Skip to content

Proibida a propaganda de produtos Agel no Brasil

19/02/2008

Existem muitos sites brasileiros divulgando os produtos da Agel, como suspeitamos de que essa divulgação, embora de carater ilustrativo, vai contra as normas da Anvisa, resolvemos enviar uma denúncia à agência. O site denunciado foi agelnobrasil.net e o parecer da Anvisa à nossa denúncia foi o seguinte:

Parecer Final: Prezado(a) Senhor(a),Informamos não termos encontrado em nossos bancos de dados qualquer informação sobre o produto Agel, não sendo, portanto, comprovadas nesta Agência a segurança e a eficácia relacionadas à sua ingestão. Desta forma, estamos adotando ações para coibir a divulgação e a comercialização desse produto no país até que a sua situação esteja regularizada perante o órgão fiscalizador competente. Atenciosamente,GERÊNCIA DE MONITORAMENTO E FISCALIZAÇÃO DE PROPAGANDA, DE PUBLICIDADE, DE PROMOÇÃO E DE INFORMAÇÃO DE PRODUTOS SUJEITOS À VS GPROP/Anvisa

Em resumo, não interessa se a divulgação em sites é meramente ilustrativa, o produto não pode ser divulgado em sites brasileiros enquanto os produtos da Agel não receberem o aval da Anvisa. Isso serve para outras empresas que andam divulgando seus produtos na época de pré-cadastro. Não caia na conversa de distribuidores dessas empresas que falam que não há problemas em divulgar os produtos no site, dado que eles não estão sendo divulgados com fins de venda. Não interessa, o parecer final da Anvisa (acima) deixou claro que qualquer divulgação é vetada, dado que os produtos ainda não passaram pelo crivo da Anvisa. Isso vale para as demais empresas, como por exemplo essa outra que vende suco e que também está em fase de pré-cadastro divulgando seus produtos – o nome da empresa começa com Mona e termina com Vie.

Portanto, leitores, recomendamos que denunciem os demais sites da Agel e de outras empresas que estejam divulgando produtos em sites brasileiros, ou melhor, para o mercado brasileiro – já que o site pode estar hospedado na Rússia – que ainda não receberam o aval da Anvisa.

Para prestar uma denúncia junto à Anvisa CLIQUE AQUI.

Ou se preferir deixe o endereço do site e nós mesmo encaminharemos a denúncia.

Atualização: meses depois dessa denúncia a Anvisa fechou o site denunciado. Veja aqui o desfecho dessa denúncia.

.

Leia também Autoridades portuguesas confirmam que a Agel é um esquema em pirâmide.

Entrevista com o especialista em fraudes do MMN – Jon Taylor

Entrevista com a especialista em fraudes do MMN – Tracy Coenen

Sofismas e falácias dos distribuidores de MMN

Agel: outra nova Herbalife no mercado brasileiro?

Herbalife, Agel Amway: MMN legítimo ou MMN pirâmide?

Herbalife: lavagem cerebral na prática – parte 1

Herbalife: lavagem cerebral na prática – parte 2

Um olhar psicanalítico acerca de grupos de distribuidores das empresas de marketing de rede e de fiéis de várias instituições religiosas

Algumas relações entre supervisores e distribuidores da Herbalife

Monavie: Os números de um bom negócio?

Teste para avaliar se uma empresa de MMN é ou não é pirâmide

Scripts para recrutar trouxas – parte 1

Scripts para recrutar trouxas – parte 2

Scripts para recrutar trouxas – parte 3

Scripts para recrutar trouxas – parte 4

39 Comentários leave one →
  1. renata24 permalink*
    20/02/2008 9:37

    Esta Agel deve estar de brincadeira. E os defensores também. Só falta vir alguém informar que a ANVISA presta informação falsa, é composta de fracassados, e blá, blá, blá.

    Farei uma pesquisa e denunciarei, caso localize qualquer site com propaganda proibida. Claro, divulgarei a informação onde for possível.

  2. Milena permalink
    20/02/2008 10:23

    Hahah Vcs são péssimos mesmo rsrsrsrsrsrs

    Os agelóides pensam que são espertos…

  3. 21/02/2008 8:54

    A Agel Não Tem Nada a Ver com Estas situações. Quando entramos para a Agel temos um contrato com a Empresa e Estas situações são ilegais para eles, está la bem claro. Caso saiba de alguém que comercializa os produtos Agel em Países onde ainda não se encontra legalizada, o contracto que as pessoas tem com a Agel é cancelado sem direito a retorno algum. Não culpem a Empresa quando a culpa está nas pessoas que não respeitam as regras. A verdade é que não existe pre registos nem registos para o Brasil AINDA. Só que 99% das pessoas não denunciam esses casos directamente a empresa.

  4. Pedro Menard permalink
    21/02/2008 9:35

    Cara Sara Cepeda,

    A Sra. só pode estar a brincar.

    Acha, sinceramente, que a Agel não sabe que existem sites portugueses e brasileiros a fazerem o pré-registo de novos membros no Brasil?

    Se a sua reposta for SIM, então desafio-a a si a informar a Agel desta situação e a depois colocar aqui a resposta que eles lhe derem. Não pense que vou ser eu agora a dizer à Agel: “Olhem lá, estes tipos x, y, e z andam a divulgar o negócio e os produtos no Brasil e não têm autorização para o fazerem… Castiguem-nos, expulsem-nos em conformidade com o contrato!”

    Eu, por outro lado, acho que NÃO (é só um “acho”, pois não tenho a certeza). Acho que a Agel sabe perfeitamente da existência destes sites e nada faz contra os infractores. Desde que não seja ela a responsável directa pelos sites (desde que não possa ser visada pela lei brasileira), está tudo bem- os team members que façam o que bem lhes apeteça, esteja ou não no contrato. Para mais, a empresa tem todo o interesse em divulgar o negócio, mesmo de formas que vão contra o que está estipulado no contrato (quer outro exemplo: há uma cláusula bem explicita no contraro que proíbe os team members de divulgarem quanto é que ganham na Agel, e no entanto há uma enorme quantidade de membros que usam os alegados altos rendimentos para atraírem novos membros – acha que a Agel faz alguma coisa para proibir esta situação? O contrato é uma palhaçada completa – e qualquer dia vou expôr todas as cláusulas que acho ridículas).

    Para mais, será sempre discutível que o “pré-registo” seja considerada um forma de promoção do negócio. Enquanto haver um “PRÉ”, nada é definitivo.

    A lei brasileira, por seu lado, parece-me bastante clara e objectiva – NÃO PODE HAVER PROPAGANDA, PUBLICIDADE, PROMOÇÃO A PRODUTOS QUE NÃO TENHAM O AVAL DA ANVISA.

    Cumprimentos.

  5. 21/02/2008 22:17

    Que incrivel. Meus conterraneos serem assim tao mediocres a ponto de se preocupar antecipadamente com o grande impacto que a Agel vai fazer quando chegar ao Brasil.
    E assim se os portugueses ou brasileiros divulgando antes do Anvisa aprovar nao estamos vendendo nada e sim fazendo apenas inscricoes.
    Por um acaso estou na agel ha pouquissimo tempo, mas minha situacao financeira tem melhorado a cada dia que passa pois trata’se de uma grande Empresa onde todos , ate vcs, podem ganhar alguns milhoes entrando agora no comeco.
    Por isso nao percam tempo.
    Seje espertos como os nossos outros patricios , pois isso e uma empresa onde todos temos que nos ajudar uns aos outros e nao atrapalharmos.
    Por favor, peco ao dono desse site, deixe de incomodar aos que estao apenas tentando ficar milionarios e ajudar os outros a fazerem o mesmo.
    E olha, como dizem os antigos, quem desdenha quer comprar.!!

    Caro leitor, desculpe se fui ironica, mas e que fico indignada. Pesquisem e analisem direito essa grande oportunidade. E muita boa sorte pra todos nos!! Desculpem, moro em inglaterra meu pc nao tem acentos nem cedilha. rsrs
    Abracos,

  6. Pedro Menard permalink
    22/02/2008 8:58

    Caro(a) Pérola,

    “Por um acaso estou na agel ha pouquissimo tempo, mas minha situacao financeira tem melhorado a cada dia que passa pois trata’se de uma grande Empresa onde todos , ate vcs, podem ganhar alguns milhoes entrando agora no comeco.”

    >>>> Aqui apanhamos logo uma das grandes mentiras da comunicação de alguns Agéis – “onde todos podem ganhar alguns milhoes”.

    Na prática, 90% dos inscritos NUNCA farão qualquer lucro.

    É verdade que a hipótese de ganhar dinheiro é muito maior para quem entra “no início”, mas com o passar do tempo as hipóteses descem quase até um “nível letal” de insucesso – daí que nas MLM’s que já existem há muitos anos a taxa de desistência esteja perto dos 90% por cada ano que passsa – quase ninguém consegue ganhar dinheiro.

    ————-

    “Por isso nao percam tempo.
    Seje espertos como os nossos outros patricios , pois isso e uma empresa onde todos temos que nos ajudar uns aos outros e nao atrapalharmos.
    Por favor, peco ao dono desse site, deixe de incomodar aos que estao apenas tentando ficar milionarios e ajudar os outros a fazerem o mesmo.”

    >>> Sim, certo, parem de atrapalhar o negócio dos outros, mesmo que esse negócio esteja fundado sobre bases ilícitas, mentirosas, e eticamente reprováveis. O que interessa mesmo é ficarmos todos milionários à custa de um negócio que de trabalho tem muito pouco.

    ————

    “E olha, como dizem os antigos, quem desdenha quer comprar.!!”

    > Estou cheio de vontade de entrar para a Agel. É exactamente por isso que me esforço por denunciar todo este esquema fraudulento. Com essa afirmação, o Sr(a). prova que é uma pessoa prespicaz.

    ——————-

    “Caro leitor, desculpe se fui ironica, mas e que fico indignada. Pesquisem e analisem direito essa grande oportunidade. E muita boa sorte pra todos nos!! ”

    >>> Peço desculpa, mas pesquisar e analisar “esta grande oportunidade” tem sido a minha vida nestes últimos 4 meses, logo depois que alguém me tentou aliciar para entrar na rede.
    Tudo aquilo que entretanto descobri e aprendi não é nada abonatório em relação à Agel. Indignação – é isso mesmo que eu sinto.

    Cumprimentos.

  7. gap permalink
    22/02/2008 9:43

    E assim se os portugueses ou brasileiros divulgando antes do Anvisa aprovar nao estamos vendendo nada e sim fazendo apenas inscricoes.

    Não interessa se são inscrições, a Anvisa proibe qualquer tipo de divulgação de produtos antes deles terem sido aprovados. Se não conseguem cumprir uma exigência simples dessa, imagina só do que esses caras são capazes pra ganhar uns trocados.

  8. Pedro Menard permalink
    22/02/2008 13:32

    Em exemplo:

    No site http://www.agelvisao.com/?id=cardoso , um dos muitos que aparecem no google em reposta à pesquisa “Agel Brasil” (este tem a particularidade de mostrar uma morada em Belo Horizonte), encontramos não só uma imagem que mostra o FIT, como logo de seguida o seguinte texto:

    “Os produtos da Agel estão em processo de registro nos órgãos competentes do Brasil. Feito isso, iremos colocar a descrição de cada produto comercializado pela empresa.”

    ——————-

    Portanto, duas ou três coisas parecem-me claras: 1) há sites que efectivamente estão a DIVULGAR o produto, ainda que inserido numa lógica de pré-registo num negócio ou actividade – e logo estão em incumprimento com a lei – com o sem Hoodia à mistura (coisa que ainda é uma incógnita, na verdade); 2) há site que andam a mentir descaradamente ao público, uma vez que a Avisa ainda não tem em curso nenhum processo de registo/aval dos ditos produtos; 3) pelo aspecto do site, este é mais um clone dos muitos sites portugueses de membroas da Agel, e não foi feito em desconhecimento de causa – parece-me que teve orientação muito específica a suportar a sua estrutura.

    Cumprimentos.

  9. m Joao permalink
    26/02/2008 17:49

    Caro Pedro Menard
    Mais uma vez, o sr respendeu a Sara Cepeda erradamente.

    Sara escreveu
    A Agel Não Tem Nada a Ver com Estas situações. Só que 99% das pessoas não denunciam esses casos directamente a empresa.

    Pedro respondeu
    Acha, sinceramente, que a Agel não sabe que existem sites portugueses e brasileiros a fazerem o pré-registo de novos membros no Brasil?
    Se a sua reposta for SIM, então desafio-a a si a informar a Agel desta situação e a depois colocar aqui a resposta que eles lhe derem

    Eu Maria João digo
    o Sr não sabe mesmo o que diz, Qualquer dia vou arranjar uma maneira bem visivel…… mas mesmo muito bem visivel para si e para todos os seus orbitódes e vou publicar um e-mail bem agressivo enviado pela Agel e exigindo a retirada do ar de sites que não foram aprovados (infelizmente até foi dirigido a um grupo que parece trabalhar con toda a honestidade). Infelizmente é mesmo necessário informar a Agel sobre muitos outros ilegais que por aí abundam, mas esse comportamente é das pessoas não é da Agel.
    Preciso de publicar o dito e-mail? Se me arranjar uma primeira página garanto-lhe que o faço. Quando o dito site, depois de aprovado estiver no ar postarei aquí o nome: Isto são factos e provas concretas não paginas de folhetim para totó ler.

  10. gap permalink
    26/02/2008 20:01

    vou publicar um e-mail bem agressivo enviado pela Agel e exigindo a retirada do ar de sites que não foram aprovados

    Tá, e dai? A Agel cancelou o contrato desses sujeitos? Expulsou esse pessoal da empresa? Tirou os sites do ar? De que adianta um email agressivo se a empresa não expulsou os individuos?

    Preciso de publicar o dito e-mail? Se me arranjar uma primeira página garanto-lhe que o faço.

    Se a Agel expulsar esses sujeitos da empresa eu te dou a primeira página, e ainda te passo mais um monte de links de membros brasileiros que estão descumprindo as normas, tanto da Agel qto da Anvisa. Agora, só mandar email agressivo não adianta, queremos ver ações efetivas. Pois se a empresa está sabendo disso tudo e não expulsou o pessoal, eu não vejo valor em um simples email agressivo. Aliás, serem agressivos no email e ainda manterem esses membros dentro da empresa é o cumulo da hipocrisia.

  11. m Joao permalink
    26/02/2008 21:20

    Caro Gap
    Se afirmei que o e-mail era agressivo é por que o era mesmo. Por agora só lhe posso dizer que o que a Agel ameaçou fazer, foi terminar com o contrato dessas pessoas se não retirassem o site do em 24horas. Como já referi este site e os seus sub-dominios não tinham nada de ilegal, não tinham os famosos e idiotas pré-registos no Brasil. Alias como prometi quando voltarem ao ar, posso indicar o nome para que se possa comprovar o dito. A Agel diz que todos sites tem de ter a aprovação oficial e só depois podem ser vistos. Entrei para a Agel depois de ter sido espicaçada pelas criticas mentirosas que se tem pulicado aqui.
    Hoje posso dizer que muito do que aqui se diz é mentira. Sou portuguesa, sou técnica de saúde, faço agel nunca me senti pressionada ou enganada. Os produtos são óptimos e não é um esquema de piramide como dizem. Como em todos negócios pode correr bem ou mal, desenvolvimento mais rápido ou lento, tudo depende do trabalho desenvolvido por cada membro. Desiluda-se quem vem para a Agel e pensa que o dinheiro cai do céu. Continuo confiando na Agel porque até hoje tenho comprovado que muitas das coisas que dizem são FALSAS

  12. gap permalink
    26/02/2008 21:46

    que ótimo que a Agel está fazendo isso. Qual o procedimento para denunciar esses sites à empresa? Qual o email? Eu mesmo denunciarei um monte de brasileiros que estão promovendo o pré-registro.

  13. 27/02/2008 7:51

    Cara M joão,

    A Sra. foi bastante contida e educada nestas mensagens que publicou, e merece, no mínimo, ser tratada com a mesma cortesia.

    —————

    “Caro Pedro Menard
    Mais uma vez, o sr respendeu a Sara Cepeda erradamente.

    Sara escreveu
    A Agel Não Tem Nada a Ver com Estas situações. Só que 99% das pessoas não denunciam esses casos directamente a empresa.

    Pedro respondeu
    Acha, sinceramente, que a Agel não sabe que existem sites portugueses e brasileiros a fazerem o pré-registo de novos membros no Brasil?
    Se a sua reposta for SIM, então desafio-a a si a informar a Agel desta situação e a depois colocar aqui a resposta que eles lhe derem.

    Eu Maria João digo
    o Sr não sabe mesmo o que diz, Qualquer dia vou arranjar uma maneira bem visivel…… mas mesmo muito bem visivel para si e para todos os seus orbitódes e vou publicar um e-mail bem agressivo enviado pela Agel e exigindo a retirada do ar de sites que não foram aprovados (infelizmente até foi dirigido a um grupo que parece trabalhar con toda a honestidade).

    > Com o devido respeito, reservo-me ao direito de manter, na totalidade, a minha opinião.

    A pergunta que lhe coloco é a seguinte: Por que razões concretas é que a Agel proibiu ou retirou de circulação os sites? Foi por causa deste “pré registo no Brasil” de que estamos aqui a falar, ou foi por causa de outro assunto que a Sra. não quis especificar? Terá sido, simplesmente, por terem colocado os sites online sem prévia autorizaçao da Agel (comforme enunciado no contrato)?

    Por outro lado, e como já foi aqui referido e sublinhado: temos uma situação muito cocreta de ilegalidade nos sites brasileiros da Agel que mencionam os produtos, uma vez que ainda não foram aprovados pela Anvisa no Brasil. Isto, creio, colocará a maioria dos sites brasileiros da Agel em incumprimento legal.
    O que é que terá a Agel a dizer sobre isto, pergunto-me…

    ——————-

    “Infelizmente é mesmo necessário informar a Agel sobre muitos outros ilegais que por aí abundam, mas esse comportamente é das pessoas não é da Agel.”

    >>>> Andam ilegais porquê ao certo? Quer especificar? Diga-me quais são esses sites, por favor, que, à semelhança do Gap, eu proponho-me a denunciá-los à Agel pela minha própria iniciativa.

    —————————

    “Preciso de publicar o dito e-mail? Se me arranjar uma primeira página garanto-lhe que o faço. Quando o dito site, depois de aprovado estiver no ar postarei aquí o nome: Isto são factos e provas concretas não paginas de folhetim para totó ler.”

    >>> Sim. Precisa de publicar o dito e-mail. Aliás, não sei sequer porque é que ainda não o fez. É que sem a informação contida nele, infelizmente, não há os tais factos e provas concretas de que a Sra. fala. Estamos aqui a discutir uma mensagem que só a Sra. viu – não sabemos nada sobre ela.
    Se se justificar, creio que os meus colegas do Indústria não terão problemas nenhuns em lhe dar a “primeira página”.

    ——————————–

    “Caro Gap
    Se afirmei que e-mail era agressivo é por que o era mesmo. Por agora só lhe posso dizer que o que a Agel ameaçou fazer, foi terminar com o contrato dessas pessoas se não retirassem o site do em 24horas. Como já referi este site e os seus sub-dominios não tinham nada de ilegal, não tinham os famosos e idiotas pré-registos no Brasil. Alias como prometi quando voltarem ao ar, posso indicar o nome para que se possa comprovar o dito. A Agel diz que todos sites tem de ter a aprovação oficial e só depois podem ser vistos. ”

    >>>> Isto parece confirmar as minhas suspeitas: que o site só foi retirado do ar porque foi publicado sem autorização, nada mais.
    Aguardamos então que o processo termine e que o e-mail seja aqui publicado.

    ————————–

    “Entrei para a Agel depois de ter sido espicaçada pelas criticas mentirosas que se tem pulicado aqui.”

    >>> Pode dizer quais? É que continuamos no reino vago do apontar o dedo a coisa nenhuma e a tudo em concreto.

    Quais são as críticas mentirosas que se têm publicado aqui? A Sra. parece, pelo seu discurso, uma pessoa equilibrada e pouco dada a fanatismos, mas perde toda a razão quando faz acusações destas.

    —————————-

    “Hoje posso dizer que muito do que aqui se diz é mentira.”

    >>>> Sim? Que “muito” é esse ao certo?

    ———————-

    ” Sou portuguesa, sou técnica de saúde, faço agel nunca me senti pressionada ou enganada.”

    >>> Muito bem. Creio que a maioria das pessoas que entraram para a Agel (arrisco uns 95%) nunca se sentiram pressionados ou enganados. Nessa parte eu concordo consigo. Por outro lado, creio também que 95% das pessoas que não entraram para a Agel depois de terem sido aliciadas, sentiram-se de facto pressionadas e engadanas – e eu pertenço a essa estatítitica – só a quantidade de mentidas que ouvi acerca dos conceitos e do negócio…

    ———————

    Os produtos são óptimos e não é um esquema de piramide como dizem. ”

    >> A Sra. é técnica de saúde, e portanto pode responder directamente às minhas perguntas – pode ou não o produto “Centrum” subsituir, sem prejuizo algum para quem o toma, o produto multivitamínico/minerais da Agel? (isto é só um exemplo, há muitos mais). Como deve saber, o Centrum custa entre 12€ e 15€, conforme o modelo, e para a embalagem de 30 cápsulas – ou seja, é 5X mais barato que o da Agel.

    Já agora, pode pedir para investigar se o tal de Hoodia G. faz parte da composição do FIT ou não – estamos todos muito curiosos por saber.

    Não é um esquema em pirâmide?
    O que é, para si, um “esquema em pirâmide”, podemos saber? Em que é que se baseia para fazer essa afirmação?

    Quanto a mim, e à minha opinião, pode consultar o meu blog. Está lá bem explicado porque é que considero a Agel um esquema em pirâmide.

    ————————————

    “Como em todos negócios pode correr bem ou mal, desenvolvimento mais rápido ou lento, tudo depende do trabalho desenvolvido por cada membro. ”

    >>> Certo. O grande problema do MLM/pirâmides é que a dada altura (e essa altura ainda não foi atingida pela Agel) a taxa de insucesso salta para os 95% ou mais – quando estivermos com o mercado saturada, nem com trabalho árduo as pessoas vão lá. Nessa altura mais niguém quererá entrar para o negócio e as desistênciam em massa começarão – é o que se está a verificar em outros MLM (Amway, Herbalife) um pouco por todo o mundo, e os números publicados provam-no.

    —————————————–

    “Desiluda-se quem vem para a Agel e pensa que o dinheiro cai do céu. ”

    >>> Mas a ideia é mesmo essa: conseguir convencer o maior número de pessoas a inscreverem-se que depois o dinheiro cai do céu (o mecanismo de maior de identificação de uma pirâmide, já agora). É certo que o recrutamente exige algum trabalho e alguma persistência (tal como em qualquer esquema em pirâmide), mas a dada altura é só encostarmo-nos à sombra da bananeira e esperar que os lucros caiam na conta bamcária – são as mensalidades derivadas das compras que os outros fazem e que nos pagam as compras que nós próprios fazemos.

    ———————-

    “Continuo confiando na Agel porque até hoje tenho comprovado que muitas das coisas que dizem são FALSAS”

    >>>> Mais uma vez, concretize a sua acusação por favor. Com frases destas não vamos a lado nenhum. Nem a Sra. diz o que é que é mentira, nem nós conseguimos refutar aquilo que não sabemos.

    Cumprimentos.

  14. J. R. Vieira e Silva permalink
    27/02/2008 22:31

    A propósito, o cineasta espanhol Luiz Buñuel costumava dizer:

    “Daria minha vida por um homem que esteja em busca da verdade, mas desprezaria com toda minha indiferença um homem que acredite haver encontrado a verdade”.

    Caros amigos:

    Aprecio, sinceramente, a grande preocupação de todos em relação ao “assunto” Agel e a tantas outras pré-conclusões a respeito do que é certo ou errado em relação à industria do marketing multinível.

    Sinceramente, cuidado com o investimento EM TEMPO PRECIOSO E IRREVOGÁVEL, que uma GRANDE MAIORIA INTELIGENTE vem investindo no CONTRA, em relação à uma INDÚSTRIA SÉRIA, ÉTICA, VIÁVEL e que tem distribuído oportunidades. Sim, até concordo que MUITOS nesta mesma indústria, se utilizam de informações ansiosas, em proveito próprio. Mas… dai à rotular TODO UM NEGÓCIO de “esquema fraudulento”? Isso, na minha visão pessoal, é NEGAR O ÓBVIO: nem tudo é perfeito! Já viram as franquias? Quais delas garantem, de fato, o resultado líquido e certo dos franqueados? A indústria do franchising reúne a maior quantidade de processos jurídicos comerciais, no Brasil… e no mundo!

    Criticar, quando não se tem sucesso através de um negócio cujo resultado é fruto do próprio esforço… É DESCULPA!

    Mas ratifico: EXISTEM SIM PESSOAS INESCRUPULOSAS NESSE MERCADO, COMO EM TANTOS OUTROS!

    Seja Agel, Amway, Herbalife, Noni e tantas outras… são empresas que utilizam o mercado de rede para distribuir seus produtos, como poderiam distribuí-los nos supermercados da esquina. No entanto, utilizam-se da venda direta em multinível, por razões de mercado, de estratégia de expansão e tantas outras. E só! Ou querem também rotular a Natura e Avon de “esquemas”? Isso será uma GRANDE CEGUEIRA! e VOCÊS SABEM QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ESSES MODELOS DE COMERCIALIZAÇÃO? A possibilidade de as pessoas, além de lucrarem com a sua venda pessoal, GANHAREM UMA PARTE DA VENDA PESSOAL DAS PESSOAS QUE INDICAM! POR FAVOR, ME DIGAM: ONDE ESTÁ O “ESQUEMA”?

    Somos todos responsáveis pelas nossas escolhas. E existe sim uma Indústria de Venda Direta e Marketing Multinível séria. E existem sim empresas desonestas em todo e qualquer segmento comercial e industrial. E existem sim pessoas desonestas em todos os lugares!

    Mas dai a rotular TODOS OS EMPREENDEDORES E LÍDERES QUE TRABALHAM NA INDÚSTRIA DO MLM PARA SOBREVIVEREM… E, ALGUNS, REALIZAREM SEUS SONHOS… ISSO É CALÚNIA E DIFAMAÇÃO.

    Escrevam aqui os NOMES de quem é anti-ético, anti-profissional, “montador” de esquemas, iludidor de pessoas do bem. ESCREVAM ESSES NOMES! DENUNCIEM! Mas, POR FAVOR, COLOCAR ISSO TUDO NO PLURAL? Eu, pessoalmente, que acabei de entrar nesse negócio, que tenho como profissão o Direito, que tenho um pai Promotor de Justiça… que tenho um avô Jurista… EU QUE ACABEI DE ME TORNAR UM DISTRIBUIDOR POR LIVRE ESCOLHA E DECISÃO… ME SINTO OFENDIDO. MUITO OFENDIDO! Até porque, quem me convidou para esse negócio me apresentou todas as possibilidades de fracasso e de sucesso. E eu não acreditei nele. ACREDITEI NOS FATOS E NA OBVIEDADE!

    EU SOU AGEL, como poderia ser Herbalife, Amway.. e tantas outras. E vou construir o meu negócio com seriedade, ética e respeito.

    Agradeço a oportunidade do Moderador deste Blog. Sucesso à todos!

    J. R. Vieira e Silva
    e João Pedro Vieira e Silva

  15. 28/02/2008 9:00

    Caros Srs. Vieras e Silva,

    “A propósito, o cineasta espanhol Luiz Buñuel costumava dizer:

    “Daria minha vida por um homem que esteja em busca da verdade, mas desprezaria com toda minha indiferença um homem que acredite haver encontrado a verdade”.”

    >>> Creio que foi Henry David Thoreau que disse uma vez: “Em vez de Amor, em vez de Dinheiro, em vez de Fama, quero antes a Verdade”.

    Embora em crença que a vossa citação pretenda funcionar como um insurgimento contra o que aquilo que este blog anda a fazer, ela vai, ironicamente, de encontro à realidade – é um tiro no pé, para todos os efeitos: ninguém aqui professa ter encontrado a “Verdade”, porquanto o próprio conceito de “Verdade”, como qualquer pessoas racional entende, reveste-se de várias máscaras – haverá sempre várias “Verdades”, em qualquer ocasião, sendo que também haverá diversas perspectivas e diversos níveis de análise .

    Pelo contrário: neste blog, PROCURA-SE a “Verdade” enquanto conceito generalista, e revelam-se muitas “verdades” como realidades específicas (e estou-me a lembrar, por exemplo, da temática/problemárica que empresta o seu título a esta mesma mensagem: É PROIBIDO PUBLICITAR PRODUTOS AGEL EM SITES BRASILEIROS).

    ————————————

    “Aprecio, sinceramente, a grande preocupação de todos em relação ao “assunto” Agel e a tantas outras pré-conclusões a respeito do que é certo ou errado em relação à industria do marketing multinível.”

    >>>Pois ainda bem que aprecia. E pelos vistos não é só o Sr., conforme pode verificar pelo número de acessos que este blog conseguiu em apenas cinco meses de actividade.

    —————————-

    “Sinceramente, cuidado com o investimento EM TEMPO PRECIOSO E IRREVOGÁVEL, que uma GRANDE MAIORIA INTELIGENTE vem investindo no CONTRA, em relação à uma INDÚSTRIA SÉRIA, ÉTICA, VIÁVEL e que tem distribuído oportunidades.”

    >>>> Para quem se insurgia tanto contra a professa crença na “Verdade” que alguns pretendiam ter encontrado, eis aqui uma clara tentativa ACREDITAR uma indústria que na prática pouco de sério, ético e viável tem para oferecer.
    De facto, é o Sr. quem quer espalhar essa idea como se de uma verdade inatacável se tratasse.

    Será justo afirmar que o Sr., aqui, entra em contradição com aquilo que afirma anteriormente.

    ———————–

    “Sim, até concordo que MUITOS nesta mesma indústria, se utilizam de informações ansiosas, em proveito próprio.”

    >>> Como por exemplo? É uma afirmação totalmente vaga. Mas deixe-me completar aquilo que o Sr. não diz:

    — MUITOS nesta mesma indústria, se utilizam de informações ansiosas, em proveito próprio, DE ACORDO E EM CONFORMIDADE COM AS POSSIBILIDADES OFERECIDAS E ATÉ MESMO SUGERIDAS PELAS EMPRESAS QUE OS ACOLHEM.

    ——————

    Mas… dai à rotular TODO UM NEGÓCIO de “esquema fraudulento”? Isso, na minha visão pessoal, é NEGAR O ÓBVIO: nem tudo é perfeito!”

    >>> Enquanto opinião pessoal, o Sr. está no seu direito. Em minha opinião, não entendo a relação entre o “NEGAR O ÓBVIO DE QUE TUDO É PERFEITO” e o “rotular TODO UM NEGÓCIO de esquema fraudulento”.
    Concordo que nem tudo seja perfeito, mas em minha opinião, o MLM é, na maioria dos casos UMA FRAUDE, na medida em que serve de , máscara a um esquema de vendas em pirâmide.

    ——————————-

    “Já viram as franquias? Quais delas garantem, de fato, o resultado líquido e certo dos franqueados? A indústria do franchising reúne a maior quantidade de processos jurídicos comerciais, no Brasil… e no mundo!”

    >>> Sim. E ????
    Pretenderá o Sr. inferir que então deveríamos apontar os canhões para a indústria do Franchising, e deixar a “SÉRIA, ÉTICA, VIÁVEL” indústria do MLM em paz?
    Será porque a indústria do Franchising tem mais processo jurídicos que a do MLM não é também quetionável (no mínimo)?

    ———————-

    Criticar, quando não se tem sucesso através de um negócio cujo resultado é fruto do próprio esforço… É DESCULPA!”

    >>> Até concordo consigo neste ponto. O problema, no entanto, é outro: e quando as culpas do insucesso não recaem sobre o indivíduo? E quando o indivíduo se esforça para “seguir o sistema” e mesmo assim os resultados não aparecem? E quando temos 90% de indivíduos a “seguir o sistema” e os resultados não aparecem? Será a culpa dos indivíduos, ou será do próprio sistema?

    ——————

    “Mas ratifico: EXISTEM SIM PESSOAS INESCRUPULOSAS NESSE MERCADO, COMO EM TANTOS OUTROS!”

    >>> Pessoas essas que vingam no negócio seguindo as próprias regras do negócio. Curioso, não é?
    Como é que uma indústria que se afirma “SÉRIA e ÉTICA”, permite que estes abusos sejam cometidos – AINDA POR CIMA ATRAVÉS DAS SUAS PRÓRPIAS REGRAS DE ACTIVIDADE!!!!

    ————————–

    “Seja Agel, Amway, Herbalife, Noni e tantas outras… são empresas que utilizam o mercado de rede para distribuir seus produtos, como poderiam distribuí-los nos supermercados da esquina.”
    No entanto, utilizam-se da venda direta em multinível, por razões de mercado, de estratégia de expansão e tantas outras. E só!”

    >>> Concordo… até à parte em que o Sr. diz “E só!”. É que esse “E só” engloba lucros milionários para as empresas que utilizam este meio e prejuizos avultados para a maior parte dos incautos que se metem no negócio.”
    Mais: aqui o Sr. não fala de um outro assunto ÓBVIO: a maior parte das pessoas que se inscrevem nestas redes, não é por causa dos benefícios inerentes ao produto – é porque se trata de uma oportunidade de negócio – trata-se de ganhar dinheiro (e nem sequer tente desmentir esta VERDADE, POR FAVOR) – logo: se estas empresa comercializassem os seus produtos no supermercado aos mesmos preços que o fazem para dentro das suas redes, provavalmente estariam na falência numa abrir e fechar de olhos.

    ————————

    “Ou querem também rotular a Natura e Avon de “esquemas”? ”
    Isso será uma GRANDE CEGUEIRA! e VOCÊS SABEM QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ESSES MODELOS DE COMERCIALIZAÇÃO? A possibilidade de as pessoas, além de lucrarem com a sua venda pessoal, GANHAREM UMA PARTE DA VENDA PESSOAL DAS PESSOAS QUE INDICAM! POR FAVOR, ME DIGAM: ONDE ESTÁ O “ESQUEMA”?”

    >>>> É muito simples: o esquema está em que ninguém vende nada para fora da rede (AO CONTRÁRIO DAQUILO QUE O SR. PRETENDE DIZER NESTE SEU PARÁGRAFO, AO FALAR EM “VENDAS PESSOAIS” E “VENDA PESSOAL DAS PESSOAS QUE INDICAM”)

    Quer números? Que tal o da Quixtar no processo da Califórnia: VENDAS PARA FORA DA REDE: 3,4% do total de vendas da empresa.

    A verdade (e sublinho o conceito de VERDADE), é que ninguem ganha nada com as “vendas do pessoal que indica”. A ideia é completamente diferente: ganha-se conforme as COMPRAS do pessoal que indica, e o Sr. como membro da Agel, sabe isso melhor que ninguém!

    A Agel está-se a borrifar para se alguém vende ou não produtos a terceiros (nem seque há um sistema de registo destas mesmas “hipotéticas vendas”). O que interessa mesmo é que haja COMPRAS dentro da rede – é por aí que são calculadas as comissões.

    Nos documentos oficiais da FTC, o Sr. pode encontrar informações que especificam – MUITO CLARAMENTE – que um baixo nível de vendas de produtos para fora da rede é um indicativo PRIMÁRIO de um esquema em pirâmide.

    Veja, por exemplo, o seguinte trecho: “A lack of retail sales is also a red flag that a pyramid exists. Many pyramid schemes will claim that their product is selling like hot cakes. However, on closer examination, the sales occur only between people inside the pyramid structure or to new recruits joining the structure, not to consumers out in the general public.”

    fonte: http://www.ftc.gov/speeches/other/dvimf16.shtm

    Agora pergunto eu: quem é que está aqui a mentir??? QUEM??? (a pergunta é de muito simples resposta, tendo em contas as suas afirmações).

    ————————–

    “Somos todos responsáveis pelas nossas escolhas. E existe sim uma Indústria de Venda Direta e Marketing Multinível séria. ”

    >>> Calculo que possa haver… ainda não consegui é ver qual é.

    ————

    “E existem sim empresas desonestas em todo e qualquer segmento comercial e industrial. E existem sim pessoas desonestas em todos os lugares!”

    >>> Também calculo que sim.

    ——————

    “Mas dai a rotular TODOS OS EMPREENDEDORES E LÍDERES QUE TRABALHAM NA INDÚSTRIA DO MLM PARA SOBREVIVEREM… E, ALGUNS, REALIZAREM SEUS SONHOS… ISSO É CALÚNIA E DIFAMAÇÃO.”

    >>> Meu caro, aqui o Sr. excedeu-se nas suas afirmações. Ninguém anda a fazer isso. O dedo está especificamente apontado às empresas e não aos “distribuidores” nas suas redes.

    —————-

    Escrevam aqui os NOMES de quem é anti-ético, anti-profissional, “montador” de esquemas, iludidor de pessoas do bem. ESCREVAM ESSES NOMES! DENUNCIEM! Mas, POR FAVOR, COLOCAR ISSO TUDO NO PLURAL? ”

    >>> Ver resposta anterior.

    ————-

    Eu, pessoalmente, que acabei de entrar nesse negócio, que tenho como profissão o Direito, que tenho um pai Promotor de Justiça… que tenho um avô Jurista… EU QUE ACABEI DE ME TORNAR UM DISTRIBUIDOR POR LIVRE ESCOLHA E DECISÃO… ME SINTO OFENDIDO. MUITO OFENDIDO! Até porque, quem me convidou para esse negócio me apresentou todas as possibilidades de fracasso e de sucesso. E eu não acreditei nele. ACREDITEI NOS FATOS E NA OBVIEDADE!”

    >>> Sente-se ofendido? Problema seu. Antes de entrar para o negócio que entrou devia ter estudado melhor a outra face da moeda.
    Eu, por meu lado, também ia lançado para me inscrever na Agel – e ainda lhe digo mais, depositava (e deposito) toda a minha confinaça na pessoa que me pretendia recrutar – mas depois pensei que era melhor investigar o assunto antes de decidir, e o que descobri foi suficiente para alterar a minha decisão.

    —————-

    “EU SOU AGEL, como poderia ser Herbalife, Amway.. e tantas outras. E vou construir o meu negócio com seriedade, ética e respeito.”

    >>> Eu acredito em si – deixe-me que lhe diga com seriedade – mas o problema, como tenho vindo a afirmar, não está nas pessoas, está nas empresas.

    Cumprimentos.

  16. gap permalink
    28/02/2008 12:16

    em relação à uma INDÚSTRIA SÉRIA, ÉTICA, VIÁVEL e que tem distribuído oportunidades.

    Será? Leia a entrevista com o Barry Minkow, e o post que fala sobre o processo que o governo britânico abriu contra a Amway. Temos especialistas em fraudes apontanto a Herbalife como um prático Ponzi, e o governo de um país tradicional querendo expulsar a Amway de suas terras. Se as duas maiores empresas do ramo estão nessa situação decadente, imagina só o que será do resto dessa indústria.

    Já viram as franquias? Quais delas garantem, de fato, o resultado líquido e certo dos franqueados? A indústria do franchising reúne a maior quantidade de processos jurídicos comerciais, no Brasil… e no mundo!

    Já escrevi um post sobre isso, e fique sabendo que o mercado de franquias é um dos possuem menos fracassos no Brasil, se não me engano 15%, enquanto nos EUA essa taxa de fracasso é de 20% se não me engano, talvez me enganei nas porcentagens, mas em 2007 o Brasil tinha uma taxa de fracassos em franquias menor que a dos EUA, e bem inferior à taxa de fracasso do mercado tradicional. Falar de taxa de fracasso de MMN é até covardia, a maioria dessas empresas chegam a 90% de fracasso. Leia o post sobre franquias e MMN nesse blog.

    Criticar, quando não se tem sucesso através de um negócio cujo resultado é fruto do próprio esforço… É DESCULPA!

    Quer dizer que só depende do esforço? Saturação de mercado, alto preço, marcas não anunciadas nos meios tradicionais de comunicação em massa, o que leva a total desconhecimento do público geral dos produtos vendidos por empresas de MMN, não influenciam em nada? Ok, então venha pro Brasil vender Herbalife em alguma das grandes capitais, e se vc obtiver sucesso nós fechamos esse blog na hora, e até entraremos em algum MMN.

  17. renata24 permalink*
    28/02/2008 15:31

    Eu também sou profissional do direito e tenho familiares na mesma condição.

    Fico consternada por saber que um colega de profissão considera óbvia a legitimidade do negócio AGEL, a despeito de tudo o que foi postado neste blog.

  18. Zulmirinha permalink
    29/02/2008 19:39

    E se fossem cada um à sua vidinha, boa ou má é opção de cada um, e deixassem quem quer progredir fazê-lo?? Quer-me parecer que existe muita inveja, amores isso faz mal à saúde! Faz gases… Todas as opiniões que li e que dizem mal da Agel são puro fanatismo e fantasia. Amiguinhos e que tal fantasiar com outras coisas que não envolvam as crenças e o profissionalismo dos outros? Quanto às pessoas que acreditam, tal como eu, na Agel deixem-me oferecer um conselho: não levem a sério este tipo de comentários, é estar a fumentar a má intenção. Levem a sério a vossa conta bancária. Continuação de bom trabalho.

  19. Renata permalink*
    01/03/2008 11:00

    “Todas as opiniões que li e que dizem mal da Agel são puro fanatismo e fantasia. ”

    A proibição da ANVISA acerca da comercialização dos produtos da Agel não é “fantasia” ou “fanatismo”. É fato.

    O teu comentário, este sim, foi fanático no sentido de pretender desconsiderar relevante informação ao consumidor brasileiro.

    “Quanto às pessoas que acreditam, tal como eu, na Agel deixem-me oferecer um conselho: não levem a sério este tipo de comentários, é estar a fumentar a má intenção. Levem a sério a vossa conta bancária.”

    Quando menciona a “conta bancária”, chegamos num consenso. É efetivamente a possibilidade de ganho fácil que impulsiona o negócio Agel e fomenta a entrada de novos membros.
    Pena que este ganho seja inviável para mais de 90% dos que ingressam nesta empresa.

    Um conselho: leiam tudo o que puderem sobre a Agel antes de pagar a taxa de inscrição. Preocupem-se com a conta bancária, mas não deixem que esta seja a principal preocupação. Mesmo porquê, a preocupação com os ganhos será intensificada após ingresso na Agel. É muito difícil o sucesso financeiro em qualquer esquema de pirâmide.

  20. 01/03/2008 23:52

    Bem,Sr Dr Pedro Menard…
    Pelos vistos deve haver algum “curso” de Universidade novo. Pois vejo que o Sr e formado em “Distruidor da Agel”.
    Por mais que eu leia os vossos ridiculos comentarios, nao consigo perceber o porque de tanta indignacao e calunias. Nao vou aqui colocar os meus ganhos em apenas 1 mes na Agel, pois foram com esforcos meus e de minha equipe, coloquei meus melhores amigos e familias e eles tem feito o mesmo.. E tao simples. Nao tem prejuizo, nao tem falcatruas, apenas uso os produtos “que gosto muito ” e falo pras pessoas mais proximas usarem..
    Nao precisa de tanta expeculacao num negocio tao simples que e Marketing multinivel. Ou voce entra ou nao !

    Mas , vc ao contrario disso , passa a vida a elaborar textos semfundamentos.

    Nao perca seu tempo mais. Suas alegadas

    Sou uma Senhora. Jamais um senhor usaria esse pseudonimo “Perola”. Portanto excusas de ter mais essa debilidade. Faca um esforco minimo que seja e tente ser mais coerente.
    Deves ter serios problemas em sua vida profissional, inclusive pessoal ,para ser tao agressivo e mentiroso em suas conclusoes.

    Mais uma vez peco desculpas aos leitores, mas quem um dia tiver oportunidade de ser um Agel, visto que nao e pra todos, . So mesmo pra os que pensam grande e sao vencedores. Os que conseguem trabalhar em equipa e se ajudar mutuamente.
    Os que querem mais do recebem , e lutam por isso .
    “Apesar que vc nunca pode voltar atras e mudar o comeco,… Todos podemos comecar agora e fazer um novo fim “.

    Cumprimentos a todos,..

  21. 03/03/2008 13:50

    Cara Pérola,

    “Por mais que eu leia os vossos ridiculos comentarios, nao consigo perceber o porque de tanta indignacao e calunias.”

    >>> Porque são os nossos comentários ridículos? Podemos saber? A Sra. é mais uma de muitas a fazer observações sem qualquer fundamento ou explicação. Limita-se a dizer que são “ridículos” e pronto, problema arrumado. O que eu gosto mais nestes comentários é mesmo isso: a total falta de especificidade.

    ——————-

    “”Nao vou aqui colocar os meus ganhos em apenas 1 mes na Agel, pois foram com esforcos meus e de minha equipe, coloquei meus melhores amigos e familias e eles tem feito o mesmo.. ”

    >>> Se não vai aqui colocar essa informação, para que é que falou no assunto? É para todos ficarmos a pensar que ganhou uma fortuna??? (Yeah, Right!)

    ——————-

    “E tao simples. Nao tem prejuizo, nao tem falcatruas, apenas uso os produtos “que gosto muito ” e falo pras pessoas mais proximas usarem..”

    >>> Sabe o que é um “Esquema de Vendas em Pirâmide”? É uma pergunta simples. Gostaria que me respondesse, se não der muito incómodo.

    ——————–

    “Nao precisa de tanta expeculacao num negocio tao simples que e Marketing multinivel. Ou voce entra ou nao !”

    >>> Sim, de facto, essa é a explicação mais simples que já vi sobre o MMN: “ou você entra, ou não”. COMO EM TUDO NA VIDA. Até, veja lá, como nos esquemas em pirâmide…

    ——————-

    “Mas , vc ao contrario disso , passa a vida a elaborar textos semfundamentos.”

    >>> A quais se refere? (é que ficamos todos na mesma…)

    —————–

    “Portanto excusas de ter mais essa debilidade. Faca um esforco minimo que seja e tente ser mais coerente.”

    >>> Coerente? Tem piada, eu achava que estava a ser bastante coerente… Onde é que não o estou a fazer? Diga-me, por favor, que eu corrijo logo a incoerência.

    ——————-

    “Deves ter serios problemas em sua vida profissional, inclusive pessoal ,para ser tao agressivo e mentiroso em suas conclusoes.”

    >>> Conversa padronizada. Conversa típica de quem se sente atingido e não sabe como argumentar. Assim não vamos, de facto, a lado nenhum.

    —————-

    “Mais uma vez peco desculpas aos leitores, mas quem um dia tiver oportunidade de ser um Agel, visto que nao e pra todos, . So mesmo pra os que pensam grande e sao vencedores. Os que conseguem trabalhar em equipa e se ajudar mutuamente.”

    >>> Certo. Entrem na Agel. Entrem numa empresa que se arrisca a fechar as portas e um momento para o outro… metam lá o vosso dinheirinho.

    ——————-

    “Os que querem mais do recebem , e lutam por isso .
    “Apesar que vc nunca pode voltar atras e mudar o comeco,… Todos podemos comecar agora e fazer um novo fim “.

    >>>> Ohhhhh, mas que pensamento tão profundo e comovente. Bora lá todos inscrevermo-nos na Agel, que é para a vida começar a correr bem.

    E que tal aplicar estas máximas àquilo que de facto vale a pena?

    Agradecia, cara Senhora, que não perdesse o seu e o meu tempo com acusações vagas, sem qualquer tipo de direcção ou fundamento. Se a Sr. voltar a colocar uma mensagem destas neste espaço, reservo-me à escolha de nem sequer lhe responder.

    Cumprimentos.

  22. ferreira permalink
    13/03/2008 20:17

    voces nao devem ter mesmo nada para fazer.se tivessem que trabalhar no duro,nas obras,no campo etc, chegariam a casa com vontade de descansar e nao de andar a falar mal uns dos outros, disto e daquilo etc.
    so um pergunta ja que sao todos tao certinhos da lei etc:
    quantas pessoas neste pais,ou melhor neste mundo sao cumpridoras da lei?
    quantas?
    num mundo de milhoes?
    sao voçes?
    nem os governadores da republica o sao.
    quanto ao mercado em piramide percebo pouco, mas façam-me um favor e comparem com as nossas vidas, isto é se trabalharem e forem cumpridores da lei e fizerem os descontos obrigatorios,para onde vai o dinheiro?
    para o estado, que distribui pelos governadores deste pais que mais parece uma bomba relogio quase a explodir e nada fazem se nao gastar o dinheiro em coisas desnecesarias(campos de futebol,otas,carros de luxo,motoristas etc),pelos que metem baixa e vao trabalhar para outros locais ilegalmente ,pelos toxidependentes,etc etc.
    os mais pequenos ganham e pagam as despesas e os maiores(os do topo)ganham e estragam aquilo que nos com muito suor ganhamos e fomos obrigados a entregar.
    isto e tudo uma palhaçada
    qualquer empresa neste momento so vinga,se for contra a lei.
    experimentem criar uma empresa e cumpram todas as normas que exigem, e daqui a 6 meses falamos,caso aguentem ate la.(so para criar nas finanças, que demora 10minutos sao necessarios quase 500€)
    quantas pessoas sao cumpridoras da lei?
    voçes que sao pessoas que percebem daquilo que falam e lutam pelas vossas ideias(acho bem que o façam), nunca infrigiram a lei?
    será que sao muito certinhos?
    ninguem no mundo e cumpridor da lei a 100%.

    parem um pouco para pensar e depois falamos sobre quem cumpre ou nao.
    quem quiser perder dinheiro perde. quem quiser ganhar, ganha etc.

    ja agora, voçes falaram nas duas entidades que REGULAMENTAM as leis portuguesas(asae e deco), so para informaçao, leiam um documento que saiu no jornal de noticias a pouco tempo:
    a ASAE(entidade que devia mostrar respeito e cumprir a lei),nos escritorios deles nao tem extintor,e como e um espaço fechado com pessoas(sem qualquer tipo de exaustao de fumos)estavam a fumar todos la dentro na maior das decontraçoes.
    sao eles o grandes cumpridores da lei?
    digam-me?
    sao voçes?
    este pais esta todo podre.
    cumprimentos
    ferreira

  23. gap permalink
    14/03/2008 20:04

    outro comentarista patético… o que o fato da ASAE não ter extintor desqualifica o peso da instituição em relação ao caso Agel? É o mesmo que um bandido argumentar: “olha, essa delegacia não tem sequer um extintor de incêndio, vcs não cumprem as normas de segurança, portanto não podem me prender”.
    Tsc tsc tsc, boa tentativa, mas é uma racionalização mto tosca e nonsense.
    O cara faz um monte de generalizações sem sentido que nem vale a pena elencar. Pelo menos ele reconhece que a Agel não passa de uma pirâmide.

  24. augustohf permalink*
    14/03/2008 23:27

    Eu entendi direito ou o Ferreira tá dizendo que, como burlar as leis é uma ato corriqueiro por parte das empresas e dos indivíduos que vivem em sociedade, então não há nada de mais em infringir a lei e, indiretamente, afetar com isso outras pessoas que sequer sonham com esse ato? É isso? Ainda solta outra pérola com uma generalização, dizendo que “qualquer empresa neste momento so vinga, se for contra a lei”. Bom, se QUALQUER empresa só prospera se NÃO cumprir a lei, então que todas as empresas infrinjam a lei, dando um “bom exemplo” para que todos os cidadãos contrariarem a lei e pilantrem de montão!!

    Eheheheheheh, e o caos que se originaria daí?

    Que redução ultra-tosca da realidade!! Essa sua idéia de legalidade é muito rasteira e simplista!!

    Esquece de pesquisar como se conforma um esquema de pirâmide (como forma de distribuição de produtos) quem ganha com ele, quais as conseqüências diretas e indiretas sobre as pessoas a ele ligadas. Isso já que, como vc mesmo disse, “quanto ao mercado em piramide percebo pouco ainda”… ou seja, admite que sabe pouco, então tá fazendo o quê dando pitaco sobre algo que não conhece? Ainda por cima ataca com generalizações a entidade que proferiu o parecer, e não o argumento e a justificativa proferidas por ela… ad hominem… legalizemos então as pirâmides!!!

    Pois é… cada um é livre pra escolher o que fazer com sua a vida… isso me lembra a discussão sobre o tráfico de drogas. Se o tráfico é algo que traz sérios danos ao meio social, burla as diretrizes da legalidade, isso não tem problema, já que pela ótica simplista do indivíduo acima, só prosperamos na sociedade se burlarmos a lei, não é mesmo Ferreira? Isso não é problema!!! E ainda tem outros que incitam o coro pela legalização das drogas, dizendo que uma vez que ocorra a legalização, as pessoas terão que aprender a lidar com isso e assumir as responsabilidades pelos seus atos. Até pq quando o livre comércio de drogas for estabelecido haverá automaticamente a redução do ônus econômico sobre a sociedade.

    Ahahahahahahahah… esse nível de dogmatismo é bem hilário…

    No caso do tráfico, sabe-se que as drogas ilícitas são ilícitas em virtude de alterarem a capacidade de julgamento das pessoas, mas os arautos da legalização ou da vista grossa para a proibição querem que as pessoas sejam livres para se drogar, desde que “assumam responsabilidades pelos atos que praticarem”…. e isso sob o efeito de drogas que afetam sua capacidade de julgamento, provocando distorções de percepção e afetando direta ou indiretamente pessoas de seu círculo social ou de fora dele, como no caso de uma vítima de um acidente de trânsito em que o culpado tinha fumado um coquetel à base de heroína e cocaína….

    O mesmo raciocínio vale para o MMN, que o próprio Ferreira disse que não conhece bem, e outras atividades criminosas por parte de outras empresas e por parte de cidadãos que praticam seus atos garantidos pela “liberdade individual”. Essas atividades devem ser coibidas sim, e deve-se fazer valer a legislação sim, pois esse comportamento afeta negativamente a sociedade que com ele possui relação, e a execução da legislação é a garantia mínima para que um mínimo de civilidade e justiça reine nesse ambiente.

  25. Renata permalink*
    15/03/2008 10:15

    Tentar desqualificar ASAE e DECO nao ilide a Agel de estar operando ilegalmente em Portugal. Se este fato trara alguma consequencia? Talvez nao.

    Mas ao menos, os leitores deste blog pensarao duas vezes antes de aderir ao negocio, assim espero.

    obs: segundo comentario de representante da Agel criticando a Asae e Deco. E nenhuma critica quanto ao CONTEUDO do que ambas as instituicoes declararam, nenhuma defesa consistente do plano de compensacoes da empresa, considerado caracterizador de piramide pela ASAE.

    Conclusao: falta de argumentos e ataques gratuitos….e haja paciencia.

  26. ferreira permalink
    15/03/2008 10:26

    d.renata
    ninguem disse que eu era agel.
    ok
    continuem com a vossa luta.

  27. Renata permalink*
    15/03/2008 10:30

    ao menos defensor do modelo do negocio…..senao nao estaria aqui.

    Continuaremos sim. Tem valido a pena.

  28. Mico permalink
    19/03/2008 15:06

    Renata, se a Agel está realmente ilegal em Portugal, e se se sente ofendida com tal atitude recomendo que informe a Asae do grande encontro que se vai realizar agora em Lisboa… vão la estar os “grandes” todos… Cumpra com a sua obrigação de consumidor. há e já agora não se esqueça de mandar a Asae fiscalizar ai a sua beira, a mercearia, o café, o talho, etc etc etc… tudo o mais que tem a obrigação de informar a Asae como consumidora… Ridículo, existem documentos da Asae não entendo o porque de tanta mentira quando se referem a Agel em Portugal.

  29. renata24 permalink*
    19/03/2008 16:17

    Não sinto-me ofendida, nem sei de onde veio este raciocínio.

    Acho que a posição da Asae em Portugal pode vir a ter reflexos por aqui. Com relação a entrada da Agel no Brasil, creio que tenho muito a fazer como consumidora.

    Mas, brasileira que sou, não me compete “mandar a Asae fiscalizar ai sua beira, mercearia….”, ou o que quer que seja.

  30. 19/03/2008 16:37

    “Renata, se a Agel está realmente ilegal em Portugal, e se se sente ofendida com tal atitude recomendo que informe a Asae do grande encontro que se vai realizar agora em Lisboa… vão la estar os “grandes” todos… Cumpra com a sua obrigação de consumidor. há e já agora não se esqueça de mandar a Asae fiscalizar ai a sua beira, a mercearia, o café, o talho, etc etc etc… tudo o mais que tem a obrigação de informar a Asae como consumidora…”

    >>> Olhe que boa ideia. Vou fazer isso mesmo. Vou pegar no panfleto propagandístico sobre o encontro que anda a circular e vou mandar para a ASAE – usando, está claro, a mesma senha por onde recebi a informação de que a empresa está ilegal, que é para não haver confusão e atrasos na avaliação do caso.

    Quem sabe se não aparece por lá uma brigada fiscalizadora…

    —————

    “Ridículo, existem documentos da Asae não entendo o porque de tanta mentira quando se referem a Agel em Portugal.”

    >>> O disco começa a ficar gasto, caro Sr.
    Qual é, e a que diz respeito, a documentação da ASAE sobre a Agel? Diga-nos lá.

    Cumprimentos.

  31. Mico permalink
    19/03/2008 16:51

    Caro Sr Pedro

    >>>>> Quem sabe se não aparece por lá uma brigada fiscalizadora…

    Lá estarei a espera :D

    Quanto aos documentos são públicos em vários locais, já que é tão bom investigador e não deve de ter mais nada que fazer procure que acha hehehe…. lá vai entrar o seu argumento de que então é treta, não não é procure que lhe garanto que acha ;)

  32. 20/03/2008 6:56

    Caro Sr. Mico,

    “Quanto aos documentos são públicos em vários locais, já que é tão bom investigador e não deve de ter mais nada que fazer procure que acha hehehe…. lá vai entrar o seu argumento de que então é treta, não não é procure que lhe garanto que acha ;)”

    >>> Creio que entendeu mal a minha solicitação.

    Eu tenho comigo uma cópia desses documentos, e, tal como o Sr. afirma, quem fizer um bocadito de pesquisa encontra-os disponíveis para consulta num qualquer site desses da Agel ilegais que há em Portugal.

    Onde eu quero chegar é ao facto desses documentos não servirem para provar nada em relação à legalidade do negócio em questão. Esses documentos são notificações que a ASAE enviou para uma determinada firma de advogados a dizer que recebeu os rótulos em português para este e para aquele produto.

    Portanto: EM QUE É QUE ESSES DOCUMENTOS ILIBAM A AGEL DE ESTAR ILEGAL EM PORTUGAL? Pode-nos explicar a sua teoria? Acredito haver muita gente interessada em ouvir os seus argumentos.

    Por meu lado, e como o Sr. bem sabe, eu tenho respostas concretas a perguntas concretas, enviadas pela ASAE, acerca da ilagalidade do negócio. O Sr. pode estrebuchar o que quiser e pode duvidar o que quiser acerca da veracidade das mensagens (e está no seu direito), mas creio que lá bem no fundo o Sr. já percebeu que o tapete lhe foi retirado de baixo dos pés.

    Cumprimentos.

  33. Gustavo permalink
    05/05/2008 23:04

    na minha opniao esse preconceito de venda direta varia de cada pais, sou brasileiro e vivo no mexico aqui eu entrei na Agel e a empresa ja esta atuando e nao vejo esses comentarios negativos,ate a amway que nao deu certo no brasil aqui é uma empresa rentavel com as maiores vendas na america latina
    abs

  34. gap permalink
    06/05/2008 11:15

    na minha opniao esse preconceito de venda direta varia de cada pais

    pra tua informação o mercado de vendas diretas está em queda, e adivinha só quem é o responsável por isso? Uma dica: começa com “marketing” e termina com “multinivel”.
    fonte: http://www.mlm-beobachter.de/mlm/mlmwachstum_e.htm

    Preconceito? Dá um tempo.

    preconceito
    pre.con.cei.to
    sm (pre+conceito) 1 Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados. 2 Opinião ou sentimento desfavorável, concebido antecipadamente ou independente de experiência ou razão.

    ou seja, a definição de preconceito não se aplica à nossa equipe.

  35. Kel permalink
    13/01/2009 9:15

    kkkkkk. Vcs acreditam em papai Noel, Coelhinho da Páscoa, Saci, cuca, Mula sem cabeça etc… Agel. Pirâmide é apenas mais uma PI.RÂ.MI.DE.

  36. M Sergio permalink
    19/03/2009 0:53

    Estranho… tem algo errado aqui.

    No Brasil a regulamentação e fiscalização da venda de sucos e bebidas naturais é feito pelo Ministério da Agricultura e os suplementos nutricionais pelo Ministério da Saúde.

    A ANVISA regulamenta a venda de produtos não ingeríveis e autoriza funcionamento de fábricas de produtos alimentícios, higiene e sanitários em geral. Pelo que li, os produtos são bebidas e a fábrica é nos EUA…

    • Renata permalink*
      19/03/2009 10:09

      Informe-se melhor sobre competencia da Anvisa e relação com os produtos agel, sugiro.

  37. Will permalink
    01/12/2010 1:18

    Acabei de fazer a pré- inscrição de lançamento, não sabia desses fatos acima pela ANVISA. agora o que tenho a fazer é dar uma freiada e analisar a AGEL, e esperar a aprovação da ANVISA para realmente entrar no negócio, se realmente for um negócio ou será que é pirâmide?

  38. Anonimo permalink
    11/12/2010 18:23

    Amigo Pedro Menard

    O MML fez-te algum mal? que raiva lhe tens ….

    Vamos ao que interessa:
    No que toca a AGEL estás a olhar para o “lado errado”. A grande Fraude, é venderem aquilo como uma matriz de 2×2, enquanto os uplines te fazem uma das colunas….; quando a realidade é outra!!!

    Primeiro aquilo nao é matriz de 2×2 (olha o caso do exemplo do Bruno Grilo)

    Segundo os Uplines nunca vao te ajudar, pois matematicamente isso é impossivel.
    Eu estava no 7º nivel da “piramide”, e NUNCA recebi ninguem, a nao ser do meu Upline!!! Só mandava pessoas para uma das colunas….., na outra nunca recebi ninguem.

    Finalmente…. o plano de bonus, mudou de um dia para outro; Beneficiando quem estava “acima” em deterimento de quem estava a “entrar”, necessitando de mais ajuda do que os que ganham 25000€ por mes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: