde ninguém
    usava sapato.
    Pensou ele: “Nunca venderei sapatos aqui, pois ninguém usa”.
    Este vendedor não vendeu sapatos e foi demitido e contrataram outro.
    Este novo vendedor pensava diferente. “Aqui ninguém usa sapatos, ficarei rico vendendo!”
    E assim aconteceu.
    Esta fábula me fez refletir antes de entrar no negócio.
    Estou na cidade mais saturada, mas trabalho honestamente.
    Aí me dirão, é apenas o seu depoimento. E eu sei que a pessoa
    que cadastrei esta semana tem um campo enorme para atuar.
    Saturação de mercado é algo que até pode acontecer um dia.
    Mas sabe-se lá quando. Isso, se acontecer um dia, demorará centenas de anos.
    Pois como eu disse, o processo é lento. As pessoas são negativas e só os que pensam
    positivo e trabalham que conseguem.
    Como saberei se a pessoa é positiva ou negativa?
    Isso leva tempo. Existem pessoas negativas que se tornam positivas.
    Tudo é muito relativo. Depende da pessoa querer trabalhar ou não.

    É óbvio que os do topo não tiveram a mínima dificuldade em obter sucesso,
    nem alimentar ninguém acima deles, já que o campo estava livre, limpo e virgem.
    Já os da base não tiveram a mesma sorte, estão na base da pirâmide alimentando
    os do topo e lutando contra a rejeição derivada do tempo de vida de uma empresa MMN.
    Resposta: O meu patrocinador se tornou gerente em 5 meses.
    5 meses depois, aqui estou eu, crescendo também.
    Digamos que saturação seja um problema. Qualquer negócio pode saturar.
    Então não vamos fazer nada, com medo que sature?
    Se meu patrocinador tivesse pensado em saturação ele não seria gerente hoje.
    É tudo muito relativo.
    O campo para MMN, principalmente o da Forever, é ENORME.
    Está apenas começando. Pois está aqui no Brasil apenas desde 1996.

    Só se usar o trem-bala rsrsrsrs
    Resposta: Bela ironia. Conheço muitas pessoas irônicas, até mesmo
    em minha família. Meu patrocinador também conheceu pessoas irônicas.
    E a patrocinadora dele, que tem 2 anos de negócio e foi aos EUA conhecer a Forever,
    e recebe um cheque cada vez maior, também conheceu pessoas irônicas.
    Muitas pessoas chamam os irônicos de fracassados. Eu não penso assim.
    Não estou aqui para julgar ninguém. Se não acredita, não posso fazer nada, a final, não ganho
    um centavo para fazer comentários neste blog. Só faço, primeiro, pois alguém inteligente
    poderá ler e ver que existe possibilidades de sucesso.
    E segundo, estou aprendendo. Quando você diz algo, eu saio para buscar a resposta se eu não
    souber, o que me faz aprender muito. Gosto de aprender. E estudar MMN é maravilhoso.
    Este debate me fazer aprender cada vez mais sobre MMN.

    Se você defende tanto que não se deve ficar rico sem trabalhar então por que incentiva
    pessoas a trabalharem apenas 3 horas? Isto numa cidade grande equivale a simplesmente a
    uma viagem de ônibus. Ou você vende pela internet ?
    Resposta: Eu disse que tem dias que eu trabalho apenas 1 hora.
    1 minuto trabalhando ou 3 horas, não importa, é trabalho.
    Mas que sejam 3 horas TODOS os dias.
    Não trabalhar 3 horas hoje e ficar uma semana sem trabalhar, como os que não obtiveram
    sucesso fizeram.
    Trabalhar 3 horas por dia é trabalho. 1 hora estudando todos os dias se aprende muitas coisas,
    sobre saúde, sobre MMN, sobre como administrar bem suas finanças.
    É trabalho.
    As outras 2 horas restantes do dia, pode-se sair para vender.
    Em 2 horas, dá pra passar na casa de uma família e aprensentar os produtos.
    No outro dia, terei mais 1 hora pra estudar e mais 2 horas pra ir na casa de outra
    família demonstrar os produtos.
    Em uma semana, terei 5 famílias conhecendo os produtos e indicando para pessoas.
    Destas famílias que visito, sempre pergunto se há alguém querendo ganhar dinheiro com este
    negócio. Então no outro dia aprensento a proposta apenas. Ou me dedico 4 ou 5 horas.
    3 horas é uma média. É óbvio que ninguém vai marcar no relógio, ah, eu trabalhei 3 horas, agora
    posso parar.
    Mas se em média fizer isso, todos os dias, é possivel vender muito, estudar muito
    e ajudarem a outras pessoas a fazerem o mesmo.
    Depende também o quanto a pessoa quer crescer. Ela pode trabalhar 1 hora por dia
    e ser um gerente em 2 anos ou pode trabalhar 3 horas por dia e conquistar a gerência em 1 ano.
    É tudo muito relativo. Mas é possível. Geralmente dizemos que leva de 1 a 2 anos para obter
    uma renda satisfatória, mesmo sabendo que é possível obter isso em menos tempo.
    Mas tem que trabalhar todos os dias. Porque 1 hora de trabalho hoje pode levar conhecimento dos
    produtos a uma família, que indicará produtos a outras pessoas.
    É possível, ou não? Faça e verás. Não faça e não verás.

    O “produto” o qual estava me referindo era o ato de recrutar.
    Lembre que coloquei “produto” entre aspas para diferenciar do produto
    no sentido literal.
    Resposta: Mas a minha resposta abrange tanto ao produto como ao ato de recrutar.
    Pois se a pessoa recrutada tem a opção de devolver os produtos caso não consiga vender,
    consequentemente, ela não comprou nenhuma ilusão.
    E olha que eu me enganei, porque li no livro de políticas da companhia que a pessoa tem
    90 dias para devolver. Mas que sejam 30. Será que uma pessoa, não é capaz de perceber
    se é possível vender os produtos ou não em 30 dias?
    É preciso que ela saia para vender para saber.
    Caso ela tenha vendido, até aí não perdeu nada.
    Então ela compra e tem mais 30 dias para devolver os novos produtos.
    Onde está a grande “furada” deste negócio?
    E ainda tem gente que diz que tem que fazer empréstimos para se livrar das dívidas.
    Emprésitimos para pagar R$132?
    Que sejam R$800. A pessoa tem um tempo enorme para perceber se o negócio funciona ou não.
    Pessoas gananciosas se dão mal, porque não saíram para vender e não tem dinheiro para investir
    no capital, depois de se tornarem supervisoras. Aí fazem empréstimos, querendo investir sem
    trabalhar. Além de terem cadastrado pessoas sem ensinar nada pra elas.
    Trabalho bem feito, resultados positivos. Trabalho mal feito, resultados negativos.
    Mesmo trabalhando mal, muitas pessoas ainda conseguem. Existe um motivo na vida para
    as coisas serem assim.

    Nenhuma das pessoas que entraram para a Forever mencionam tal fato. E os vídeos que
    assisti onde apontam os problemas do MMN dão sugestões duvidosas, como por exemplo,
    “faça empréstimos”, “se afaste de sua família se forem contra o negócio”, ”
    você não dá certo porque você trabalhou errado” e coisas do gênero.
    E as progressões de ganhos, sem dúvida, é o maior marketing da empresa.
    Resposta: Você fala das reuniões que você foi. Eu falo da minha.
    Tem certeza que lhe falaram “se afaste de sua família se forem contra o negócio”?
    Ou disseram: Não dê ouvidos a sua família se forem contra o negócio?
    São coisas totalmente diferentes. Se uma pessoa fala isso, é óbvio que ela está
    mal intencionada. Não estou dizendo aqui que as pessoas devem ouvir e acreditar em tudo.
    Questionem. As pessoas tem cérebro para pensar. Geralmente, quem vai a uma reunião,
    é uma pessoa convidada que já usou os produtos e comprovou e viu pessoas ganharem dinheiro
    com o negócio. Então, mostramos como ganhar dinheiro. Se ela não seguir as instruções,
    falha dela. Se uma pessoa não passa do primeiro ano da escola, é porque não estudou,
    na maioria das vezes. Mas existem instituições de ensino com falhas. Assim como existem sistemas
    MMN com falhas. Basta escolher o melhor.

    Agora ainda não vi uma alma sequer me mostrar nas reuniões estes fatores que
    mencionei anteriormente, e olha que tenho acesso a vários vídeos de treinamentos,
    não preciso ir a nenhum pessoalmente se existem pessoas que filmam.
    Resposta: Na maioria das reuniões é isso mesmo que acontece. Mas isso não significa
    que não existam reuniões com pessoas honestas e que explicam corretamente.
    Nas nossas reuniões dizemos claramente: quem tiver dúvidas, use os produtos.
    Com produtos bons em mãos, é possível fazer muito dinheiro, até mesmo em sistemas que
    não sejam MMN. Mas precisa de algo muito importante: Trabalhar.

    Eu tinha certeza absoluta que você iria falar do Dálcio de Souza, o famoso ex-catador de lixo.
    Todo membro da FLP que se preza fala do maior propagandista atualmente da FLP,
    inclusive recruta milhares de pessoas dando palestras e seminários rotineiramente.
    Jogada de mestre da empresa.
    O engraçado é que existem milhões de catadores de lixo no Brasil e só um ficou rico?
    Resposta: Como eu vou saber? Certamente existem mais por aí. Já vi histórias de serventes
    de pedreiros, padeiros.
    Inclusive aqui na minha cidade. Hoje mesmo assisti uma apresentação de um ex-metalúrgico,
    conhecido por muitos aqui na região.
    Também imaginei que você iria dizer isso. Como provar?
    Será que a Record ganhou alguma comissão para mostrar esta história na televisão?
    Esta história é bem comentada por um motivo óbvio: Motivação.
    Há algo de errado em mostrar a história de alguém que batalhou?
    É muito fácil descobrir se isso é mentira ou não. Porque alguém aqui não faz isso e prova
    que é mentira?
    O cara mora em Botafogo, RJ. Vão lá e pesquisem, perguntem aos seus vizinhos e conhecidos
    se era verdade ou não. Dizer que é mentira é mais fácil né?

    Então você não tem nem 1 ano na FLP e só trabalha 3 horas por dia? Por favor,
    me explique como.
    Resposta: Expliquei acima, em outra pergunta sua.
    Tenho quatro meses de Forever e obtenho lucros satistatórios com as vendas.
    E meus cadastrados também me retornam lucros satisfatórios.
    Impossível? É a minha palavra contra a sua. Como eu disse, não precisa acreditar.
    Lembrando que nossa equipe nunca incentiva a pessoa deixar do emprego.
    Então é possível trabalhar no mercado tradicional e trabalhar apenas de 2 a 4 horas por dia,
    um trabalho extra que depois de um tempo pode se tornar o trabalho principal.
    É claro que existem horas em que eu não estou trabalhando e comento sobre os produtos, ou numa
    lanchonete, ou num barzinho, ou na empresa. Mas isso eu não considero trabalho, é apenas falar
    sobre algo que conheço. Quando estas pessoas me ligam querendo comprar, aí sim, contabilizo
    como horas trabalhadas.

    Com certeza. 3 horas por dia…quanto dá?
    Resposta: Depende do quanto eu e minha rede vender.
    Quanto mais vendermos, mais crescemos.
    Dá pra obter o suficiente obter felicidade e saúde.

    Trabalhar muito, 3 horas por dia?
    Resposta: Sim. Existem pessoas que afirmam que trabalharam muito
    e ficaram 18 meses na Forever trabalhando arduamente (como o depoimento de um sujeito
    deste blog).
    Ele trabalhou tanto que nem mesmo conseguiu entender que não se compra 4 CC
    em produtos para se tornar supervisor.
    Primeiro se torna supervisor e depois temos esta “obrigação”.
    Ele trabalhou tanto, que precisou pedir empréstimo para girar estes produtos.
    Eu com 3 horas de trabalho consigo o suficiente para girar estes produtos. E muito mais.
    Como lhe falei, tem dias que eu trabalho bem menos. Poderia estar recebendo muito mais.
    A final, trabalhar significa vender e indicar e não apenas indicar, como imagino que este sujeito
    fez. Pois se ele tivesse vendido também, ele teria conseguido movimentar produtos suficiente
    para receber bônus de rede. Se estudamos e trabalhamos é muito fácil girar estes produtos.
    Quem diz que precisa pedir empréstimo, já se condena sozinho.
    É um absurdo dizer que precisa pedir dinheiro emprestado para movimentar R$1600
    em produtos num mês, sendo que você tem muito tempo até fazer seus clientes
    (Até se tornar supervisor).
    Será que ele tinha algum cliente? POis para me dizer que precisa pegar dinheiro emprestado
    para movimentar estes produtos, então, pela lógica, ele nem mesmo saiu para vender.
    Eu trabalho 3 horas por dia sim e é possível ter lucro de R$1600 (não só isso, muito mais)
    para movimentar produtos e obter bônus, que somado ao lucro destes R$1600, provam, sem sombras
    de dúvida, que retornará dinheiro suficiente para não precisar pedir dinheiro emprestado.

    Você tem todo direito de discordar. Opinião sua, deve ser respeitada.
    Mas há um complemento aqui: O mmn é feito para a BASE falhar. Porque os do topo…
    Resposta: E você tem o direito de continuar com sua opinião.
    Só disse que não concordo.
    Será que um dia um gerente não foi um dia BASE?
    Pois se você souber de um MMN onde é possível começar como gerente, me avise, pois quero
    estudar tal sistema.

    Não queremos sugerir que você esteja incentivando ou fazendo algo de forma errada, de
    forma alguma. As pessoas que estão iniciando agora no negócio estão deslumbradas,
    fascinadas mesmo com o pouquinho que ganham. Mas para que possam realmente ganhar
    dinheiro será preciso recrutar, e aí, novamente vem a questão
    de mexer com os sonhos dos outros para adquirir bônus…
    Aí vem os empréstimos, dívidas, vendas de patrimônios, ruína. E quem as introduziu
    no negócio? Um mínimo de responsabilidade sobre a queda desta pessoa pertence ao
    patrocinador sem dúvida. Senão, seria o mesmo que ser dono de casa de bingo: o problema
    se ganhar ou perder é seu, desde que me pague. No entanto esta prática é proibida por lei.
    Resposta: Bem, eu não acho que ganha pouco, nem mesmo quem começa.
    Mas se é o que você acha, não posso fazer nada. As pessoas trabalham a vida
    inteira para as vezes ter uma miséria de salário.
    Ninguém começa um trabalho e de início já começa a obter rios de dinheiro.
    São raras as histórias que isso acontece.
    Com menos de um mês de trabalho já é possível obter mais de R$500 de lucro.
    Acho isso muito bom, comparado com o mercado tradicional, que você trabalha 8 horas
    sem contar as horas extras e nunca é reconhecido. Sem contar as broncas que se recebe,
    a pressão e tudo mais.
    Existem pessoas ganhando muito dinheiro sem sequer recrutar pessoas.
    É o caso do meu primeiro patrocinado, que tira em média um lucro de R$200, sem
    mesmo nem precisar sair de casa. Apenas “abrindo o bico”.
    Eu também não estou aqui dizendo para você que deve fazer MMN.
    Só deixo minha opinião, que não concordo em generalizar e dizer que TODOS
    que fazem MMN são mentirosos, pois isso não é verdade. Dizer que precisa pedir dinheiro
    emprestado então, é uma piada.

    Abraços e tudo de bom!

  14. Rodrigo permalink
    17/10/2008 6:09

    Gap, agora sim, respostas as suas colocações:

    É óbvio que a culpa é da empresa. O motivo? Se um mês não é suficiente para que um distribuidor
    esteja preparado para iniciar o recrutamento, então por que a empresa permite que o novo
    distribuidor já saia recrutando? Por que a empresa não permite que os novos distribuidores
    tenham direito ao recrutamento depois de, digamos, 2 meses de negócio? Ou então depois de
    ter feito algumas vendas? E por que além de permitir que o novo distribuidor saia recrutando,
    ainda permite que esse distribuidor recrute em larga escala, tipo 10 ou 20 pessoas num
    curto espaço de tempo? A culpa é do MMN? Lógico que não, MMN é só um conceito, a culpada
    é a FLP.
    Resposta:
    É possível cadastrar quantas pessoas quiser, pois se o patrocinador não puder
    ou não souber dar apoio, tem uma pessoa da linha acima que pode dar.
    É o meu caso. Eu não obtive ajuda nenhuma da pessoa que me patrocinou.
    Então procurei ajuda da pessoa que estava acima. Isso é muito simples fazer.
    Simplesmente desistir porque a pessoa não me ajudou?
    E isso é possível também, para que o maior número de pessoas possam conhecer esta oportunidade.
    Se uma pessoa não pudesse cadastrar tantas pessoas, talvez eu nem teria conhecido o sistema.
    Ele nem teria se espalhado tão rápido.
    É possível cadastrar tantas pessoas, pois o sistema é tão simples (se a pessoa trabalhar)
    que mesmo sem receber ajuda do patrocinador, temos como crescer. É o meu caso.
    E olha só, a pessoa que me patrocinou, ainda pegou meus produtos emprestado e não me devolveu.
    Ela me deve quase R$100 em produtos.
    Então eu deveria sair chorando? Meu Deus, a Forever é uma droga, não funciona!
    Não, eu apenas ergui a cabeça e continuei trabalhando, o que prova que é simples, se trabalhar
    e se dedicar.
    Outro motivo para que possa se cadastrar muitas pessoas, é que todas as pessoas, possam comprar
    os produtos a preço de custo.
    Quem quiser, apenas se cadastra e não é obrigado a recrutar pessoas.
    A empresa é tão séria, tão generosa que permite isso, TODOS se beneficiarem dos produtos
    a preço de custo. Ela não tem como controlar a honestidade e o trabalho de cada um.
    Assim como nenhuma rede de farmácia, supermercados, bancos.
    Quase todos os sistemas funcionam como rede. E todas elas podem abrirem quantas farmácias
    quiserem, quantos supermercados quiserem e quantos bancos quiserem.
    É assim que funciona. Infelizmente, entre tantas redes existem pessoas que não querem trabalhar
    e não são honestas. A empresa não tem como controlar isso.
    Se é culpa da Forever, então todas estas empresas em redes (bancos, supermercados, lojas)
    seriam culpados também, por permitirem criar quantas redes quiserem.
    Aí vão me dizer, mas em supermercados não roubam sonhos.
    É pior ainda, porque aí você se torna um funcionário, que trabalha 8 horas por dia e é sacrificado
    para obter uma miséria de salário.
    Já no MMN da Forever, você investe no próprio negócio e não perde dinheiro.
    É possível perder dinheiro? Bem, é possível. Há tantas coisas possíveis neste mundo.
    Pois quem investe muito dinheiro sem saber se terá lucros ou não, é muito ganancioso, então
    perderá sim.
    Pense, você faz um pedido na Forever e você tem 90 dias para cancelar o contrato e receber TODO
    dinheiro de volta (Menos as bonificações, óbvio).
    Onde está a furada? Mesmo que tenham dito milhares de histórias mentirosas para você entrar.
    Você tem 90 dias para saber se é verdade ou não.
    Aliás, você tem o tempo que quiser para saber se é furada ou não.
    Você vai até o ponto onde você não ganha mais dinheiro. Então se quiser, você para.
    Onde existe enganação nisso? As pessoas, que na maioria são gananciosas e querem dinheiro fácil,
    começam a cadastrar muitas pessoas e depois fazem empréstimos. Em resposta as questões da Milena
    eu explico como isso é uma piada.
    Tudo na vida há um risco. Se você abrir o próprio negócio, os riscos serão muito mais altos,
    nem tem comparação.
    Pense em vender cachorro quente ou pipoca. Riscos mínimos de investimento de R$2000.
    Ou pense em abrir uma empresa com CNPJ, onde precisa conseguir funcionários.
    Então você contrata pessoas. Se sua empresa quebra (O que acontece com a maioria, por
    trabalharem num sistema capitalista e injusto), os seus funcionários entraram numa furada, porque
    perderam seus empregos e muitos nem terão como sustentar suas famílias.
    E você (Investidor do negócio), numa furada maior ainda, perdendo tudo aquilo que investiu.
    Nem comparar com o sistema MMN da Forever.

    Como assim, quem disse “não” estava errado? Que ideologia é essa? Quer dizer que
    se eu não quiser entrar na FLP eu estou “errado”? Errado em que sentido? Vc pensa que
    a FLP é a coisa mais perfeita do planeta e que todos devem entrar para esse negócio?
    Resposta: Quero dizer um “não” aos produtos.
    Exemplo: Ofereço um creme dental. Aí a pessoa me diz, “não é muito caro. E eu nem
    mesmo conheço o creme dental”.
    Então eu busco conhecimento para provar que esta pessoa estava errada.
    Errada no sentido de dizer que é caro. Quando utilizei a palavra “errada”, não fui muito
    correto, me desculpe. Digamos então, buscar conhecimento para convencer a pessoa que ela
    pode estar enganada.
    Então eu digo, meu senhor, este creme dental faz o que nenhum outro creme dental faz.
    Ele ajuda para quem tem sangramentos na gengiva (Resolve, conforme o tempo de uso).
    Ajuda nas aftas. Placa bacteriana. Até tártaro elimina.
    Existem casos meu caro (digo isso a você Gab) que se tenta colocar este creme dental para
    dentistas. Sabe qual é a resposta do dentista? Não posso colocar este creme dental aqui no
    meu consultório senão não terei mais clientes. Mas existem dentistas que pensam em unir o útil
    ao agradável e são éticos. Então eles vendem 25CC só de creme dental, para os clientes, que
    ficam maravilhados e voltam quando precisam de tratamento. Ele ganha dinheiro com a Forever
    e também no consultório. O mesmo acontece com médicos.
    Então eu explico ao cliente, que este creme dental, por ter todos estes benefícios, foi
    considerado pela revista Reader’s Digest (Revista Seleções) pela segunda vez como o melhor
    creme dental da América.
    Então, se mesmo assim a pessoa não acreditar, eu vou mais longe.
    Eu digo, então já que você não acredita, pegue o meu creme dental emprestado e use
    durante uma semana. Se ele tiver qualquer um destes problemas ele verá uma diferença “gritante”
    nos benefícios. Sem contar que a embalagem dele é maior que os que são vendidos em supermercado.
    E também não contém Fluor, substância tóxica ao organismo quando ingerida.
    É desta humildade que lhe falo. Muitas pessoas recebem um “Não” e não tem a coragem
    de “vestirem a camisa”, de mostrarem que existe algo melhor e mais saudável para se consumir.
    E como receberam um “não” e também comentários de pessoas que dizem que MMN é furada, desistem
    do negócio.

    Claro que a culpa é sua, vc não prega tanto a questão de acompanhamento ao cliente,
    ajudar as pessoas, então por que não explicou para ela a maneira correta de utilizar o
    produto? Se vc explicou e ela aprontou uma dessas mesmo assim,
    então desconsidere essa pergunta.
    Resposta: Acho que novamente eu não soube me explicar. Mas então, vamos lá.
    Meu amigo, a minha cliente passou um produto no pé. E disse, que sentiu um gosto
    ruim na boca. Exige acompanhamento? Você acha que eu não disse para ela que
    usar o produto no pé, não tem como o produto penetrar na pele e chegar até a boca?
    Ela continuou negativa. Não tem mais o que fazer. Eu até poderia comprar estes produtos
    e emprestar pra ela, mas não posso fazer isso com todos os “negativos” que eu encontrar.
    Até porque eu não uso todos os produtos ainda. A variedade é muito grande.

    Não entendi. Quer dizer que se um sujeito gosta de fast-food mas não gosta de utilizar
    suplementos da FLP, ele é uma pessoa negativa? É assim que vc vê as coisas?
    Ou tá no balaio de amante da FLP e MMN, balaio dos positivos, ou então tá no
    balaio dos negativos, balaio daqueles que ñ partilham das mesmas idéias que vc
    sobre negócios e alimentação saudável? Moramos num pais livre, e essa história
    de rotular pessoas é que gera um monte de desgraça nesse mundo, gera o separatismo,
    a fragmentação e etc.
    Resposta: Pra mim é ser negativa sim. Pois eu estou falando de um produto que
    é bom para saúde, que faço questão até de emprestar em muitos casos, para pessoa comprovar
    e mesmo assim ela tem medo de gastar dinheiro investindo em saúde.
    Então fazem uma propaganda de um Hamburger, que todos sabem que faz mal para saúde, custa
    caro e mesmo assim ela compra. Compra muitas vezes nem por gostar, mas porque existe
    “a propaganda” em cartazes com o desenho de um Hamburger enorme. Aí a pessoa compra e vê
    que tem 15Cm. O mesmo com o cigarro.
    Não estou dizendo que todos que fumam ou comem Mc Donald são negativas, só fiz uma comparação
    para mostrar, o quanto as pessoas se iludem com uma propaganda enganosa.
    Mas quando ouvem falar de um produto que faz bem para saúde (estas sim eu digo que são negativas)
    não querem nem mesmo experimentar para saber se é verdade.
    Eu uso a expressão “negativa”, mas talvez você entendeu errado. Negativo, que eu quero dizer,
    é a pessoa que nem mesmo investiga as coisas. Ouvem o que os outros dizem e saem imitando.
    Por exemplo, se dizem para ela que MMN é furada, já sai acreditando.
    Ou se dizem que MMN é dinheiro fácil, também já sai acreditando.
    Sem saber que vai depender de muitos fatores, que devem ser analisados por ela mesma,
    para obter suas próprias conclusões.

    Meu chapa, é óbvio que nunca vai ser culpa do MMN, só que existe uma falha nesse
    raciocionio. Se ocorre um acidente de carro, mesmo por falha mecânica, a culpa
    nunca vai ser do automóvel, porque ele foi produzido e projetado por humanos,
    então até a falha mecânica em última análise é falha humana. Então é óbvio que a
    culpa não é do MMN, pois ele é apenas um conceito, ou melhor, uma arquitetura de
    distribuição, que em última análise foi pensada por um cérebro humano e é conduzido
    dia após dia por humanos, os lideres. Não endeuse o MMN.
    Resposta: Você acaba de confirmar que não é culpa do MMN. “Então é óbvio que a
    culpa não é do MMN”. Já estamos num progresso hein?
    Então vamos lá. Aqui na Terra meu amigo, tudo o que funciona através de comércio é
    criado pelos seres Humanos.
    Os animais irracionais não conseguem fazer isso. É o ser humano, com seu cérebro,
    que é capaz de questionar,
    que cria os sistemas de vendas, como o MMN assim como todos que existem.
    Se todos os sistemas foram criados por humanos e todos possuem falhas, onde está a maior falha?
    É óbvio, no ser humanos, sendo que os sistemas não podem serem criados sozinhos.
    Comparando o sistema tradicional (criado pelo ser humano – capitalismo puro) e o MMN,
    também criado pelo ser humano,
    existe uma diferença gritante (O da Forever, não posso falar dos que não conheço)
    em justiça e reconhecimento.
    No sistema tradicional, existem pessoas que pisam umas nas outras, para conseguir o melhor cargo,
    o melhor salário, o melhor produto, a melhor oferta, o melhor fornecedor.
    No MMN não é diferente. A diferença é que no MMN todos tem a igual oportunidade de crescerem.
    E mais justa ainda, cada um cresce conforme o próprio esforço e trabalho.
    No sistema tradicional, não importava o quanto eu trabalhava (fiz faculdade até o
    6º semestre do curso de Ciências da computação), investi em cursos, trabalhei pra caramba.
    E sabe o que o meu chefe disse?
    Você está demitido, porque você não está se esforçando como o fulano.
    Este fulano, trabalha quase todos os dias até às 9hs horas da noite, sendo que começamos
    a trabalhar as 8hs da manhã. Isso que este indivíduo fazia a mesma faculdade
    que eu. Faltava da aula muitas vezes, para trabalhar. Mercado competitivo, fazer o que certo?
    E nem ele mesmo (que se acha o melhor) é reconhecido como deveria, recebendo alguns trocos
    a mais do que eu. Isso é justo? Além de ser injusto, muito desgastante.
    Investir rios de dinheiro em faculdades, cursos, fazendo horas extras (sem nem mesmo receber –
    está uma luta no sindicato dos trabalhadores para resolver isso), me dedicando, estudando
    algoritmos complexos e resolvendo problemas complicados oriundos da própria empresa, pra
    ganhar uma migalha de R$890 por mês, com quase 5 anos de dedicação e experiência?
    E ainda ser demitido e ouvir isso do chefe?
    Eu não estou endeusando nada. Mas quando sinto a satisfação de ser realmente reconhecido, sinto
    a necessidade de passar isso adiante, para outras pessoas também poderem se benificiar.
    Faz os cálculos meu amigo, de quanto se investe numa faculdade.
    Não é menos de 30000. Isso tudo para ganhar uma miséria, na grande maioria das vezes. Investindo muito tempo e estudo também.
    Isso sim são riscos altos, onde você investe e não tem a mínima idéia onde vai parar.
    Sendo que, compreender o sistema MMN da Forever, é muito mais fácil de compreender como funciona
    a arquitetura de um computador e seus programas complexos e abstratos que podem ser escritos
    de inúmeras formas e possuem infinitos erros que deveriam ser corrigidos por mim.
    Aí me dizem, que investir de R$132 a R$800 é uma furada. Pode ser. Mas custa analisar?
    Custa usar um ou dois produtos para saber se realmente eles são bons?
    Ou investir 30000 (nas melhores das hipóteses) é menos arriscado?
    Não estou dizendo que as pessoas não devem estudar.
    Estou dizendo para pensarem, buscarem outras alternativas, condições melhores de vida.
    Porque a maioria resolve estudar e investir em faculdades, mas a realidade é que a maioria
    dos Universitários, que lutaram muito, não são reconhecidos como deveriam.
    E os que não investem numa Universidade?
    Estes tem a possibilidade de ganhar o mesmo salário todo mês, pelo resto de suas vidas
    e se contentar com aposentadoria e INSS (Isso Nunca Será Suficiente), que muitas vezes não dá
    nem para comprar remédios. Pessoas negativas, são pessoas que imitam as outras, que
    não acreditam em si mesmas para encontrarem algo melhor. Imitam tudo o que verem pela frente,
    não questionam. Ah, fulano fez “curso de administração”, eu também vou fazer.
    Ah, fulano é médico, eu também vou ser, pra ganhar dinheiro.
    Ah, informática dá muito dinheiro (tanto dinheiro, que meu irmão tem vários certificados da
    Microsoft, é formado em Ciências da Computação com notas excelentes), tem muita experiência
    nas empresas Top do Brasil (DataSul, WK, Dell, esta última é multinacional instalada
    no Brasil) e teve que ir morar fora do Brasil para poder ser reconhecido.
    Ah, fulano faz MMN, eu também vou fazer. Então, quer ganhar dinheiro com MMN?
    Se esforçe, estude, trabalhe. Acredite em si mesmo e acredite que existe algo melhor
    do que trabalhar como um escravo e estar investindo muito dinheiro (Em faculdades,
    negócios próprios desgastantes). Não acreditem em pessoas que dizem que MMN é fácil.
    Mas também não acreditem que é impossível, porque é muito mais fácil que o mercado tradicional.
    A porta é muito larga, mas é baixa. Ou seja, se começa de baixo. Da Base mesmo.
    Os que querem enriquecer rápido, quebram, como em qualquer negócio existente no planeta
    inventado por seres humanos.

    Não há concorrência? Cara, na próxima reunião da FLP dê uma olhada panoramica pela sala,
    e perceba que todos ali que não são da tua downline são teus concorrentes, direta ou
    indiretamente.
    Resposta: Não digo neste sentido.
    No mercado tradicional, se você tem um produto, você não pode contar o segredo para ninguém,
    de como vender, ou segredos do produto.
    No mercado tradicional, as pessoas brigam por cargos, pisam umas nas outras.
    Aqui também pode ocorrer isso, mas é diferente.
    Pois se você for honesto, quanto mais pessoas você “contar o segredo”,
    mais você cresce, pois estas também irão crescer.
    Utilizarei o exemplo de Software, com que eu trabalhava.
    Existe a empresa A que fez um software maravilhoso e que funciona.
    Esta empresa não pode contar o segredo para a empresa B, de como foi feito
    o software, senão a empresa B roubaria a idéia.
    O mesmo funciona com os próprios funcionários.
    Ele não pode deixar que um estagiário aprenda muito, senão tomará o cargo dele mais tarde.
    No MMN, quanto mais “segredos” você contar, quanto mais você ajudar e ensinar, mais você
    cresce.
    É isso que quero dizer, com: “Não há concorrência”.
    Obviamente existem as pessoas de outras redes. Mas até para estas podemos contar o segredo.
    Entre na comunidade do Orkut da Forever Living e verá pessoas de diferentes redes,
    trocando apostilas, idéias, dicas. Eu mesmo repassei apostilas para várias outras redes.
    Porque sabemos que o mercado não satura simplesmente de um dia para outro.
    Sabemos que todos tem chance e que tudo depende de cada um.
    Esta é a diferença.

    Cara, vou te dar um conselho, vc me parece muito gente fina, mas comece a olhar as coisas
    com mais realismo, com uma mais visão critica, mais pé no chão.
    Resposta: Se você me acha um cara legal, não precisaria usar de ironias, exageros e
    deboches para responder minhas questões.
    Também acho as pessoas deste blog pessoas legais, que se preocupam com os outros.
    Mas acho vocês pessoas negativas. Não preciso de exagerar em ironias e fazer comparações
    absurdas, generalizando tudo e a todos, para responder as colocações.
    Sou pé no chão, tenho consciência que se eu fracassar, foi culpa minha.
    Conheço pessoas de 48 anos que nunca tiveram carteira assinada e são felizes.
    Conheço uma pessoa que mora numa barraca de camping, não tem emprego fixo e é feliz
    desta forma, pois não é obrigado a ser vítima de um sistema que te obriga
    a bater cartão numa empresa e te pagar uma miséria.
    Ser pé no chão, acredito que seja acreditar em si mesmo, nos seus ideais, não importa
    quais forem ou quão impossíveis sejam de alcançar.
    Também não digo que sou perfeito. Com certeza eu também tenho usado ironia ou exageros
    em coisas que digo, mas também não faço disso um hábito e procuro corrigir.
    Porque ironia e exageros ofendem, você sabe disso, basta pensar um pouco e concluir.
    Acha minha visão utópica?
    Eu não. Estou alcançando e buscando o que quero. E alcançarei muito mais.
    Mesmo que MMN seja uma droga. Mesmo que a Forever seja a pior empresa do mundo.
    Serei feliz porque tentei algo diferente na vida., para poder viver um pouco.
    Para poder chegar em casa um pouco mais cedo e passar umas horas com minha família.
    Para poder ser um pouco mais reconhecido.
    Pode ser romântico, defina como quiser. Qualquer pessoa pode ter um pensamento crítico.
    Todas as pessoas tem pensamento crítico. Na maioria julgam antes de conhecer.
    Eu tenho pensamento crítico e vou além, tento conhecer. Provo o mel e o vinagre.
    Chegarei ao fim da minha vida, sabendo que tentei de tudo para obter uma vida mais
    feliz e mais tranquila, questionando tudo e a todos, começando por mim mesmo.

    Entendi bem suas observações e vi que você é cheia de boas intenções.
    Eu vou tentar resumir, o “porquê” fazemos as apresentações do plano de negócio,
    falando em “riquezas” e “saúde”.
    Bem, falamos nisso porque é verdade, realmente, quem ingressa na Forever,
    poderá ter riquezas e saúde.
    Resposta: Como disse, não estou dizendo para ninguém de vocês fazerem MMN.
    Busquem algo melhor para suas vidas.
    Façam uma faculdade investindo mais de 30000, trabalhem de 8 a indeterminadas horas por dia,
    sem muitas vezes serem reconhecidos, que vocês PODERÂO obter
    riquezas e saúde também. Embora, na minha opinião, da maneira mais difícil, demorada
    e desgastante.

    Agora se pegarmos o site oficial da FLP, http://www.foreverliving.com , qual é a
    palavra que está no meio do site, num quadro vermelho, à altura dos olhos?
    A palavra “DREAMS”. Logo abaixo, temos “FUTURE”. E mais, ainda no site temos a foto
    de um casal, de uma mulher com uma criança e embaixo uma mansão.
    Resposta: No sistema tradicional você também tem esta proposta, como você preveu
    que eu iria mencionar.
    Prefira confiar no sistema tradicional, que te faz engulir as propostas da mesma forma.
    Será que a Colgate te empresta um creme dental para ver se o produto é bom?
    E quem investe na compra de um carro, num consórcio, também não está comprando um sonho?
    Pagando altos juros, investindo alto. Ou comprar uma casa a prestação.
    Mas isso é tão óbvio né?
    Tão óbvio que quase todos fazem. Trabalham de 8 a indeterminadas horas por dia para colocar
    um carro novo na garragem, pagando o mesmo em 20 prestações (não quero aumentar muito
    para não parecer exageros, mas sabemos que existem prestações, digamos, maiores)
    e juros altíssimos. Engolem a propaganda de uma Universidade, que vende os melhores cursos.
    Que bom que me ofereceram sonhos, pelo menos, em minha consciência, sei que são possíveis
    de serem realizados neste sistema.

    Defina o que seria ser “honesto” nesse caso. Digamos que eu inicie hoje na FLP,
    o que seria uma conduta honesta de minha parte? Eu posso, por exemplo, quando for
    recrutar citar a pesquisa do Jon Taylor, que aponta um rendimento médio para um
    distribuidor FLP em torno de $400 ao ano, sem contar as despesas? Eu posso falar
    que se o mercado já estiver saturado a FLP não me oferece qualquer indicativo
    desse estado de mercado, e que, quem for recrutado a partir daquele momento
    terá prejuizo? E inclusive é possivel que o mercado esteja saturado no momento em
    que eu estiver recrutando alguém, eu seria honesto se falasse isso para a pessoa?
    Ao seu ver, como deve ser a conduta honesta de um distribuidor FLP?
    Resposta: Como eu comentei, inúmeros negócios podem saturar, embora seja praticamente impossível
    de isso acontecer, por inúmeras variáveis.
    O da FLP, sabemos, por estatísticas que demorará para saturar.
    Se eu apresentar estas estatísticas, não importa de onde forem, você irá me dizer
    que não são verdadeiras.
    Em 30 anos, existem 8 milhões de distribuidores, NO MUNDO TODO.
    Sendo que destes 8 milhões, mais da metade está apenas iniciando e muitos realmente
    irão desistir.
    Isso em 30 anos de mercado. Daqui 30 anos, poderá ter 8 vezes mais,
    que não chegará a metade da população do Brasil (ISSO, NO MUNDO TODO).
    Sendo que agora, ela está em mais de 130 países.
    Meu amigo, eu praticamente nem saí da minha rua para vender os produtos, isso
    que nem a metade sequer ouviu falar de Forever.
    Estas pequenas informações, demonstram claramente que a Forever não pode saturar
    em poucos anos. Justamente pelo fato de, existirem pessoas negativas (a maioria)
    e que não acreditam em si mesmos.
    Mesmo que saturasse, eu seria desonesto por vender um negócio que pode saturar?
    Os próprios produtos tradicionais “saturam” milhares de vezes, apenas mudam de nome.
    Repare quantas vezes um produto tradicional muda de embalagem. No fim, o produto é sempre
    o mesmo.
    E o consumidor continua comprando.
    Chegará um dia que em minha cidade não haverá mais espaços para padarias?
    Claro que não. Umas quebram, outras mudam de cidade, outras se aposentam.
    Outras não irão abrir, porque pensarão “Nesta cidade já existem muitas padarias,
    não vou abrir mais uma”. Muitos não terão capacidade de abrir uma.
    Funciona exatamente igual ao MMN. Talvez a Forever cresça mais que negócios tradicionais,
    por terem produtos fantásticos. Mas demorará muito, muito mesmo para saturar.
    Isso se um dia saturar. Porque muitas pessoas pensarão “Irá saturar, já existem muitas
    pessoas fazendo Forever. Forever é impossível. Forever é furada. Os produtos não são aquilo
    tudo. MMN não funciona. São charlatões, que querem comer nosso dinheiro”.
    As estatísticas não mentem. Não vai saturar pelo menos, nos próximos 30 anos, sem
    sombra de dúvida.

    Abraços, me corrijam em todos os pontos que errei.

  15. Rodrigo permalink
    17/10/2008 13:34

    Milena, respondendo a sua colocação:

    É exatamente o que foi dito acima: A empresa deve ser responsabilizar pelos atos equivocados do distribuidor, já que existe um contrato entre as partes. Compromisso.
    Resposta: Exatamente, a empresa tem um contrato com o distribuidor.
    A nas cláusulas (que são mencionadas nas políticas de companhia da empresa)
    , está escrito:
    “A Regra Buy -Back (A que permite a devolução dos produtos, caso não consiga vender) é designada para impor ao patrocinador e a FLP a obrigação de garantir que o distribuidor patrocinado esteja comprando produtos de forma CONSCIENTE. Os distribuidores não devem comprar mais produtos do que possam esperar vender dentro de um período de 30 dias.
    O Patrocinador deverá imprimir seus melhores esforços para direcionar os Distribuidores de modo que eles comprem somente os produtos que forem necessários para preencher a demanda imediata de venda e que produtos adicionais sejam comprados somente depois que 75% do estoque inicial de produtos tiver sido vendido ou de outro modo utilizado”

    Como já estudei sobre contratos, sei que uma pessoa que assina um contrato tem a mínima obrigação de ler as cláusulas (coisa que muitos não fazem).
    Se o distribuidor não seguir as orientações da cláusula, ele é quem está equivocado e pode até ser expulso da FLP.
    Pessoas que mencionam empréstimos (como o sujeito que comentou seu
    depoimento neste blog) nem mesmo leram as cláusulas do contrato (e mesmo assim dizem que trabalharam).
    Toda e qualquer empresa existe um compromisso, através de um contrato.
    As cláusulas devem ser seguidas por ambas as partes, como você disse.
    Se o distribuidor não cumpriu com sua parte, problema dele.
    É tão fácil enganar alguém né?
    Alguém que não está disposto nem mesmo a ler os termos do contrato.
    Alguém que não tem a mínima vontade de trabalhar e coloca a culpa na empresa e no MMN. Na minha opinião, um sujeito desses deveria ser processado por danos morais, difamando o nome da empresa, sendo que ele NÃO CUMPRIU AS CLÁUSULAS DO CONTRATO. O mesmo para patrocinadores
    que que incentivam seus patrocinados a fazerem empréstimo. Estes também podem ser expulsos da FLP. Alguém se sentiu lesado?
    Leia as cláusulas do contrato e procure seus direitos.

    Abraços!

  16. Rodrigo permalink
    20/10/2008 0:39

    Olá Milena,

    Tentei descrever aqui neste blog todas minhas informações sobre o que eu sei.
    Não sei se da maneira mais correta, porque não sou perfeito.
    Respeito a opinião de vocês e acho que vocês devem continuar com suas opiniões e continuarem questionando, como estão fazendo.
    Quem sabe vocês não estão com a razão?
    Eu mesmo não sou dono da razão.
    Eu, como distribuidor da Forever, sinceramente acho que quem não faz Forever, não tem a noção do tamanho do negócio, de como podemos fazer questionamentos sobre a ética e moral da empresa e ficar discutindo por diversos dias e buscando argumentos para defender nossas opiniões, se é ou não é uma empresa ética.
    Conclui que é muito importante a existência deste blog, para que os novos patrocinadores tenham cada vez mais informações, antes de entrarem nesta empresa. Muita informação mesmo. Para que todos entrem conscientes de verdade. E que para que depois ninguém fique reclamando que foi enganado.
    E que ambas as partes se beneficiem e que nenhuma delas seja desonesta.
    Este é meu desejo, o bem para todos.
    Peço desculpas se ofendi alguém aqui alguma vez. Achei esta discussão muito enriquecedora, acredito que para vocês também.
    Importante que de alguma forma ou de outra, saímos aprendendo.
    Parabéns pelas respostas, achei elas muito inteligentes e muito bem formuladas. Creio que vocês estão procurando a verdade e estão lutando para ajudar os outros. Então que vocês continuem estimulados a querer fazer o bem.
    Abração para vocês e tudo de bom mesmo. Sucesso, felicidade e saúde !

    “Que luz é essa,
    Que vem chegando lá do céu?
    É a chave que abre a porta
    Lá do quarto dos segredos
    Vem mostrar que nunca é tarde
    Vem provar que é sempre cedo
    E que prá todo pecado sempre existe um perdão
    Não tem certo nem errado
    Todo mundo tem razão
    E que o ponto de vista
    É que é o ponto da questão
    Que luz é essa que vem chegando lá do céu?”
    (Raul Santos Seixas)

  17. gap permalink
    20/10/2008 12:32

    Primeiramente eu peço que vc seja mais objetivo em seus comentários, vc escreve um zilhão de linhas e na maioria do texto só repete a mesma ideologia, então seja mais objetivo e breve em seus comentários, senão fica complicado debater.

    É possível cadastrar quantas pessoas quiser, pois se o patrocinador não puder ou não souber dar apoio, tem uma pessoa da linha acima que pode dar.

    Então não faz sentido teu argumento de que as pessoas perdem dinheiro porque não receberam orientação ou tiveram um patrocinador ruim, já que sempre tem alguém acima a quem recorrer. Vc já se contradiz aqui.

    E isso é possível também, para que o maior número de pessoas possam conhecer esta oportunidade. Se uma pessoa não pudesse cadastrar tantas pessoas, talvez eu nem teria conhecido o sistema.

    Se a Forever fosse uma empresa fantástica e diferenciada ela estaria preocupada com a qualidade dos distribuidores e não com a quantidade. “Maior número de pessoas poderem conhecer essa oportunidade” é a tua visão romântica do negócio, a verdade é que pra empresa tanto faz se o cara vai se cadastrar, comprar os produtos e jogá-los fora, o que importa é que ele compre e gere lucros à FLP. A FLP, como a maioria da empresas MMN, está preocupada com quantidade de distribuidores e não com qualidade, e esse argumento que vc deu é exatamente o tipo de argumento inventado pelas lideranças no intuito de esconder as falhas do negócio.

    E olha só, a pessoa que me patrocinou, ainda pegou meus produtos emprestado e não me devolveu. Ela me deve quase R$100 em produtos.

    Repare que esse é um trecho totalmente irrelevante pra discussão, e 90% dos teus comentários trazem toneladas desse tipo de trechos, é a isso que me refiro qdo peço objetividade.

    Outro motivo para que possa se cadastrar muitas pessoas, é que todas as pessoas, possam comprar os produtos a preço de custo.

    Primeiro era pra dar oportunidade e agora é pra gerar lucro? É exatamente isso, a empresa quer pessoas comprando, e não dá a minima se o cara vai usar o produto ou jogá-lo fora, toda empresa de MMN funciona assim. Então repare que todos não passam de meros consumidores para a FLP. Nada diferente dos demais MMN.

    Quem quiser, apenas se cadastra e não é obrigado a recrutar pessoas.
    A empresa é tão séria, tão generosa que permite isso, TODOS se beneficiarem dos produtos a preço de custo.

    Preço de custo? Cara nós deletamos esse blog na hora se vc provar que a FLP repassa produtos a preço de custo a seus distribuidores. Sério mesmo. Se qualquer um puder comprar a preço de custo, de onde vem o lucro da empresa? O termo correto é com DESCONTO, e não a preço de custo. A empresa vende a seus distribuidores com desconto, e não a preço de custo.

    Resposta: Como eu comentei, inúmeros negócios podem saturar, embora seja praticamente impossível de isso acontecer, por inúmeras variáveis…

    E a partir dai vc escreve um monte de coisas que não têm nada a ver com o que eu perguntei. Minha pergunta foi simples e objetiva e vc enrolou, enrolou e enrolou com outros assuntos e não respondeu. Repito minha pergunta:
    Defina o que seria ser “honesto” nesse caso. Digamos que eu inicie hoje na FLP, o que seria uma conduta honesta de minha parte?

    Este fulano, trabalha quase todos os dias até às 9hs horas da noite, sendo que começamos
    a trabalhar as 8hs da manhã. Isso que este indivíduo fazia a mesma faculdade
    que eu. Faltava da aula muitas vezes, para trabalhar. Mercado competitivo, fazer o que certo?
    E nem ele mesmo (que se acha o melhor) é reconhecido como deveria, recebendo alguns trocos
    a mais do que eu. Isso é justo? Além de ser injusto, muito desgastante…

    Lendo o resto do teu comentário percebi que vc tem uma visão de repudio pelo mercado tradicional, só uma pergunta: vc tinha essa visão do mercado tradicional antes da FLP, ou só “percebeu” isso depois que passou a frequentar as reuniões da empresa e a ter contato com a ideologia pregada pelos lideres da empresa?

    E lembrando, nos teus próximos comentários, tenha objetividade, não fique enrolando com histórias de Fulano, Beltrano, anedotas, depoimentos e etc.

  18. Rodrigo permalink
    21/10/2008 16:49

    Olá Gap,

    Quando eu cito exemplos, é para abranger o maior número de questionamentos possível. É fácil dizer que uma empresa é desonesta sem provar nada.
    Mesmo que eu não prove que ela é honesta, você também não consegue provar o contrário.
    Eu sempre tive essa visão do mercado tradicional, a muito tempo antes de entrar na FLP. Tanto isso é verdade, que eu estava um ano já, sem trabalhar com carteira assinada. Quando ingressei na FLP, estava desempregado, estudando e fazendo “bicos” para tocar meu negócio próprio (meu sonho é dar aula de música).
    Mas em fim, é apenas minha opinião. Você pede para apresentar provas, do que adiantaria? Você com certeza levantaria outros argumentos e diria, e daí?
    Quando digo a preço de custo, falo do preço que a empresa gasta para fabricar o produto. Óbvio que ela tem que colocar um pouco mais caro, para ter lucro para investir em pesquisas, nas transportadoras, funcionários, etc.
    Ou será que estes trabalhariam de graça?
    A FLP permite você comprar os produtos e ainda te paga para comprar.
    Ou seja, um creme dental é vendido a R$18. Quem se cadastra, compra aproximadamente por R$12. Mas depois de alcançar os dois CC, esta pessoa ganha pago para consumir ou vender este produto (bônus). Conforme ela indicar (Propaganda), ela subirá de nível, conforme o volume das vendas. Não precisa recrutar. O que acontece, é que inúmeras pessoas irresponsáveis estão saindo por aí cadastrando muitas pessoas e não dão suporte. O que eu quis demonstrar, com todos meus argumentos, é que em qualquer negócio você pode ficar sem suporte, sem ajuda. Eu comecei sem suporte e desempregado, sem ganhar nem mesmo um salário mensal.
    Tudo que conquistei foi com a venda dos produtos e com os bônus.
    Por isso me refiro que não precisa pegar dinheiro emprestado.
    E se culparmos a FLP por isso, teríamos que culpar todas as empresas que trabalham neste sistema de Redes e franquias.
    Todas elas possuem riscos altíssimos.
    Então, o que acontece é o seguinte.
    No trabalho tradicional, a pessoa sai todos os dias para trabalhar, faça chuva ou faça sol, trabalhando 8 horas por dia, isso para ganhar, muitas vezes, um salário mínimo.
    Aí quando vem alguém e apresenta uma oportunidade e diz que a pessoa tem que trabalhar no mínimo duas horas por dia para tocar o negócio, a pessoa não faz isso. E porque ela não faz?
    Porque não tem um chefe cobrando o trabalho dela.
    Ela que é responsável pelo negócio. Eu acho super correto fazer as pessoas pensarem, antes de entrarem num negócio como este.
    Por isso, comentei logo acima, que este blog fará muitas pessoas pensarem bem antes de entrar. Eu mesmo li este blog inteiro antes de ingressar.
    Eu acho válido escrever zilhões de linhas, pois pelo menos faz com que as pessoas questionem.
    Seria muito fácil, você dizer, a FLP não é honesta.
    E eu respondo, não, ela é.
    E daí? O que os leitores iriam concluir?
    Se eu dou uma resposta, quero pelo menos dizer o porquê desta resposta.
    Senão nosso diálogo não ajudaria ninguém.
    Para você, pode ser que estou dizendo um zilhão de besteiras.
    Mas para outros leitores, pode ser um zilhões de verdades.
    Eu tenho uma opinião, você outra. E os leitores, outra ainda.
    O que deve ser feito, é uma pesquisa de cada MMN, não fazer uma pesquisa genérica. Pois todas possuem sistemas diferentes.

    Abraços!

  19. gap permalink
    23/10/2008 17:03

    Você pede para apresentar provas, do que adiantaria? Você com certeza levantaria outros argumentos e diria, e daí?

    Vc falou em outro comentário que tinha estatisticas mas que não mostraria pq eu provavelmente levantaria argumentos contrários e etc. Se vc não quer mostrar é porque não confia na robustez dessas estatisticas, só isso, e ai fica dando desculpas. Se vc tivesse uma estatistica que derrubasse o que está no post, ou aquilo que afirmamos sobre a FLP, tenho certeza que vc já teria colocado aqui essas estatisticas e “provas”.

    Quando digo a preço de custo, falo do preço que a empresa gasta para fabricar o produto. Óbvio que ela tem que colocar um pouco mais caro, para ter lucro para investir em pesquisas, nas transportadoras, funcionários, etc.

    Não, não é nada óbvio. Preço de custo seria o preço de fábrica, e isso é impossivel. A empresa vende esses produtos com desconto, e esse desconto é em relação ao preço de varejo, algo muito, mas muito longe de “preço de custo”. Agora, “um pouco mais caro”? Vc quer dizer BEM mais caro, bem mais caro. Basta uma olhadela na tabela de preços da FLP.

    A FLP permite você comprar os produtos e ainda te paga para comprar.
    Ou seja, um creme dental é vendido a R$18. Quem se cadastra, compra aproximadamente por R$12.

    Ela pode até “pagar” pra vc comprar, só que esses bônus que vc recebe já estão embutidos no preço do produto. Ou vc acha que a pasta custa R$18 porque vale R$18? Ou vc acha que a FLP vai tirar dos seus próprios lucros pra pagar bônus? “Ela paga pra vc comprar” é realmente um termo poético, uma forçada de barra. A empresa não te paga nada, ela só retorna algo que vc já pagou a ela, e isso passa a ilusão de que essa “fantástica” empresa paga para que comprem dela.

    Conforme ela indicar (Propaganda), ela subirá de nível, conforme o volume das vendas.

    É engraçado os eufemismos do MMN. Vender virou indicar, e vc confunde com propaganda. Vc vende. Vc indica quando não existe interesse de retorno monetário envolvido, quando por exemplo eu indico um filme a um amigo pq o filme é bom. Agora se eu “indico” um produto sob o qual eu vou faturar em cima, caso meu amigo o adquira, então isso é venda, e não indicação.

    Não precisa recrutar. O que acontece, é que inúmeras pessoas irresponsáveis estão saindo por aí cadastrando muitas pessoas e não dão suporte.

    Porque a empresa é irresponsável e permite isso, se fosse uma empresa tão “perfeita” quanto vc acredita, ela jamais permitiria isso, e estaria preocupada com a qualidade de seus distribuidores e não com quantidade. Vamos dizer que a partir de amanhã a nossa legislação não puna mais o crime de assalto. O que vc acha que vai acontecer? E a culpa seria de quem?

    E se culparmos a FLP por isso, teríamos que culpar todas as empresas que trabalham neste sistema de Redes e franquias.

    Não queira comparar a expansão de redes tradicionais e franquias que são planejadas durante meses, às vezes anos, com o mercado irresponsável do MMN, onde as pessoas entram sem saber dados numéricos relevantes sobre o negócio, baseando suas decisões apenas em depoimentos dos medalhões da empresa que ficaram milionários por explorarem mercados virgens. E mesmo com todo planejamento técnico algumas franquias e redes às vezes falham, então imagina no MMN, onde o embasamento técnico pra uma decisão é nulo, e controle e a fiscalização do mercado são inexistentes, e é exatamente sobre isso que o artigo fala.

  20. 28/03/2009 23:36

    Desculpe ressuscitar o tópico, mas gostaria de acessar sites específicos sobre a AMWAY com dados e FATOS sobre o negócio. Achei o http://www.merchantsofdeception.com/ mas gostaria de mais – se possivel de sites oficiais ou governamentais sobre a empresa.

  21. Patrick Martins permalink
    02/04/2009 19:52

    Estou lendo o livro do Eric, absolutamente fantástico. Se todo mundo o lesse, acredito que não existiria uma viva alma entrando no MMN.

    Engraçado perceber que os conceitos e termos criados há coisa de 20 anos são os mesmíssimos defendidos pelos MMN’ers.

    Coisas como ” 95% das pessoas que se aposentam estão falidas, ou ganham só o suficiente para sobreviver.”(MMn’ers morrem falando isso e não sabem de onde vem – na verdade não vem de lugar nenhum, é pura invecionice.)

    Ninety day plans – Planos de 90 dias para alcançar algum nível.

    Self-use of products, and show people how to use then. – Basta usar os produtos é ensinar outros a fazê-los.

    It isn’t sells! It’s wholesaling business – Não é vendas!

    win-win relationship – Relação ganha-ganha

    people helping people – Pessoas ajudando pessoas

    E é só o começo…

  22. nao-me-chame-que-nao-vou permalink
    02/04/2009 21:17

    Boa noite, pessoal,

    vocês poderiam abrir um novo tópico com:

    projetorendafamiliar.com.br ?

    E, se possível aplicar as 5 red flags?

    Imagino que seja mais um nome para fazer companhia as MMN/MLN da lista do blog.

    Abraços

    • Renata permalink*
      03/04/2009 15:55

      Boa tarde!!!

      Esta empresa não está na nossa pauta (mesmo porque tentamos focar no sistema mmn como um todo, especificando o mínimo possível, são muitas empresas para pouco tempo disponível). Mas, quando eu tiver um tempinho, vou dar uma pesquisada, se os demais colaboradores concordarem, faremos sim, um post sobre esta “novidade”.

      Obrigada pela participação.

  23. Carlos Antonio permalink
    08/05/2009 22:14

    Bom! Vejo que as pessoas deste blog, ou sejam as que estão por tras,devem estar recebendo algum dinheiro para criticar o MMN ou são pessoas incapases de desfrutar de alguns sonhos vindo desta forma querer impedir os sonhos dos outros. Os comentarios desse blog, não fazem se quer o minimo de sentido, sendo que cada um vive neste mundo da forma que acha que deve pois a vida é muito curta e cada um tem o direito de fazer suas escolhas. Possuo uma empresa no mercado tradicional na qual gera ano em torno de R$800.000 e Trabalho com MMN em uma outra empresa que me da em torno de 350.000 ano. Se isso é verdade ou mentira, o que vai mudar sendo que ninguem me conhece e meu nome pode estar errado,pois qual o troxa ganhando um dinheiro desse vai se identificar. Mas uma coisa deixo bem claro, faça cada um o que acha que deve, em vez de ficar discutindo o que é certo ou não. O mais importante é ser feliz! E no mundo existe um segredo. Acredite em Deus e Acredite que você é capaz de ser feliz não importa em qual mercado, mas importa em qual estado emocional vc’s encontrem. SUCESSO A TODOS.

    • Renata permalink*
      09/05/2009 17:43

      “Bom! Vejo que as pessoas deste blog, ou sejam as que estão por tras,devem estar recebendo algum dinheiro para criticar o MMN ou são pessoas incapases de desfrutar de alguns sonhos vindo desta forma querer impedir os sonhos dos outros. Os comentarios desse blog, não fazem se quer o minimo de sentido, sendo que cada um vive neste mundo da forma que acha que deve pois a vida é muito curta e cada um tem o direito de fazer suas escolhas.”

      1 – não recebemos NEM um tostão. Eu, particularmente, tenho prazer em denunciar alguns esqueminhas de mmn. Se conseguir levar a mensagem a pessoas que procuram informações com senso crítico e de forma imparcial, sinto-me devidamente recompensada
      2 – “impedir sonhos dos outros” – arrume uma “crítica” mais atual e consistente. Esta de roubar sonhos é mantra de mmner.
      3 – este blog não quer interferir no livre arbítrio de ninguem…caso não tenha notado.

      ” Possuo uma empresa no mercado tradicional na qual gera ano em torno de R$800.000 e Trabalho com MMN em uma outra empresa que me da em torno de 350.000 ano. Se isso é verdade ou mentira, o que vai mudar sendo que ninguem me conhece e meu nome pode estar errado,pois qual o troxa ganhando um dinheiro desse vai se identificar.”

      Verdade, nenhum “trouxa” deveria vir em fórum público alardear “ganhos” vultuosos. Quem tem de verdade (via de regra) esconde.

      ” Mas uma coisa deixo bem claro, faça cada um o que acha que deve, em vez de ficar discutindo o que é certo ou não. O mais importante é ser feliz! E no mundo existe um segredo. Acredite em Deus e Acredite que você é capaz de ser feliz não importa em qual mercado, mas importa em qual estado emocional vc’s encontrem. SUCESSO A TODOS.”

      Acredite em si, acredite em Deus e desconfie destes esquemas de recrutamento. Nem Deus, tampouco uma boa dose de auto confiança podem desconstituir a estatística arrasadora de mmn. Mais de 90% perde dinheiro.
      Fica o alerta (sempre).
      Sucesso também.

  24. gap permalink
    10/05/2009 11:23

    Possuo uma empresa no mercado tradicional na qual gera ano em torno de R$800.000 e Trabalho com MMN em uma outra empresa que me da em torno de 350.000 ano.

    Quando um cara chega utilizando artigo indefinido, tipo “tenho em UMA empresa que rende tanto”, “sou o cara em UMA empresa de MMN”, eu ligo o desconfiometro na hora e não tenho medo de afirmar de que isso é provavelmente uma lorota. Ora, se vc chegasse falando “eu sou dono da empresa XYZ, que atua no ramo TAL, no estado TAL”, ou então “eu sou hiper-mega-super triplo diamante kriptonita da empresa de MMN Fulano de Tal”, ai eu até daria crédito, mas qdo chega nesse papinho indefinido de trabalho em UMA empresa, e não dá detalhes, pra mim é cascata.

  25. LLD permalink
    25/09/2009 15:52

    Bom, trabalho com MMN a 2 meses na empresa Herbalife, acabei de deixar um emprego onde ganhava R$ 800,00 e trabalhava igual a um escravo, no 1º mês recebi R$ 793,00 e neste mes me qualifiquei a supervisor da companhia ganhando cerca de R$ 1.900,00 em sem limite de crescimento, ganho conforme meu potencial, nunca num emprego “comum” eu ia ser valorizado conforme meus esforços, por mais que eu subisse de cargo meu chefe sempre estaria ganhando em cima de meus esforços, não mo culpo por ja ter nascido em berço de ouro e de ser esperto. Nasci pobre e pra abrir meu proprio negócio como sempre sonhei era inviavel.. Sempre estudei bastante e nos melhores colégios (Claro bolsista)Até chegar na faculdade onde não consegui mais bolsa, que perpectiva de futuro eu teria???
    Também pensava que a herbalife ja estava saturada, mas é um produto consumível, como arroz e feijão, e hoje em dia quem não esta preocupado com a boa forma e bem estar?.
    Na maioria das veses não é o sistema que não funciona e sim a pessoa.
    estou mto feliz pq estou me ajudando e ajudando outras pessoas tbm

    abraço a todos.

    • 25/09/2009 15:54

      “Na maioria das veses”

      você tem certeza de que estudou nos melhores colégios?

  26. LLD permalink
    28/09/2009 16:10

    Erro de digitação… que não vem ao caso certo??

    • 28/09/2009 17:44

      que não vem ao caso certo??

      certo, exceto quando o cara fala que estudou nas melhores escolas.

  27. LLD permalink
    29/09/2009 7:28

    Repetitivo você ne amigo?! Vai comentar novamente que estudei nas melhores escolas??? É claro que isso tem tudo a ver com o tema abordado…
    Ou sera que você não tem mais argumentos pra defender a sua opinião??

    • 29/09/2009 8:37

      cara, deixa eu te explicar como se você tivesse 5 anos de idade, o que parece ser o caso. Quando você fica de xororô no teu comentário, assim:

      “Sempre estudei bastante e nos melhores colégios (Claro bolsista)Até chegar na faculdade onde não consegui mais bolsa, que perpectiva de futuro eu teria???”

      você está persuadido e persuadindo, talvez de maneira inconsciente, que não existe perspectiva alguma FORA da Herbalife, que o mercado é uma porcaria, e de fato é, no entanto você só está há dois meses num negócio onde a maioria esmagadora (muito mais que no mercado tradicional) perde dinheiro em 1 ano, e acaba desistindo. Sério, antes de você sonhar com Herbalife eu já debatia com pessoas da empresa, e já rebati “argumentos” (depoimento pessoal é um argumento irrisório) como os seus aos montes, então se tem algo de útil a acrescentar, exceto sua experiência pessoal, acrescente, pois ai se é pra falar de experiência eu também vou selecionar depoimentos de pessoas que perderam até as calças com Herbalife.

  28. LLD permalink
    29/09/2009 14:10

    Amigo, como você é uma pessoa “vivida”, muito provavelmente estejas coberto de razão, porém por enquanto estou lucrando com a Herbalife. No momento em que eu perceber que o negócio esta falindo pra mim, pulo fora, antes de perder as “calças” sabe?! Mas pelo visto, isso vai demorar bastante.
    Eu contei o meu caso, não para persuadir ninguém, e sim pra compartilhar uma experiência pessoal.
    Em nenhum momento queria dizer que não existe perspectiva fora da Herbalife, conheço muitas pessoas de sucesso (nenhum deles empregados, é claro)que nem conhecem a Herbalife, apenas coloquei uma posição de empregado, que na maioria das vazes enriquecem seu patrão (como no meu caso), e continuam pobres.
    Pode ser que a minha experiência pessoal não seja um argumento útil a acrescentar, mas vamos combinar, ficar repetindo o que eu disse (“estudar nas melhores escolas”) também não é muito construtivo e nem um pouco útil.

    • Renata permalink*
      29/09/2009 15:27

      “Pode ser que a minha experiência pessoal não seja um argumento útil a acrescentar, mas vamos combinar, ficar repetindo o que eu disse (”estudar nas melhores escolas”) também não é muito construtivo e nem um pouco útil.”

      Não, sua experiencia não é um argumento útil mesmo. Não creio que demorará para voce começar a perder dinheiro, não porque voce fará algo errado, mas porque hbl é um negócio ruim mesmo.
      E sim, quando voce mencionou que estudou nas melhores escolas, voce estava inferindo que há uma grande falha no mercado tradicional….que, por pior que seja, não supera o mmn, com a estatística altíssima de pessoas que PERDEM dinheiro.
      outra – faculdade pública é sempre uma opção (que pode ser ótima!!!!).
      As vezes, vale a pena estudar mais um pouco e tentar o curso superior, voce paga so a matrícula e pode utilizar material da biblioteca da faculdade e internet tambem. Realmente, sem curso superior complica.

  29. will permalink
    27/10/2010 14:59

    bom faz um ano que não estou trabalhando, e sempre pensei assim: to aqui trabalhando 8 horas por dia pra ganhar 700 r$ por mes que bom vou comprar uma tv de plasma em 12 veses….
    mas pra que se não vou poder assistir, pq no outro dia vou ter que ir trabalhar ai depois chego em casa tenho que correr pra escola e depois tenho que dorir se não, não vou aguentar trabalhar no outro dia, ou seja, tenho meus 700 reais todo mes mas vou comprar o que se não vou ter o tempo pra usar….
    intaum vale a pena se matar trabalhando fazer horas extra se no final o dinheiro vc não vai ter onde usar pq mal vai ter tempo pra familia…
    e no mmn BEM CLARO NÃO TRABALHO COM MMN, mas no mnn voce faz seu horario seu investimento ti dara lucros mas caro tem que lutar por eles né….
    nada na vida é de graça, mas tmb não precisamos se matar em uma empresa para enriquecer nosso patrão e nos no final do mes com miseros 700 e sem tempo para desfrutar dele…
    pretendo entrar na flp tenho conhecidos que entraram no mes passado e esse mes ja estão na gerencia, mas claro ele tem muitos conhecidos e conseguiu chegar la rapido, e sei que pra mim não vai ser tão facil, mas sem luta ninguem vence, e é assim em todos lugar,
    MMN é facil de fracassar, mas tmb eh facil de subir na vida, basta você saber o que você mesmo quer…

  30. FMC permalink
    24/03/2011 22:25

    Caros desenvolvedores deste blog, quero agradecê-los formalmente pelo serviço de utilidade pública que estão prestando.
    Conheci ontem uma rede “super bacana” que me encantou, mas algo estava me incomodando nos scripts onde eu tentava mostrar as pessoas que elas precisam de coisas que, de fato, não precisam. Daí resolvi pesquisar e cai neste blog.
    Ainda não tenho uma opinião totalmente formada (na verdade isso pra mim é muito novo), mas agradeço sinceramente este novo olhar que me possibilitaram, me revelando a verdade que estava me incomodando e me possibilitando alternativas. O negócio que me propuseram certamente será rentável neste momento na minha região, mas não sei se posso conviver com esse incômodo para ganhar algum dinheiro.
    Sinceramente agradecida,

    FMC

  31. Marcos Vinicius permalink
    04/11/2011 19:58

    Em primeiro lugar, quero parabenizá-los pelo blog, realmente muito util. Sou formado em Administração de Empresas e na faculdade tivemos aulas de conceitos para ‘ganhar’ dinheiro fácil e rápido. Conclui que é mais ou menos como Papai Noel, as pessoas acreditam (devido à lavagem cerebral que é feita nas palestras motivacionais), porem, mais cedo ou mais tarde elas descobrem que é tudo mentirinha.

    Referente ao MMN, gostaria de levantar uma situação: – Uma ‘empresa’ MMN que fosse nova, e a pessoa se torna-se representante dela e recrutasse pessoas rapidamente, teria um aumento nas chances de ganhar mais dinheiro ou o percentual de fracasso permaneceria o mesmo independentemente do momento que ele entrasse no ‘esquema’ ?

    Mais uma situação, tem uma empresa que muitos estão falando aqui na minha cidade, chamada InvestFuturo, gostaria que se possível vocês nos passassem mais informações sobre essa empresa pois muitos aqui estão acreditando que ela é diferente das outras.
    Mais uma vez, parabéns pelo blog !!!

    • Fernando permalink*
      04/11/2011 21:05

      Primeiramente, obrigado.

      Em segundo lugar, vc pode colocar aqui os links sobre informações dessa empresa aqui? O que vc puder, pra agilizar.

  32. 07/11/2011 23:13

    Olá gente!
    Pelo que eu vi, essa tal InvestFuturo é bem semelhante à Dinastia Soluções Financeiras. Um plano de previdência acima do preço de mercado, onde vc pode recrutar pessoas para fazer parte de um sistema de bonificação e etc, etc, etc.
    Sinto muito, caro Marcos, mas não é como estão acreditando aí. Essa empresa não tem nada de diferente nem da Dinastia, nem de qualquer outro desses MMN da vida.
    Aliás, pelo que vemos. Todas as empresas de MMN que surgem sempre dizem que são “diferentes”, que têm um sistema “revolucionário” e no final das contas não a mesma “M”!!!

  33. 22/08/2012 14:45

    Ao invez de comentar vou apenas dar uma ideia para que ler este ultimo commentario.
    Eu decido abrir uma empresa de perfumes não tenho nenhum funcionario ou socio minhas vendas não estão legais então decido conseguir um socio para fazer vendas externas junto comigo, o negocio melhora e decidimos conseguir mais socios o negocio vai crescendo e se abrangindo ” acabou de nascer um marketing multinivel”.

    Vocês poderiam me indicar uma empresa que eu abro ou vire socio sem investir dinheiro, eu presiso investir dinheiro ate para trabalhar ” alimentação , transporte, roupa que uso, etc.”
    Vocês poderia me dizer a empresa que não faz parte do marketing multinivel que nunca vai falir ou correr risco de saturar?
    a empresa que vocês trabalham nunca vai falir? nunca vai ter riscos financeiros?
    se vocês não estão preocupados com o seu cotidiano que correm os mesmos riscos que estas empresas citadas acima por que se preocupam com elas ao e não se preocupam com a corda bamba que o brasil esta hoje ” cada vez mais emprezas estão falindo e deixando pessoas desempregadas e adivinha elas não faziam parte de marketing multinivel” então refaço a pergunta ao invez de medizer qual empresa vai falir me diga qual empresa que não corre o risco de falir. Os proximos comentarios eu espero apenas o nome da empresa que vocês emcontraram que não corre este risco.

    • Renata Lima permalink*
      22/08/2012 15:43

      “a empresa que vocês trabalham nunca vai falir? nunca vai ter riscos financeiros?”

      Tudo tem risco – isto não se discute.

      “se vocês não estão preocupados com o seu cotidiano que correm os mesmos riscos que estas empresas citadas acima por que se preocupam com elas ao e não se preocupam com a corda bamba que o brasil esta hoje ” cada vez mais emprezas estão falindo e deixando pessoas desempregadas e adivinha elas não faziam parte de marketing multinivel” então refaço a pergunta ao invez de medizer qual empresa vai falir me diga qual empresa que não corre o risco de falir.”

      não precisa “refazer” pergunta. Risco é inerente a qualquer negócio, uns mais arriscados (bolsa de valores) outros menos (tecnologia de ponta). Agora, somente pessoas desinformadas vão achar que os riscos de um facebook são menores do que os riscos numa empresa de recrutamento (herbalife, forever) ou numa pirâmide financeira (my travel, zeek, aftb, mr colibri). Aliás, com relação as pirâmides financeiras que proliferam no mmn, te afirmo que o risco delas SUMIREM com o tempo é de 100%.

      “Os proximos comentarios eu espero apenas o nome da empresa que vocês emcontraram que não corre este risco”

      Vc não tem que esperar NADA. Vc precisa ler direito o que postamos aqui e tentar combater a conclusão….em marketing multinível mais de 90% dos participantes PERDE DINHEIRO, isto mesmo, PERDE DINHEIRO.

      Isto não ocorre em negócios “tradicionais” por mais riscos que apresentem. Sua premissa em favor do mmn é supérflua, equivocada e passa longe de combater a crítica que fazemos.

  34. Diginani permalink
    02/11/2012 9:34

    e sobre a Up Essencia o que tens a dizer?
    Conheci os produtos saõ maravilhosos e preço viavel.
    pensei seriamente em entrar, pq percebi q a vende bastante os produtos
    pois a qualidade é incrivel

    • Renata Lima permalink*
      02/11/2012 12:15

      verifique se existem os fatores de alerta. Preços altos, remuneração de vários níveis de distribuição, pagamento de taxa de adesão ou exigência de comprar pra qualificar-se a comissões, lucro derivado principalmente de formação de rede.

      Boa sorte.

  35. Edu permalink
    16/11/2012 17:11

    O Blog Indústria da Decepção pergunta:
    Faça a si mesmo a seguinte pergunta: se os produtos ou serviços oferecidos pelas empresas de MMN são tão bons e sensacionais, por que eles não são vendidos de maneira convencional, em estabelecimentos comerciais?
    Por que estaríamos comprando produtos de empresas que enriquecem só os próprios donos se existem empresas que me valorizam e me bonificam para comprar e indicar seus produtos ou serviços?
    O mercado Tradicional é podre, sofrido e tem como fatores marcantes as bandeiras da hipocrisia, do egoísmo e da inveja e não dão oportunidades pra ninguém, há não ser só fazerem dos colaboradores verdadeiros escravos modernos.
    Não dá para entender como tem gente que fala mal do MMN ou Network Marketing que só tem trazido, apesar de alguns percalços, a prática da mutualidade e das confraternizações alem do desenvolvimento e do Bem Estar Social?
    O mundo é assim mesmo, sempre foi difícil acabar com bandidagem como eliminar ratos e baratas!

    Por que essas empresas recorrem ao MMN para venderem seus produtos?
    Porque são empresas que querem dar oportunidades as pessoas de visão ao que é tendência, tanto aos profissionais menos qualificados como até mesmo os mais qualificados. Situações estas que as empresas do mercado tradicional só têm explorado o cidadão até o advento deste inteligente sistema de comercialização de produtos ou serviços que o Marketing Mult Nível (MMN) ou Network Marketing ou Marketing de Rede.

    E por que essas empresas sempre estão procurando pessoas sem experiência em vendas, ou marketing (quem já viu folhetos de empresas de MMN sabe do que estou falando)?
    Mais uma vez repito: É para dar oportunidade até mesmo os sem experiências e treiná-los para o bem estar, coisa que as empresas do mercado tradicional só fabricam escravos modernos, apesar de precisarmos destes escravos.
    Quem quer sair da escravidão entre para o inteligente sistema de comercialização de produtos ou serviços que é o MMN.

    Seria o produto apenas um disfarce para esconder um esquema, que na verdade, funciona como uma pirâmide financeira?
    O que há de errado com empresas que comercializam seus produtos e serviços dando oportunidades aos cidadãos de visão em usar seus produtos, divulga-los e comercializa-los ao mesmo tempo e serem bonificados por isso? Onde há erro nisto? Há não ser que as mentalidades, retrógradas e estagnadas, de conservadores burgueses da idade média estão encarnadas em contraditórios perdurando até hoje.

    Como pode ter gente completamente sem nenhum respaldo visionário que só quer destruir um sistema inovador como o MMN e que só quer levar melhores condições, para aqueles que buscam seu próprio bem estar?

    • Renata Lima permalink*
      16/11/2012 19:06

      “Entendo também a forma como vocês receberam as informações, básicas e somente com pontos de vista pessoais. Sabendo que 95% das pessoas que aderem a associação não lêem os manuais ou procuram saber como funciona o bônus, é de se esperar ler e ver informações erradas no mercado.”

      Não EXISTE ponto de vista PESSOAL no post. O post DISSECA o plano de marketing de dinastia, SEM QUALQUER inferência de cunho pessoal. Você não conseguiu desmentir UMA LINHA do nosso post (e aposto que não leu com atenção as transcrições do material que você tanto propaga).

      “Seria o produto apenas um disfarce para esconder um esquema, que na verdade, funciona como uma pirâmide financeira?”

      Sim, estruturalmente, pode-se dizer que o mmn favorece (e muito) a proliferação de pirâmides financeiras com produtos e serviços como disfarce.

      “O que há de errado com empresas que comercializam seus produtos e serviços dando oportunidades aos cidadãos de visão em usar seus produtos, divulga-los e comercializa-los ao mesmo tempo e serem bonificados por isso? Onde há erro nisto? Há não ser que as mentalidades, retrógradas e estagnadas, de conservadores burgueses da idade média estão encarnadas em contraditórios perdurando até hoje.”

      Retrógrado e estagnado é quem defende esquema de RECRUTAMENTO DE PESSOAS e não consegue ENXERGAR o problema matemático que faz com que estes esquemas sejam LESIVOS pra maioria. A “ideia” do mmn é uma maravilha…mas a prática mostra que mais de 90% perde dinheiro. É estatística.

      “Como pode ter gente completamente sem nenhum respaldo visionário que só quer destruir um sistema inovador como o MMN e que só quer levar melhores condições, para aqueles que buscam seu próprio bem estar?”

      Amado mestre, enquanto você não estudar e convencer-se do problema estrutural do mmn e ficar nesta lenga lenga bisonha de “o mmn é o negócio do século”, este blog não vai servir pras tuas ideias,
      sério. MMN existe há DÉCADAS, fez pouquíssimos milionários (perto dos que entram nestas empresas), não tem respaldo acadêmico, não é endossado por, no mínimo, um terço dos grandes empreendedores, não tem influência direta no pib….mas sempre tem um povinho para pensar e divulgar a “inovação”, a “maravilha” que é marketing multinível. Infelizmente para vocês, o mmn lesa a imensa maioria e NINGUEM (repito NINGUEM) combateu nossos números. Nunca.

      Da próxima, traga dados oficiais da dinastia e NUNCA MAIS entre num debate com MENTIRA DESLAVADA (blog fechado pela justiça dos EUA). Coisa feia, vergonhosa.

      Boa sorte (e agora chega!)

Trackbacks

  1. Trabalho em casa: O que é verdade e o que é golpe na Internet | Os Amorais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: