Skip to content

Crie sua própria empresa de MMN em 10 passos.

25/01/2008

Tradução do artigo “Create your own MLM in ten easy steps“, do sequence-inc.com.

Todo ano milhares de americanos são enganados por empresas de marketing multinível. De Mary Kay a Amway, de Herbalife a PrePaid Legal, a lista parece não ter fim. Cada empresa oferece sua própria gama de produtos especiais a serem vendidos, mas o principal foco no MMN é recrutar novos membros.

O MMN vive e morre pelo recrutamento de novos membros, os quais são os responsáveis pelas grandes compras de produtos perante as empresas. Apenas uma pequena parte desses produtos chega ao consumidor final, mas as empresas de MMN não dão a minima pra isso. As vendas já foram feitas para os distribuidores (associados, representantes, membros, consultores ou qualquer termo que você preferir).

Já é fato conhecido que a maioria das pessoas que se juntam a um MMN acabam ganhando pouco dinheiro. De fato, a maioria perde dinheiro. Quem ganha dinheiro realmente são os donos de empresas MMN. Então, nesse espirito de caridade, eu estou lhe oferecendo 10 passos simples para criar sua própria empresa de MMN. Comece agora e engambele todos aqueles que estão doidos para ouvirem falar sobre a “oportunidade”.

Os 10 passos são:

1 – Chegue com um produto ou serviço que pareça revolucionário.

2 – Crie um plano de compensação que seja dificil de entender, e que pague de 8 a 10 uplines assim que os distribuidores comprarem algo da sua empresa.

3 – As comissões devem ser pagas assim que os distribuidores comprarem algo da sua empresa. Você não pode se preocupar se os distribuidores conseguirão revender os produtos ou não.

4 – Evite qualquer comentário de estar operando um esquema em pirâmide ou uma empresa de MMN. Embora esses termos estejam sendo aplicados corretamente, eles carregam em si uma conotação muito negativa, e devem ser evitados a todo custo.

5 – Crie uma certa credibilidade para sua empresa de MMN. Isso implica na parceria com pessoas que pareçam ser importantes.

6 – Venda seus serviços ou produtos a preços exorbitantes.

7 – Defina metas rigidas para os distribuidores “avançarem” na sua empresa (plano de marketing). As metas devem incluir um certo número de novos recrutas, e também uma quantidade mínima de compras para os downlines.

8 – Encontre pessoas que irão recrutar como loucas, dessa maneira você garante algumas “histórias de sucesso” para mostrar aos seus potenciais distribuidores.

9 – Crie “ferramentas” para ajudar seus distribuidores a tornarem-se pessoas de sucesso. Quase todo mundo fracassa no MMN, mas quanto mais tempo você mantê-los acreditando que um dia terão sucesso, mais dinheiro você conseguirá arrancar de seus bolsos.

10 – Faça treinamentos periódicos que levem as pessoas a ficarem entusiasmadas e comprometidas com sua empresa.

E acima de tudo, garanta que as pessoas que estão se juntando a sua empresa são pessoas com um sonho de independência financeira. A esperança de uma dia ficarem ricas, será o elemento chave de sucesso da sua empresa de MMN. Os sonhadores sempre estarão investindo dinheiro em sua empresa de MMN, e isso significa sucesso para você!

.

Leia também:

.

Entrevista com o especialista em fraudes do MMN – Jon Taylor

Entrevista com a especialista em fraudes do MMN – Tracy Coenen

Sofismas e falácias dos distribuidores de MMN

Herbalife: lavagem cerebral na prática – parte 1

Herbalife: lavagem cerebral na prática – parte 2

Um olhar psicanalítico acerca de grupos de distribuidores das empresas de marketing de rede e de fiéis de várias instituições religiosas

Algumas relações entre supervisores e distribuidores da Herbalife

Meu contato com Herbalife e MMN

Livro de Pedro Cardoso: A viagem ao Sucesso

Monavie: Os números de um bom negócio?

Teste para avaliar se uma empresa de MMN é ou não é pirâmide

Scripts para recrutar trouxas – parte 1

Scripts para recrutar trouxas – parte 2

Scripts para recrutar trouxas – parte 3

Scripts para recrutar trouxas – parte 4

Agel: outra nova Herbalife no mercado brasileiro?

115 Comentários leave one →
  1. Renata permalink*
    29/01/2008 15:30

    Excelente a iniciativa de traduzir um artigo extraido deste site. Esta empresa é dirigida por uma perita em fraudes nos EUA, e constitui fonte fidedigna para consulta, pois a Sequence. inc trabalha com dados, estatísticas, o que é exatamente o escopo do blog. Trazer informações confiáveis e debater.

    Tentarei entrevistá-la para o blog. Acho que teremos muitas informações interessantes sobre MMN em geral e Herbalife especificamente.

  2. 30/01/2008 10:26

    Essa senhora tem lá uns artigos interessantes.

    Quanto a esta rábula, abosultamente fantástica, acho que consegue captar na perfeição os tiques mais declarados da indústria MLM fraudulenta.

    Por exemplo:

    “1 – Chegue com um produto ou serviço que pareça revolucionário.”

    “3 – As comissões devem ser pagas assim que os distribuidores comprarem algo da sua empresa. Você não pode se preocupar se os distribuidores conseguirão revender os produtos ou não.”

    Faz-me lembrar uma certa empresa de produtos de “suspensão em gel”…

    Cumprimentos,

    Pedro

  3. renata24 permalink*
    02/02/2008 17:40

    “5 – Crie uma certa credibilidade para sua empresa de MMN. Isso implica na parceria com pessoas que pareçam ser importantes.”

    Hummm….o patrocínio ao L.A Galaxy feito pela Herbalife…..detalhe: David Beckham é o “astro” do time de futebol (um esporte “popularíssimo” nos EUA). Aliás, o que ele menos tem feito ultimamente é JOGAR futebol. Mas tá na mídia. E o patrocínio foi alardeado como uma excelente “jogada” de marketing por parte dos herbalizados….premissa número 5 devidamente identificada!!!!!!!

  4. Paulo S permalink
    21/02/2008 0:33

    Valeu a dica.
    Vou montar uma empresa dessas, porém, vou trabalhar honestamente pra ver o que acontece.

  5. 24/02/2008 2:04

    poxa!!! tô a dois meses na FOREVER LIVING e te digo que não é tão assim, pois como sou do interior, não acreditam ou não entendem muito de MMN, preferem vender o produto e LUCRAR INICIALMENTE ATÉ 43% (nas vendas reais), embora o produto seja realmente um pouco caro, já conseguimos boas vendas.

    GOSTEI DA IDÉIA DE CRIAR UM MMN, existe tantas opções em MMN hoje em dia, que não dá nem pra escolher uma, o melhor mesmo parece que é ESTUDAR E POR EM PRÁTICA NOSSA INTELIGENCIA.RSRSR. CONCORDAM

  6. 07/03/2008 12:39

    Qurero permição para divulgar essa dica no meu blog!!!

    http://www.dicadedica.blogspot.com/

    Eu colocarei todos os créditos que tirei a notíca do site: http://industriadadecepcao.wordpress.com para que todos comentem e cliquem no link para o seu site, o que acha? posso?

    Preciso da sua permição.

  7. 07/03/2008 13:16

    Caro Moises,

    Não sei se percebeu bem a intenção da mensagem (ou da “dica”, como o Sr. lhe chama)… o texto todo tem uma conotação fortemente irónica e que deve ser entendida como uma crítica severa ao MLM, aos sistemas piramidais e à hipocrisia reinante no meio.

    Estive a ver o seu blog e não encontro uma relação directa entre o conteudo do mesmo e a mensagem que aqui está a passar. De certeza que leu bem o artigo?

    (nota: eu não pertenço à administração deste blog, e por isso não sou eu que posso dar essa permissão – estou só a comentar o seu pedido).

    Cumprimentos.

  8. Renata permalink*
    07/03/2008 16:04

    Nao entendi, acessei o blog e deu erro (por 3 vezes):

    “Não foi possível concluir sua solicitação.

    Ao relatar esse erro ao Suporte do Blogger ou ao Grupo de Ajuda do Blogger:

    Descreva o que você estava fazendo quando recebeu este erro.
    Forneça o código de erro e as informações adicionais a seguir.
    bX-5w1uz2
    Informações adicionais
    host: http://www.blogger.com
    uri: /profile/11113277653971120871

    Estas informações vão nos ajudar a rastrear seu problema específico e a corrigi-lo. Pedimos desculpas pelo transtorno.”

    Tu quer divulgar teu blog? Quer que este blog utilize as dicas do teu?

    Gentileza explicitar, para podermos permitir qualquer coisa (ou nao….rsrsrs…)

    Aguardo!!!!

  9. gap permalink
    07/03/2008 18:51

    Moisés
    ok, pode publicar o texto, contanto que ele seja publicado na integra, não seja deturpado e os créditos sejam dados, tá tudo ok… why not?… teu blog aborda vários assuntos, pode publicar sim… de repente pode até rolar uma troca de links.
    abraço

  10. 15/04/2008 15:53

    Aproveitei e lí diretamente o site em inglês e gostaria de comentar alguns detalhes a respeito da Mary Kay. Estou colocando aqui (e por isto certamente virão respostas, as quais comentarei) devido a minha esposa (e eu por conequência) estarmos na Mary Kay.

    O kit de iniciação na Mary Kay possui um valor no qual o retorno em produtos é bem superior. Quando coloco isto é em termos reais e considerando-se a qualidade dos produtos. Quando se coloca que a comissão é pelas compras e não pelas vendas é bem claro que pode-se fazer as compras balisadas nas vendas. A questão do estoque é mais para que seja rápido fazer as entregas. O frete que a empresa cobra nas entregas tem um valor bem acessível, enfim, o que motivou a minha esposa a iniciar na Mary Kay não foi qualquer tipo de lavagenm cerebral ou algo do gênero e, sim, a qualidade dos produtos e seus preços (é possível fazer equivalência com produtos oferecidos por empresas sem MLM e os valores tem vantagem para a Mary Kay).

    É importante salientar que qualquer negócio (MLM ou não) deve ser decidido com lógica e não puramente emoção. Tem pessoas que saem gastando altos valores e depois vem reclamar que a empresa é a culpada. É no mínimo questionável. No meu caso assumimos o risco deste negócio e estamos crescendo. O principal é que não é necessário ter milhares de pessoas na rede Mary Kay para ter ganhos expressivos e, além disto, minha esposa faz um trabalho personalizado com cada uma delas (inclusive para quem pede apoio e nem é da rede dela, sistema de adoção).

    Agora que, como qualquer negócio, tem pessoas descontentes e acaba sendo motivo de comentários, isto é verdade e estou aqui para comentar a respeito.

    Falarei mais da Mary kay por ter um exemplo concreto em casa e, saliento, somos imunes a lavagem cerebral ou algo do gênero, pelo menos os aplicados por algumas empresas (MLM ou não).

    Por isto certamente teremos uma disucssão saudável.

    Abraços !

    Renato

  11. 16/04/2008 14:23

    C.R.D.,

    Alguns comentários àquilo que escreveu e algumas sugestões:

    “O kit de iniciação na Mary Kay possui um valor no qual o retorno em produtos é bem superior. Quando coloco isto é em termos reais e considerando-se a qualidade dos produtos.”

    >> Não entendi o que quis dizer com isto. O Kit de Iniciações é composto pelo quê, ao certo? Quanto se paga para entrar e a que é que temos direito? O que quer dizer com “valor de retorno”?

    ————

    ” Quando se coloca que a comissão é pelas compras e não pelas vendas é bem claro que pode-se fazer as compras balisadas nas vendas. ”

    >> Claro que essa parte fica SEMPRE bem clara em qualquer MLM – seja ele qual for (lícito ou ilícito). Essa questão é de fundamental importância para que o negócio passe pela legitimidade da expressão “Vendas Directas”. O problema é alguém depois conseguir, de facto, construir um negócio baseado nas vendas efectivas de material adquirido, em vez de ter de ser virar para o recrutamento. A quem de facto consegue essa proeza, eu tiro o meu chapéu e apresento os meus sinceros cumprimentos. Se o Sr. vive nesta realidade, então parabéns. Creio que há algumas pessoas que de facto vencem no MLM com a honestidade subsistirem à custa dos seus próprios esforços em venderem produtos.

    Agora analisando um pouco mais a fundo a questão das comissões sobre as compras: este tipo de “tributação” permite (e é um convite a) que os membros nada vendam para fora da rede, e ainda a que recrutem o maior número de pessoas possíveis, para que possam receber comissões a) avultadas, b) repetidas indefinidamente ao longo do tempo, com claras hipóteses de irem aumentando em valor cada vez mais.

    Por outras palavras: a empresa não se interessa se efectivamente o produto vende para fora da rede ou não – está-se pouco a marimbar para isso -, e o membro da rede, se por acaso se depara com a dificuldade em vender produtos (uma realidade muito concreta, na maior parte dos casos, diria), parte para o recrutamento puro e simples de modo a rentabilizar o negócio.

    Isto, muito por alto, é a descrição de uma pirâmide.

    —————-

    “A questão do estoque é mais para que seja rápido fazer as entregas.”

    >> Sim. Se houver uma base REAL de clientes a quem vender os produtos, então o Sr. tem razão. Caso contrário, o stock é uma boa desculpa para a empresa despachar produtos para sua casa.

    ————

    ” O frete que a empresa cobra nas entregas tem um valor bem acessível, enfim, o que motivou a minha esposa a iniciar na Mary Kay não foi qualquer tipo de lavagenm cerebral ou algo do gênero e, sim, a qualidade dos produtos e seus preços (é possível fazer equivalência com produtos oferecidos por empresas sem MLM e os valores tem vantagem para a Mary Kay).”

    >>> Volto a repetir: se o Sr. consegue fazer uma boa vida VENDENDO produtos da Mary Kay a terceiros, dou-lhe os meus parabéns.

    ———

    “É importante salientar que qualquer negócio (MLM ou não) deve ser decidido com lógica e não puramente emoção.”

    >> Acha, sinceramente, que a maior parte das decisões são tomadas de cabeça fria? O ambiente que se vive nas reuniões é muito a puxar para a emoção. Os números apresentados, e a maneira como são apresentados, levam a muitos enganos. Os verdadeiros números de fracasso e insucesso são ocultados, quem não adere é chamado de fracassado e perdedor, etc, etc, etc. Não sei se reparou ou não, mas todas as pessoas que neste blog se opõem ao MLM jão foram, numa ou noutra altura, convidadas e ingressar em alguma rede. Decidiram esperar para analisar o caso a fundo e chegaram neste tipo de conclusão: é uma furada!

    —————

    “Tem pessoas que saem gastando altos valores e depois vem reclamar que a empresa é a culpada. É no mínimo questionável.”

    >> É questionável, concordo, assim como é questionável, também no mínimo, atribuir-lhes as culpas pelo fracasso quando o sistema, por si só, condena 90% ao insucesso.

    —————

    “Agora que, como qualquer negócio, tem pessoas descontentes e acaba sendo motivo de comentários, isto é verdade e estou aqui para comentar a respeito.”

    >>> Qualquer outro negócio não tem 90% (ou mais) pessoas desistindo e perdendo dinheiro. Qualquer outro negócio não tem literalmente milhares de blogs na Internet denunciado as trapaças. Se conhecer algum, avise, que eu estou curioso por saber qual é. O MLM é mesmo o buraco mais negro do capitalismo.

    Cumprimentos.

  12. gap permalink
    16/04/2008 21:46

    É importante salientar que qualquer negócio (MLM ou não) deve ser decidido com lógica e não puramente emoção. Tem pessoas que saem gastando altos valores e depois vem reclamar que a empresa é a culpada. É no mínimo questionável.

    O que é questionável? As pessoas que investem alto com poucas informações sobre o negócio ou as empresas que induzem as pessoas a agirem dessa forma?

  13. rodrigomm permalink
    08/01/2009 10:22

    CRD Renato
    Revender é uma coisa e recrutar é outra. e como o Pedro falou, “A quem de facto consegue essa proeza, (ganhar dinheiro nas revendas diretas) eu tiro o meu chapéu e apresento os meus sinceros cumprimentos. Se o Sr. vive nesta realidade, então parabéns.

    Entende que as revendas são seus ganhos em 1 único nível apenas. No recrutamento você ganha do primeiro, do segundo, do terceiro, do quarto…..não é? Isso leva os últimos transferem suas comissões de suas revendas aos primeiros. Por que 1% dos membros ganha 99% das comissões, enquanto os outros 99% dos membros ganha só 1% das comissões???

    E como o Kramer perguntou, pela lógica, meia-duzia de depoimentos é credibilidade para investir? outra, qual vendedor falara mal de seu produto, é por conseguinte a apelação para o emocional (LAVAGEM CEREBRAL) para vender o kit de cadastro, depois disso, cada um por si e DEUS contra todos, revendendo e recrutando. O próprio Zig Ziglar afirma que vendas é transferência de emoção, se houver lógica, o preço dos produtos de MLM não compensa os resultados comparando com genéricos e similares. O apelo do MLM é melhor, a ganância financeira.

    • 27/02/2009 21:07

      Desculpe se o post é antigo, mas sua colocação é PERFEITA. Eu acho que é impossível dentro de um ambiente de negócios baseado no MMN existir honestidade e transparência.

      Porque na AVON (que é uma empresa de VENDA DIRETA, com consultora, supervisora, gerente de vendas, etc) isso não existe ?

    • Cleidir permalink
      29/08/2012 12:59

      “Por que 1% dos membros ganha 99% das comissões, enquanto os outros 99% dos membros ganha só 1% das comissões???”

      – Gostaria de saber porque está tão irritado com esses números? Por acaso é diferente na empresa onde trabalha? Onde eu trabalho, existem cerca de 40 acima de mim até chegar ao presidente da empresa, e com toda certeza, eles ganham 99% do lucro da empresa e talvez, me paguem 1%.

      Qual a diferença?

      Abraço!

    • Renata Lima permalink*
      29/08/2012 16:19

      Sim, é diferente da estatística do mercado tradicional. Era só estudar um pouco para poupar o seu questionamento. Mais de 90% dos participantes PERDE dinheiro em mmn. No mercado tradicional vc pode ganhar pouco…mas ganha. Ou vai dizer que seu salário não é depositado todo mês…pois é.

      Ninguem tá “irritado” com número…simplesmente aceitamos a estatística, ao contrário dos que defendem e INSISTEM em fazer comparações desbabidas, insistem em “adequar” mmn com mercado tradicional. Este tipo de comparação demonstra desconhecimento e desinformação.

    • Cleidir permalink
      30/08/2012 15:53

      Opa! Vamos ver se eu entendi: Esse Blog é justamente para fazer camparações entre empresas tradicionais e MMN e você diz isso: “…simplesmente aceitamos a estatística, ao contrário dos que defendem e INSISTEM em fazer comparações desbabidas, insistem em “adequar” mmn com mercado tradicional. Este tipo de comparação demonstra desconhecimento e desinformação.”

      Agora eu concordo plenamente contigo. Fazer comparação de MMN com o mercado tradicional é realmente falta de conhecimento e desinformação. Mas eu diria ainda algo mais.

      Você saberia me dizer qual a diferença entre “Falhar” e “Desistir”?

      Sabe porque pergunto isso? É porque chega ser ridiculo a diferença, mas tem gente que não sabe.

      Falhar em algo, é tentar até dar errado. Desistir, é não tentar mais. Concorda?

      Você percebe que todos aqueles que “falharam”, que “perderam” dinheiro no MMN, não fazem mais MMN? Então acho que na verdade, eles desistiram. Porque se alguns conseguiram e outros não, quer dizer que todos podem, mas alguns “desistem” antes. E então, culpam aquilo, para não admitirem que na verdade, lhes faltou vontade de continuar tentando.

      Assista esse video do Tim Sales, http://www.youtube.com/watch?v=eHgF3_oFvGM. E depois, deixe novamente sua opinião.

      Obrigado!

    • Renata Lima permalink*
      30/08/2012 16:49

      “Você percebe que todos aqueles que “falharam”, que “perderam” dinheiro no MMN, não fazem mais MMN? Então acho que na verdade, eles desistiram. Porque se alguns conseguiram e outros não, quer dizer que todos podem, mas alguns “desistem” antes. E então, culpam aquilo, para não admitirem que na verdade, lhes faltou vontade de continuar tentando.”

      Ah, convenhamos que num negócio que induz MAIS DE 90% a “desistir” porquê PERDE dinheiro, não importa a nomenclatura que se dê.

      Maior balela de mmn é esta de que o povo não “vinga” porquê “desiste”. É o contrário, desiste pq não consegue vencer, por uma questão estrutural (dentre outras, tais como alto preço dos produtos, dificuldade de recrutar pela má fama do mmn…etc).

      Este video do tim foi postado por aqui 58395839583989438394829839238 vezes. Tenho convicção matemática de que mmn é um PÉSSIMO negócio. Para ficarmos quites, leia o link abaixo

      http://mlm-thetruth.com/

    • Cleidir permalink
      30/08/2012 17:01

      “Ah, convenhamos que num negócio que induz MAIS DE 90% a “desistir” porquê PERDE dinheiro, não importa a nomenclatura que se dê”…
      Então, caso seu filho (se tem ou vier a ter), quizer fazer futebol, ou musica, ou qualquer outra coisa, você não vai pagar, porque de todas estas coisas, ele poderá não ser bom em nenhuma, e então você perdeu dinheiro?
      Tenho convicção matemática, que de cada 1 milhão de pessoas que tentam aprender musica, 1% conseguem. Por isso devemos deixar de aprender musica? Deixar de pagar por aulas? Deixar de comprar instrumentos?
      É nesse sentido que digo que quem perde é quem desiste.
      Abraço!

    • Renata Lima permalink*
      30/08/2012 17:20

      Se meu filho QUISER aprender qualquer instrumento, ele aprenderá – isto daí só fará bem para QUALQUER PESSOA.

      Agora, se meu filho QUISER perder dinheiro em mmn, certamente haverá oposição, por parte de toda a família. Perder dinheiro não é bom pra NINGUEM.

      Eu entendi o que vc pensa (e lamento o raciocínio raso), só não entendo como AINDA não estudou a estatística do negócio a fundo. Façamos assim, se tiver PROVA que em mmn nego que trabalha ganha dinheiro “gradativamente” (te dou colher de chá, me prova que uns 85% ganham dinheiro gradativamente), vc volta aqui. Se for com o mesmo blablabla (o mundo é uma pirâmide e só 1% dá certo em qq negócio), pode desistir. Deste tipo de raciocínio o blog tá cheio. O que faltam são defesas NUMÉRICAS e OFICIAIS de mmn.

  14. Pesquisador de MMN permalink
    25/01/2009 12:22

    gostaria de qualquer informação e opiniões de vocês sobre essa empresa:

    http://www.atlantystravel.com/

    mas o que eu gostaria é que vocês falassem mesmo como se falassem da herbalife e similares.

    essa é a primeira empresa que vejo cujo produto de venda são pacotes de viajens, mas imagino que existam mais delas.

  15. 25/01/2009 15:03

    Gostaria de divulgar essas informaçoes no meu blog. Lógico, colocando todos os creditos, e divulgando seu site!

    • Renata permalink*
      26/01/2009 8:33

      Josue

      coloque o link do seu blog – apenas para sabermos do que se trata.

      Obrigada

  16. thiago Lucas dos santos barbosa permalink
    29/01/2009 7:00

    Eu gostaria de saber algo sobre a STC(sistema de trabalho em casa com mala direta), por que eu recebi varios e-mils é respondi um desses e em três dias chegou em minha residencia um proposta de contrato, eles são bem rapidos, o que vocês podem me dizer desta empressa. Muito obrigado

    • antonia permalink
      02/03/2009 21:43

      também gostaria de saber sobre STC, POIS RECEBI UMA PROPOSTA E FIQUEI TENTADA A DEPOSITAR OS 40,REAIS INICIAIS,SE VC SOUBER ALGO PORFAVOR ME ENVIE.

    • gap permalink
      04/03/2009 10:16

      Olá.
      Não entre na STC, andamos estudando essa empresa e tudo indica que é um esquema em corrente, vc não vai ganhar pra ficar envelopando cartas, vc vai ganhar se recrutar pessoas. Vamos postar um artigo sobre essa empresa nas próximas semanas, se quiser receber o artigo no teu email, assine nossa lista de emails no link http://www.feedburner.com/fb/a/emailverifySubmit?feedId=2048757&loc=pt_BR

      Mas se quiser ir lendo algo sobre a STC, leia esse artigo de um sujeito que tentou entrar nesse negócio e descobriu a falcatrua -> http://uteiz.blogspot.com/2008/08/stc-trabalhe-em-casa-cuidado.html

      Vc gasta R$40 no inicio, e depois eles ficam pedindo mais e mais dinheiro, se eu fosse vc pouparia esse dinheiro.
      abs

  17. augustohf permalink*
    29/01/2009 15:23

    Thiago

    Dê uma olhada nos comentários finais do seguinte post:

    http://industriadadecepcao.wordpress.com/2008/04/04/marketing-multinivel-mmn-e-administracao-financeira/

  18. Aristides Martins permalink
    21/02/2009 21:39

    Fala-se alhures do MMN
    Mas o que falam os empregados da Embraer, conhecem a Embraer? Empresa que o Brasil todo apostava nela e na calada da noite resolveu demitir 4.200. Conhecem um negócio melhor que este? Nem os empregadores estão seguros pois o menor sinal de crese demitem todo mundo. Qual é a opção então, ser funcionário público. Geralmente lutam mas quando chegam lá, reclamam de tudo. Abs.

    • gap permalink
      22/02/2009 11:33

      Mas o que falam os empregados da Embraer, conhecem a Embraer? Empresa que o Brasil todo apostava nela e na calada da noite resolveu demitir 4.200

      Assim como a HP, GM, LG, Intel, Sony e mais umas trocentas multinacionais. MMN não demite porque não tem empregado, tem um batalhão de pessoas que pagam pra trabalhar, no caso, pra representar a marca. Ai fica fácil né. E outra, nós não temos que provar nada, vcs do MMN é que precisam provar que esse esquema não leva a maioria ao prejuizo, porque são vcs que oferecem esse negócio dizendo que ele é o melhor do mundo. Tá na hora das empresas de MMN divulgarem seus dados sobre rotação e desistência de distribuidores para o público, e provarem que o MMN não é um esquema lesivo.

  19. 05/03/2009 19:56

    gostaria de saber sobre a empresa dream life do brasil ,queria me aprofundar um pouco mais ja que ela não consta na listas de voces de empresas de mmn,e queria agradecer sua materia que li em seu site,parabens isso ajuda abrir os olhos de algumas empresa,obrigada e boa noite

    • Renata permalink*
      06/03/2009 21:39

      Olha, eu desconfio de toda proposta exagerada…tipo “oportunidade única de negócios” “trabalhando no conforto do seu lar e perto dos seus entes queridos”, mediante um “pequeno investimento inicial, apenas R$ 40,00 mensais” (ué, o investimento é inicial ou trata-se de mensalidade….), “nosso exclusivo plano de marketing multiplicará sua rede de negócios”. Via de regra, as empresas de mmn alardeiam que tem a melhor oportunidade de negócios, o plano de compensações mais exclusivo, a oportunidade de trabalhar em casa, perto da família e tals. Na prática, uma utopia, pelo o que vi até hoje.
      Li os trechos que mencionei no seguinte site – http://dreamlifefranquia.criadordesites.com.br/mysite/?page=662

      Portanto, superficialmente, a tal da Dream Life do Brasil parece ser a típica empresa que tudo oferece, mas pouco tem a oferecer ao potencial recruta. Mas faça o teste disponibilizado no blog e descubra vc mesma. Eu, particularmente, não aconselho ninguem a entrar em mmn – mas trata-se do meu ponto de vista.

  20. 06/03/2009 19:21

    por gentileza postei minha pergunta ontem e não achei ela aki no site,por gentileza teria como me dizer,se voces acharam uma empresa com o nome dream life do brasil,pois recebi um convite ,essa empresa é mmn,mas queria verificar antes de entrar,obrigada.

    • gap permalink
      07/03/2009 13:13

      por gentileza postei minha pergunta ontem e não achei ela aki no site,por gentileza teria como me dizer,se voces acharam uma empresa com o nome dream life do brasil,pois recebi um convite ,essa empresa é mmn,mas queria verificar antes de entrar,obrigada.

      Numa rápida busca pelo Google, eu encontrei alguns sites sobre essa empresa e até agora não sei qual é o produto/serviço que ela comercializa. Todos os sites que eu vi só ficam fazendo promessas, aguçando o visitante, mas não falam nada sobre o produto, o ramo de negócios dessa empresa. Qual é o ramo de negócios dessa empresa? Eu já diria pra vc que isso é um péssimo sinal. Por que eles estão dando tanta atenção às promessas e nem falam que produto/serviço o futuro membro da empresa irá comercializar?

  21. Marcia permalink
    16/03/2009 14:13

    gostaria de saber se a empresa AFTBrasil realmente é “séria”, http://www.aftbrasil.com.br. Sistema de Carta de Crédito para aquisição de casa própria. me parece muito bom, note que eu não sou de mmn, mas me interessei muito em participar da AFTB com o único obrijetivo de ter minha casa. A empres disponibiliza em seu site toda a documentação para pesquisa, já fiz isso e não achei nada que comprometa a imagem da empresa, porém, pelo que li neste blog fiquei com um pé atrás…participei de 2 reuniões presenciais e são realmente muito apelativos. Bom, se puderem me ajudar ficarei muito grata.

    • Renata permalink*
      16/03/2009 20:45

      Não podemos conferir a empresas o status de “sérias” ou não. O intuito do blog é meramente informativo, cada leitor deve pesquisar por si mesmo e tirar suas conclusões.
      Neste caso, olhei por cima, acho muito louvável a criação de uma OSCIP para auxiliar na questão da “habitação para todos”.
      Eu acho muito estranho que uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) utilize o mmn para gerar renda. É que um projeto social geralmente não tem fins lucrativos e é patrocinado por empresas (parece-me que a Microsoft apóia o projeto…mas duvido que saiba que há um grande esquema de recrutamento por trás). Não deveria haver a remuneração de participantes mediante recrutamento. Mesmo que este fato conste do Estatuto Social.
      Verifique se há serviço mais barato, se é obrigatória a indicação de pessoas para obter carta de crédito (via de regra, não poderia ser), tome cuidado com promessas de lucro fácil, trabalho em casa, horário flexível, promessas de “melhor serviço” do mundo, que solucionará todos os problemas….coisas assim, típicas de mmn.
      Abra os olhos e pesquise mais.
      Boa tarde!!!

    • Atila Gurszki permalink
      26/10/2010 15:42

      Há 3 anos participei de uma reunião na AFTB sob o comando do presidente Carlos Rotermund. Na oportunidade pedi um tempo para realizar uns cálculos sobre a viabilidade econômica da entidade. Conclui que: com 1 cota por conta do participante; uma de empresas simpatizantes e outra do governo, em 30 meses a AFTB começaria a ter dificuldades para saldar seus compromissos. Isso foi passado ao presidente da AFTB e sugeri abortar o empreendimento ou modificar sua estrutura com o risco de comprometer a imagem dele e de sua filha, a vice presidente da organização.
      Sugeri contratar um economista para rever os cálculos de projeção financeira da AFTB para não levar desesperança às pessoas que estavam acreditando naquele sonho.
      Essa organização, nos dias atuais, já deve estar tendo dificuladades em honrar a entrega das cartas de crédito que prometeu.
      Ninguém deve empenhar suas economias nessa organização, a não ser que queira perdê-las.

      Atila

  22. Marcia permalink
    17/03/2009 12:12

    Obrigada Renata por sua atenção
    “Não podemos conferir a empresas o status de “sérias” ou não. O intuito do blog é meramente informativo, cada leitor deve pesquisar por si mesmo e tirar suas conclusões.”
    Realmente eu pesquisei, porém como vi esse blog e achei muito interessante (até já indiquei para amigos, porque é muito bom mesmo), resolvi perguntar até mesmo porque voces estão mais interados sobre o assunto do que eu.

    “Verifique se há serviço mais barato” Eles disseram que o valor da taxa assossiativa depende do valor do imóvel e não pode ultrapassar 10% da renda familiar.

    “se é obrigatória a indicação de pessoas para obter carta de crédito ”
    Não, não é obrigatório indicar pessoas, mas tem que esperar o prazo de 30 meses para receber a carta. Dizem que a indicação remunerada é uma forma de incentivar as pessoas assim gerando fundos para aquisição do imóvel.
    Não sei não viu, estou meio desconfiada, porque parece muito fácil. Vou ver se consigo achar alguém que já recebeu a carta a pouco tempo e que não seja tão ligados a eles, uma pessoa assim como eu.

    Abraços a todos
    assim que eu tiver alguma novidade volto para informar voces, quero dizer, se permitirem.

  23. Renata permalink*
    17/03/2009 12:36

    Vc está certa em desconfiar de coisas que parecem fáceis demais…..um dos problemas de mmn é exatamente a promessa de lucro fácil e rápido .
    Obrigada pelo elogio ao blog!!!! Volte sim, e nos conte o que descobriu sobre esta OSCIP que pratica mmn. Trata-se de uma novidade pra mim.
    Achei o prazo de 30 meses longo demais…e este incentivo mediante indicação não deve reverter em proveito da OSCIP, mas em proveito dos patrocinadores. Tome cuidado quando dizem que indicação remunerada é um incentivo ao negócio. Geralmente, este incentivo vai direto pro bolso dos líderes.

  24. reinaldo de oliveira permalink
    18/03/2009 12:53

    ola. Parabens pelo blog e pelos comentarios. Um show.
    estou preparando uma mmn propria ja a algum tempo e no momento estou iniciando os processos legais, sendo assim todo comentario ‘e bem vindo pra mim.
    Conheco dezenas de pessoas que se deram mal e 1 que esta se dando bem.
    Bom o meu ‘e um mmn ao contrario. nao vendo nada e nao cobro qualquer taxa ou mensalidade. Preciso de um certo produto que existe em abundancia gratis em toda parte, mas ficou inviavel consegui-lo pelos meios convencionais. sendo assim desenvolvi um meio de captar esse produto atraves de mmn pagando aos downline comissoes pelo arrecadado. a minha unica dificuldade no momento ‘e a logistica para transportar esse material se for longe da sede. Vou iniciar primeiro em base local.
    Nao sei qual sera o resultado.
    abracos.

  25. reinaldo de oliveira permalink
    18/03/2009 12:58

    quando tiver operando, caso seja permitido, colocarei os detalhes e terei prazer em receber criticas, principalmente relativo aos pontos falhos.
    Quem tiver artigos sobre o assunto fique a vontade pra enviar pra meu email.
    vlw.

  26. Fabiana Azevedo permalink
    17/04/2009 13:32

    Olá, gente, sou nova aqui.
    Entrei por acaso e achei muito interessante, especialmente como montar uma empresa de MMN (perfeito!).
    É engraçado como gera discussão o tema. É fácil ver que quem não tem razão fica logo irritado e baixa o nível, ofendendo e fazendo duras críticas sem saber do que está falando, tanto de um lado como do outro (defendendo ou atacando a empresa de MMN). Vi criticarem muito a Forever e, claro, muito empenho em defendê-la também. Curiosamente não vi o mesmo em relação à Herbalife, Amway e outras (provavelmente não visitei o blog todo).
    Enfim, não sou distribuidora forever, apenas consumidora, há 2 anos. De lá para cá, percebi uma melhora na minha saúde sim (não é papo de vendedor) e uma melhora na condição financeira da minha mãe, que não precisa inventar nada, enganar ninguém, pedir dinheiro a agiota ou fazer estoque. Ela não age como uma louca recrutadora, apenas aguarda alguém se interessar pelo negócio (e é o que acontece), pois a propaganda é de boca (não pode ficar anunciando no orkut) e dirigida a parentes e amigos, ou seja, a pessoas conhecidas, que veem seu crescimento. Minha mãe não trabalha em outra coisa, então dedica-se a estudar sobre os produtos (e não é com o material da empresa, pq esse eu já vi, é pífio).
    Mais uma vez, não faço parte da empresa, estou falando o que eu sei, o que vejo, não preciso defender a política da empresa, que não me paga nada. Em qualquer tipo de negócio vai ter gente ( e muita) insatisfeita, decepcionada e enganada mesmo. Da mesma forma, há quem se dê bem (e com honestidade). Penso que discutir isso é como discutir o sexo dos anjos. Maus profissionais existem em qualquer lugar, médicos, advogados, professores, dentistas, distribuidores e gerentes forever. Tenho quase certeza que as pessoas que não foram bem sucedidas foram mal orientadas por seus superiores, o que não faz parte da política da empresa. Até agora não vi nenhuma conduta desabonadora por parte da rede da minha mãe (que são parentes e amigos), sendo todos honestos e bem sucedidos.
    É preciso ter cuidado e não generalizar.
    Acho excelente um blog sobre o assunto, com fontes disponíveis, pois a melhor maneira de entender algo é informar-se. Debater sim, não trocar ofensas.
    Um abraço, gente.

    • Renata permalink*
      20/04/2009 10:37

      O problema da forever não é a existencia de bons ou maus vendedores. O modelo de negócio é falho e leva mais de 90% dos participantes a perder dinheiro. Acredito que existam maus e bons distribuidores (lógico), mas independentemente disto, a estatística arrasa este negócio. O mmn não tem críticas em função (somente) da existencia de distribuidores ruins e frustrados.
      Se todos pesquisassem a fundo o negócio proposto pela forever, creio que a expansão seria bem limitada.

  27. Ivan Gusmão permalink
    03/05/2009 15:23

    Inicialmente quero parabenizar aos idelializadores desse blog. Em seguida saber se existem maiores informações sobre a OSCIP AFTB.
    Também estou criando uma rede multi-nivel para alavancar meus negócios. Sou dono de uma oficina mecânica e quero testar a criação de um grupo de clientes fidelizados através do MMN. Cobrarei uma mensalidade de R$ 50,00 que poderão ser gastos na manutenção do seu veículo sem a aquisição de peças, somente a mão-de-obra dos nossos técnicos. A intenção é fidelizar, oferecer mão-de-obra barata, qualificada e diferenciada, sem os apelos super promocionais que vemos por aí. Quero que esse sistema seja ganha-ganha para que ambas as partes se sintam satisfeitas e para que meu negócio não afunde, pois tenho nome a zelar e portas abertas para comprovar minha idoneidade e qualidade. Somos um comércio que tem sede física e recolhe todos os impostos e que tem toda documentação e uma empresa registrada em diversos órgãos. No entanto não consegui localizar um software para controlar todo o sistema. Peço ajuda a vocês em todos os sentidos ao mesmo tempo em que me prontifico às devidas remunerações.

    Sinceros agradecimentos e continuem prestando esse serviço à sociedade.

    • Renata permalink*
      05/05/2009 11:16

      Eu confesso que não tive tempo de aprofundar a análise da OSCIP que aderiu ao sistema mmn de distribuição. Mas me parece (como quase todas as empresas de mmn que pude estudar) uma furada. Espero que a sua empresa venha para modificar o que temos visto no mercado.

  28. gap permalink
    10/05/2009 10:58

    Ivan Gusmão
    Sinceramente, acho que utilizar o MMN como ferramenta para fidelização de clientes é uma péssima escolha, por várias razões. Primeiro pq o sistema de MMN é, cada vez mais, visto com desconfiança pelo público, em segundo, não é uma maneira interessante de fidelizar pq se vc retornar dinheiro vivo aos seus clientes, ao invés de bônus, seus clientes gastarão esse dinheiro em outro lugar e não com vc. Veja só, se vc retorna um bônus de R$50 para seu cliente gastar em serviços na sua oficina, esses R$50 só poderão ser gastos com serviços na sua oficina, mas se vc retornar R$50 em dinheiro vivo para seu cliente ele pode gastar esse valor em outro lugar ao invés de gastar com vc. Em terceiro, existem vários métodos mto mais eficientes para fidelização de clientes que o MMN, a prova disso é que as grandes empresas não utilizam de maneira alguma o MMN como ferramenta de fidelização, pois, como te falei, além de ser um sistema visto com desconfiança, ele onera teu cliente desnecessariamente e ainda é ineficiente pra fidelização qdo retorna dinheiro vivo ao invés de “dinheiro interno” que seria gasto no estabelecimento. Sugiro que vc procure na Internet ou em livros básicos de marketing mais sobre maneiras de fidelizar clientes e te garanto que encontrará N maneiras mto mais eficientes para fidelizar clientes do que MMN.
    abs

  29. Jonnathan permalink
    09/06/2009 19:23

    Gostaria de opiniões sobre a empresa Agel. Achei muito interessante o produto e vejo potencial.
    Acham que vinga?

  30. 24/06/2009 0:09

    Inicialmente quero parabenizar aos idelializadores desse blog. É realmente um blog de grande valor. Em seguida gostaria como muitos já o fizeram e eu acho bom bater mais uma vez nesta tecla. Sobre a AFTB. O que se sabem realmente? Pelo periodo de sua fundação já deveria ter muitas pessoas com suas cartas de crédito, vocês não acham? Pesquisando encontrei muita coisa a favor e matematicamente é possivel sim fazer este tipo de financiamento, já que apois receber a carta de crédito o associado continua a pagar a sua contribuição, agora junto com a parcela do financiamento. Desta forma, a AFTB não terá só uma contribição por um curto periodo de tempo, mais sim por até 30 anos. Uma das coisa que sempre me chamou a atenção nos MMN é que tudo tem de ser feito muito rápido. Vc tem que recrutar muito rápido, para recuperar rapidamente o que investiu, por que se não o barco afunda e vc vai junto. Já na AFTB é estranho pois como eu escrevi acima, apos vc receber a carta de crédito vc continua pagando a sua contribuição imbutida na parcela do finaciamento. E como a casa fica alienada a AFTB se o associado não pagar o finaciamento ele perde a casa. Não sou associado a AFTB, e nem estou aqui a defendendo ou querendo acusa-la de nada, quero chegar a verdade ou a algum ponto negativo que me mostre o que está por traz deste sitema. E por ultimo gostaria de dizer que moramos num país chamado Brasil, onde NÃO podemos confiar na policia, nem nos delegados, nem nos juizes, nem nos deputados, e muito menos em qualquer empresa de MMN. Repito, moramos num país inconstitucinal chamado Brasil.

  31. Rodrigo permalink
    16/07/2009 13:50

    Excelente site! Já estava fuçando a net a dias a procura de algo negativo sobre a aftb e não tinha encontrado, mas consegui chegar aqui. Muitos compartilham da mesma desconfiança que possuo diante a essa OSCIP, aliás muito estranho este certificado do Ministério da Justiça para essa associação e infeslimente terei que concordar com o amigo aí de cima, estamos numa bagunça governamental, ao ponto de não darmos fé nem a um certificado do governo. Mas o fato é: a aftb é bastante diferente dos demais mmn, digo isso pois ela não oferece um produto de pouca comercialização, dando ênfase, na verdade, aos ganhos obtidos pelos recrutamentos efetuados. Na aftb vc recebe a carta mesmo sem trabalhar para o mmn deles, porém vc pode diminuir para até 6 meses caso queira entrar na rede….
    É fogo, esta é a verdade, pois quando a esmola é demais o santo desconfia e aí me lembro de uma reportagem com a foto de um grupo de garotos que pediam patrocínios para montar um empresa de computadores, que não passavam confiança para ninguém …. mas lá no meio da foto estava a figura de bill gates …. e aquela era a microsoft, nos seus primórdios.
    novamente parabenizo o blog e peço mais informações caso alguém tenha, sobre essa aftb …
    Abraços

  32. João Batista Orleans permalink
    13/08/2009 14:18

    O que vem a ser o STC. sistema de trabalho em casa, poi bem, inicialmente você ver um anúncio em jornais, anúncio diz: ” TRABALHE SEM SAIR DE CASA, não é venda, trabalhe apenas nas horas vagas e fature R$ 4.000,00 por mês.
    Resposta:
    Bem depois de enviar uma correspondencia á caixa postal do referido anúncio de jornal, recebí dias depois a resposta, enviaram-me um outra correspondência, contendo matérial publicitário da empresa e um boleto bancário com o valor de R$39,90 para ser recolhidos na rede bancária, paguei-o, e mais dias depois recebí um pacote contendo 300 envelopes, também contendo matérial publicitario e boletos bancários. O trabalho era simples, eu devia pegar esses 300 envelopes distribuir entre amigos, parentes, conhecidos e visinhos. esses também deviam recolher os R$ 39,90 dos seus respectivos boletos, (cada envelope continha um), e após o pagamento essas 300 pessoas também receberiam 300 envelopes para repetir o operação, elevando assim para 90.000 participantes que deveria, também recolher seus pagamentos na rede bancária com os devidos boletos, e esses 90.000 participantes por sua vez. receberiam 300 envelopes cada participante.
    Para cada pessoa que recolher o devido valor, a pessoa que enviara o envelope receberia r$1,00, esse valor é pago dentro de um esquema onde um chama o outro e todos receberiam esse R$1,00 até a quarta geração de distribuição de envelopes.

    Esse é o “CHAMADO TRABALHE SEM SAIR DE CASA”

    Picaretagem.

  33. João Batista Orleans permalink
    13/08/2009 14:24

    Infelizmente são golpes, e só se fica sabendo de que se trata, depois de cair.
    apostam muito nisso.
    O TSC É MAIS UM NO MERCADO VIGARISTA

  34. 23/09/2009 12:17

    Olá a todos!

    É a primeira vez que me deparo com este Blog e achei muito interessante este artigo sobre como criar uma empresa MMN em 10 passos.

    Este artigo é o reflexo claro dos amadores sem ética profissional na Indústria Multinivel.

    É vergonhoso para a Indústria existirem pessoas com o pensamento do dinheiro fácil e da exploração dos outros para beneficio próprio, e quando assim é, o sucesso que desejam não chegará.

    No meu entender isto está relacionado com o tipo de educação/formação que se tem, e que é de acordo com o actual sistema da sociedade e do mercado de trabalho onde para se ter um bocadinho mais, temos de explorar ou prejudicar de alguma forma os outros, o que resulta num verdadeiro campo de batalha.

    A ideia de que qualquer pessoa pode fazer um negócio multinivel não deve ser levada à letra. Isto é, qualquer pessoa pode fazer um negócio multinivel, mas primeiro tem de aprender, tem de ter formação precisa ser ensinada devidamente e isso implica estudar! E estudar o que? Pois, em 95% dos casos ninguém tem nada para dar a estudar aos distribuidores que querem fazer o negócio, apenas dizem, faz a tua lista, fala com pessoas e convence-as, etc… Totalmente Errado.

    95% das pessoas no Multinivel não têm sucesso, porque não entendem que o conhecimento é muito importante, e a obsessão de ficar rico, não os permite entender que para se ganhar alguma coisa é preciso ter valor para o mercado, e isso só se consegue com a aquisição de conhecimento, com estudo.

    Como em todas as indústrias, só é possível ter rentabilidade num determinado trabalho se existir sistemas de trabalho. Concretamente no Multinivel, Sistemas de trabalho são uma raridade.

    Independentemente de tudo, a possibilidade de se ser bem sucedido é através de sistemas de trabalho independentes interligados entre si para o mesmo fim, que é o seu negócio multinivel.

    Eu uso dois sistemas de trabalho independentes, focados no meu multinivel, que permite um auto-financiamento das despesas e inclusivamente ter lucros paralelamente ao rendimento residual do negócio multinivel. O mais importante de tudo é que todos têm acesso ao sistema o que permite igualdade de oportunidades para todos, em termos de ferramentas de trabalho, mas antes de ser usado é estudado, e enquanto não tiver aprendido tudo não faz mais nada.

    Só para terem uma ideia do sistema que eu falo, passo a explicar… um dos sistemas é o sistema directamente ligado ao negócio, portanto é o sistema da equipa. Vídeos de formação, sites e ferramentas de criação de sites, sistema de resposta automática, newsletters de acompanhamento automáticas, estudos, entre outros, tudo grátis!

    Por isso, quem está envolvido no multinivel, e não tem um sistema de trabalho com ferramentas simples, divertidas e duplicáveis, crie o sistema para toda a sua equipa e verá o rumo mudar.

    Não interessa ter o melhor produto, o melhor plano de pagamentos, o melhor CEO, o maior volume de facturação… Se não tiver um sistema ou um conjunto de sistemas que o ajudem, então é muito difícil, para não dizer impossível você ter sucesso.

    Verdadeiramente estou a falar da “Nova Escola” do multinivel que assenta em duas bases, Marketing de Atracção e Internet Marketing.

    Gostei bastante do artigo, muito engraçado, dependendo da perspectiva :P (A verdade Irónica)

    Diogo Moreira

  35. Robson Morassutti permalink
    29/09/2009 20:19

    Ola, gostaria apenas colocar minhão visão sobre o marketing de relacionamentos, seja ele multinivel ou não.

    Toda vez que falamos em relações mercadológicas, devemos analisar de fórma ampla a questão.
    Tenho uma opinião que o marketing de relacionamentos poderia ser de fato uma ferramenta muito boa, tanto para as empresas como para os consumidores, uma vez que quem produz quer vender e quem compra gostaria de ter algum beneficio alem apenas do produto em si. O grande problema que se criou no mercado, é que não existe leis especificas para a atividade de marketing de relacionamentos, deixando espaço aberto para formas de trabalho duvidosas.
    Alguns leitores podem pensar; não existe lei especifica porque o marketing de relacionamentos é uma atividade ruim, eu não vejo desta forma, vejo o marketing de relacionamentos uma ideologia a frente de seu tempo, que merece uma atenção especial no desenvolvimento de sua forma de trabalho, tanto da parte dos nossos legisladores como de entidades que prestam apoio a pequena e micro empresa. Seria maravilhoso se por exemplo o Sebrae desenvolvesse uma metodologia aprovada do uso da ferramenta do marketing de relacionamentos, e é claro algum órgão oficial fiscalizase as empresas que adotaram esta ferramenta.
    Quem não gostaria de indicar alguns amigos como clientes para um posto de combustivel e receber algum beneficio toda vez que estes abastecerem o tanque de seus automoveis, seja beneficio em desconto, em dinheiro ou em brindes ? Claro que todos gostariamos, isto vale para supermercado, telefonia, roupas etc… Mas é justamente aí que começam os problemas, vou enumerar alguns para que possamos refletir.
    Em primeiro lugar, uma bandeira de combustivel que resolvesse aderir a ferramenta de marketing de relacionamentos e fidelidade, não poderia cobrar nenhum tipo de taxa de adesão e nem cobrar mais caro por seu produto, esta bandeira teria de repassar parte do lucro dela como beneficio para seus clientes.
    Em segundo lugar, existe o problema da duplicação, por mais séria e competente que seja a empresa, ela vai estar a mercê de divulgadores independentes que farão promessas inveridicas, gerando reclamações para a administração da empresa.
    E em terceiro lugar, vejo o problema mais grave de todos nesta ideologia, que é a ganância das pessoas que aderem a um programa de fidelidade e indicações. No nosso exemplo aqui, uma pessoa sensata, iria abastecer seu veiculo da mesma forma que sempre abasteceu e divulgar esta bandeira para seu círculo de relacionamentos sem ter nenhum custo adicional no seu orçamento mensal. Porem na prática, não é isso que acontece, a maioria das pessoas investiriam dinheiro em propandas, panfletos, palestras etc…e não teriam um retorno compensador e o pior de tudo, diriam que foram lesadas pela empresa.
    Encerro meu comentario, resumindo o texto; a ideologia do marketing de relacionamentos é boa, mas ainda tem de evoluir bastante para ser um canal de vendas satisfatório.

  36. Fernando (Augusto) permalink*
    29/09/2009 20:53

    Robson

    Muito pertinente seu comentário. Vc tocou no ponto nevrálgico, de que a ideia por trás do MLM é interessante mesmo, mas quando colocada em prática desanda. As configurações distintas para a implantação aceitável do marketing de relacionamentos tem que evoluir muito, mas muito mesmo, assim como a legislação para o setor. Mas a própria sociedade seria talvez o lócus que deveria evoluir mais ainda para haver a POSSIBILIDADE dessa ideia dar certo. Enquanto isso…

  37. Orlando permalink
    03/10/2009 22:41

    Olá! Boa noite!
    Parabenizo-vos pelos esclarecimentos prestados as pessoas que desejam ou já participam de MMN e ainda não estão esclarecidas sobre os objetivos apresentados para suas participações.
    É de suma importância que se esclareça que existem muitas pessoas desejando trabalhar e estão perdidas nesse contexto, ainda.
    Muitas empresas apenas divulgam ser esse trabalho interessante e não esclarecem antes, que os novos participantes precisam se submeter a tais coisas, que que soubessem antes não parficipariam, porque dependem de vender os produtos ou serviços que as empresas ou pessoas divulgam, recebendo antes por isso.
    E quem os compra? Nem sabem se conseguirão êxito em suas participações… Quem dirá se conseguirão obter algum retorno do dinheiro investido…
    Muito boa essa iniciativa de vocês!
    Parabéns!!!

  38. 26/10/2009 14:53

    eu tava pensando na seguinte questão
    eu tenho 100mil reais para abrir uma empresa, hoje!!
    eu sei o que eu quero !!
    vo ter empregados que venderão meus produtos, de empresa à empresa!!
    meus funcionarios com devidos salarios
    só que se eles não venderem bem ganham apenas o salario sem bonus !!

    eles precisam recrutar mais e mais empresas, todo dia senão seus salarios não serão autos !!
    Tenho uma empresa e preciso de mais e masi clientes ( mesmo que empresas)
    meus funcionarios só vão ganhar o deles e nada mais
    todo o lucro fica com a empresa( todas as empresas são assim )

    se eu quizer despedir um funcionario eu posso !! sem pestanejar
    a unica coisa que eu vo perder é nada !! eu vo aumentar os meus lucros ( ja que sou dono dessa empresa) que nãio é MMN, ( nem qualquer coisa da tipo)
    qual é a diferença entre uma e outra ??
    entre MMN e uma empresa normal ???

    quem ganha nas duas não é os donos ??
    quem quer mais e mais pessoas é a empresa pra ter mais lucro ainda??
    e meus vendedores precisam vender mais e mais para poderem ganhar mais no final do mes ?? ( eles não estão fazendo a mesma coisa que no MMN ) a unica diferença é que ele não precisa pagar nada pra entrar ( apenas ter um bom curriculo, experiencia, e mais alguma coisa)
    No final pra mim é tudo igual nós os trabalhadores estamos enriquecendo um dono de empresa( com a Mais Valia) e quando somos despedidos saimos com uma mão na frente e outras atras ( ou vc acha que um seguro desemprego é dinheiro )
    gostaria de saber qual é a diferença entre as duas empresas !!

    a empresa normal
    e a
    MNN ??
    me respondam acho que isso é duvida de muita gente !!

    abraço pessoal

    • Renata permalink*
      26/10/2009 17:19

      O mercado tradicional tem suas falhas, mas o mmn tem uma peculiaridade – a maioria perde dinheiro.

      Nao vejo validamente a comparacao entre mmn e m. tradicional. Assunto largamento abordado por aqui, sugiro procurar e ler.

    • Cleidir permalink
      30/08/2012 16:07

      Responda claramente pra ele Renata. Simplesmente dizer que no MMN as pessoas perdem mais dinheiro, não é uma resposta válida.
      Meu pai me ensinou, que o sálario não é quanto você ganha, mas quanto sobra no final do mes. Depois de todas as contas pagas. Este é o seu verdadeiro salário. Aquele que você vai gastar com você mesmo. E não com pagamentos de contas pra sobreviver.
      Dizer que no MMN as pessoas perdem dinheiro, é o mesmo que incentivar o Uriel a abrir esta empresa que ele propos como exemplo. Aplicando os 10mil dele, e dizer com absoluta certeza, que ele vai ganhar dinheiro. Quem garante?
      Uriel, a diferença entre MMN e o Mercado Tradicional é GIGANTE. Enquanto no mercado tradicional você se mata de trabalhar e ganha sempre o mesmo salário minguado. No MMN você se mata de trabalhar e seu salario vai aumentando gradativamente. Até que em certo momento, você ultrapassou os ganhos do MT. E daí, é aproveitar a vida. Coisa que nunca conseguirá fazer no MT., pois todo dia será dia de trabalhar, senão não ganhará o seu salario.
      Os problemas com as pessoas do MT, e que não se pode ter no MMN, chamam-se: Preguissa, Força de Vontade, Entusiasmo, Comprometimento, Motivação, Empreendedorismo… acho que entendeu.
      Abraço!

    • Renata Lima permalink*
      30/08/2012 16:54

      http://mlm-thetruth.com/

      Cledir, eu respondo para quem quiser, da forma como quiser (ou da forma como for provocada a…hehehe).

      Temos aqui ESTUDO que prova que mmn é um negócio ruim…mesmo que vc queira acreditar e convencer o mundo do contrário. Coloque aqui os NÚMEROS que provam que “no MMN você se mata de trabalhar e seu salario vai aumentando gradativamente”. Quero prova disto aqui. Eu te provei neste blog que QUASE TODOS perdem. Quero prova do contrário.

      Não crença pessoal, PROVA. Ou isto ou chega de “papo”.

    • Cleidir permalink
      30/08/2012 17:26

      Aonde está a sua prova de que a maioria perde? Seus numeros são baseados em alguns estudos, de algumas pessoas. Pois se for assim, tenho várias pessoas que apoiam o MMN, como por exemplo: Lair Riberio, Donald Trump, Robert Kiyosaki, Max Gehringer, Roberto Shinyashiki, T. Harv Eker, Bill Clinton…
      Mas se você montou este Blog por exemplo pessoal, então eu também sirvo de exemplo pessoal.
      Abraço!

    • Renata Lima permalink*
      30/08/2012 18:10

      O que não falta neste blog são links comprobatórios de estatísticas NUMÉRICAS. Prove aqui que QUALQUER dos defensores tem alguma estatística distinta das que possuimos. Prove que as pessoas não perdem dinheiro, que ganham “gradativamente” (conforme vc alegou).

      Sua crença não serve de “exemplo” pra debater números. Sorry, ou traz algo que não sabemos ou era isto. Fim de papo.

    • Cleidir permalink
      31/08/2012 9:11

      Bem Renata. Eu te trago várias personalidades, de renome internacionais, mas mesmo assim, você fica “endeuzando” esse tal de Taylor. Te trouxe um video do Tim Sales, que mostra que chances ou probabilidades, não tem nada a ver com resultados, que só dependem de nós mesmos. E você me responde que esse link já foi postado inumeras vezes no Blog. Ou você não assistiu o video, ou teima em não querer entender. Nesse site que me recomendou, esse tal de Taylor, faz probabilidades, jogando dados e comparando com o MLM.
      Uma vez, ouvi um ateu dizendo: “As igrejas só serão extintas, quando os semáforos não forem mais necessários”. Sabe o que isso que dizer? Que se algo depender do teu esforço, da tua dedicação, da tua força de vontade pra funcionar, você prefere não fazer.
      Utilizando os numeros de uma tabela, que você fez em outro assunto desde mesmo blog, onde 3 convidam 3 que cnovidam 3 etc. Cheguei aos seguintes numeros. do 1º ao 23º nivel temos: 94.143.178.827 pessoas, já ganahndo dinheiro com o MMN, e 282.429.536.481 entrando no 24º nível e 847.288.609.443 entrendo no 25º nivel. Somando os dois ultimos niveis temos 1.129.718.145.924. Considerando que esses dois ultimos níveis estejam sujeitos a desistir do negócio, e “perder” dinheiro (exatamente por terem desistido, e não por qualquer outro motivo), temos então 91,66% das pessoas que poderão perder dinheiro, e somente 8,34% das pessoas ganhando dinheiro.
      Se for assim que esta fazendo os cálculos, concordo contigo. Mas só quero que você entenda uma coisa. Vivemos num mundo capitalista, onde 10% da população mundial tem 90% do dinheiro e 90% da população tem 10% do dinheiro. Então, se você prefere fazer um Blog pra ficar criticando os que estão entre os 10%, ao invés de gastar toda essa energia e inteligencia pra ser um dos 10%, a escolha é sua.
      Tem um estudo que mostra que, se dividirmos todo o dinheiro existente no mundo, igualmente para todas as pessoas, em aproximadamente 10 anos, o dinheiro estaria novamente na mão dos 10% de antes. Sabe porque? Por que eles não desistem quando perdem, eles aprendem e recomeçam.
      Faço parte de uma empresa de MMN a 9 meses. Já comprei meu primeiro carro. Não é o melhor de todos, é só um Celta, mas é 2012, 0Km, e completo. Meus irmãos que também estão no negócio, já estão reformando suas casas, e minha vizinha, que não tinha nem dinheiro pra começar e eu paguei do meu bolso pra ela entrar, hoje me agradece por isso. Por que antes, ela levantava as 6h da manhã pra ir trabalhar, depois ia pra faculdade e chegava em casa meia noite. Hoje, ela já ganha o suficiente pra se pagar as despesas, largou o trabalho e sai de casa as 17h, somente pra ir a faculdade.
      Você está criticando pessoas que estão ganhando 100mil por mês, enquanto você, que entrou agora no negócio, ainda está ganhando 1mil, e alega que isso é perder dinheiro?
      Muitas pessoas, em muitos blogs e fórums, fazem as mesmas perguntas: “…mas se você não vender nada ou não convidar ninguém naquele mes, você não ganha nada?”. Faz favor né, quer ficar coçando e ganhando dinheiro, então vá trabalhar de empregado e viver com aquele dinheirinho minguado pra sempre.
      E pra terminar, te faço 3 perguntas:
      1ª – Você preferiria casar com o Brad Pitt numa cadeira de rodas ou com o Tiririca?
      2ª – Se você fosse obesa, preferiria ser tratada por um médico gordo ou magro?
      3ª – Você prefere ganhar 10mil por mes durante 5 anos, ou 2mil por mes durante a vida toda?
      Estas perguntas, apesar de parecerem sem sentido, mostram que o que molda sua vida, são suas escolhas, e não as probabilidades.
      Abraço!
      Sem Mais… seja feliz e sucesso.

    • Renata Lima permalink*
      31/08/2012 11:20

      “Nesse site que me recomendou, esse tal de Taylor, faz probabilidades, jogando dados e comparando com o MLM”

      não faz “probabilidade” nada. Analisa números, não distorça. Pedi defesa NUMÉRICA do negócio, não religiosa ou pessoal. É assim que abordamos mmn. Numericamente. É assim que esperamos a defesa, no mesmo nível. E não é assim que quem defende atua. NENHUM defensor trabalha com divulgação de estatística.

      “Você está criticando pessoas que estão ganhando 100mil por mês, enquanto você, que entrou agora no negócio, ainda está ganhando 1mil, e alega que isso é perder dinheiro?”

      Transcreva aqui o trecho da crítica feita a PESSOAS que ganham 100 mil por mês. Dica…não existe. Criticamos negócio, não pessoas.

      “Cheguei aos seguintes numeros. do 1º ao 23º nivel temos: 94.143.178.827 pessoas, já ganahndo dinheiro com o MMN, e 282.429.536.481 entrando no 24º nível e 847.288.609.443 entrendo no 25º nivel. Somando os dois ultimos niveis temos 1.129.718.145.924. Considerando que esses dois ultimos níveis estejam sujeitos a desistir do negócio, e “perder” dinheiro (exatamente por terem desistido, e não por qualquer outro motivo), temos então 91,66% das pessoas que poderão perder dinheiro, e somente 8,34% das pessoas ganhando dinheiro.
      Se for assim que esta fazendo os cálculos, concordo contigo. Mas só quero que você entenda uma coisa. Vivemos num mundo capitalista, onde 10% da população mundial tem 90% do dinheiro e 90% da população tem 10% do dinheiro. Então, se você prefere fazer um Blog pra ficar criticando os que estão entre os 10%, ao invés de gastar toda essa energia e inteligencia pra ser um dos 10%, a escolha é sua.”

      Opa…pois é, por onde se analise, a conclusão é a mesma. Mais de 90% não lucra um vintém no negócio. Daí associar inteligência com opção por mmn é muito forçado. Quem pensa e estuda, não rasga dinheiro em esquemas de recrutamento.

      “Muitas pessoas, em muitos blogs e fórums, fazem as mesmas perguntas: “…mas se você não vender nada ou não convidar ninguém naquele mes, você não ganha nada?”. Faz favor né, quer ficar coçando e ganhando dinheiro, então vá trabalhar de empregado e viver com aquele dinheirinho minguado pra sempre.”

      Não, quem entra em mmn não fica “coçando” e esperando cair do céu. As pessoas CONFIAM na (mentirosa) “oportunidade” que é ofertada a todos indistintamente mas que, estruturalmente, só favorecerá uns poucos na rede. Este é o grande “ponto” do mmn…a oferta de uma oportunidade INEXISTENTE pra maioria.

      “E pra terminar, te faço 3 perguntas:
      1ª – Você preferiria casar com o Brad Pitt numa cadeira de rodas ou com o Tiririca?
      2ª – Se você fosse obesa, preferiria ser tratada por um médico gordo ou magro?
      3ª – Você prefere ganhar 10mil por mes durante 5 anos, ou 2mil por mes durante a vida toda?
      Estas perguntas, apesar de parecerem sem sentido, mostram que o que molda sua vida, são suas escolhas, e não as probabilidades.”

      Perguntas bizarras que não mostram, nem denotam, nem fazem pensar que mmn é bom negócio. Aposto que vc “aderiu” as perguntas a teu discurso por conta de um evento ou algum “líder” que vc admira falou. Sugestão, não use estas questões para NADA quando estiver debatendo sobre números.

      Bom, os números que você apresentou corroboram o que o blog afirma há mais de 5 anos. Assunto definitivamente encerrado.

    • Renata Lima permalink*
      31/08/2012 11:27

      “Faço parte de uma empresa de MMN a 9 meses. Já comprei meu primeiro carro. Não é o melhor de todos, é só um Celta, mas é 2012, 0Km, e completo. Meus irmãos que também estão no negócio, já estão reformando suas casas, e minha vizinha, que não tinha nem dinheiro pra começar e eu paguei do meu bolso pra ela entrar, hoje me agradece por isso. Por que antes, ela levantava as 6h da manhã pra ir trabalhar, depois ia pra faculdade e chegava em casa meia noite. Hoje, ela já ganha o suficiente pra se pagar as despesas, largou o trabalho e sai de casa as 17h, somente pra ir a faculdade.”

      É sempre assim…vcs conhecem alguém que faz alguma coisinha em mmn…é a vizinha, a tia, a prima, o amigo. Para cada UM que tira um vintem, uns 10 não tiram nada. A realidade de uns poucos não pode ser oposta ao todo, um grande erro que defensor de mmn tenta fazer prevalecer.

      No mais, vc está há 9 meses no negócio e o blog está ativo desde 2007. Eu tenho ABSOLUTA certeza das postagens aqui….e tenho CERTEZA que em menos de 2 anos teu discurso terá mudado. Volte aqui em dois anos e nos conte como vai sua vida no mmmn. Na melhor hipótese, vc pulará de empresa em empresa. É assim, é fato, é o mundo do mmn.

    • Cleidir permalink
      31/08/2012 12:22

      Combinado. Daqui a 2 anos entrarei em contato, e contarei a minha história. Sei que provavelmente não vai acreditar, pois percebi que é muito focada na sua verdade.
      Até lá, fique sendo um dos 90%. Vou lutar pra ser um dos 10%. Ou dos 1%. Sei que parece “cruel” pensar assim. Que talvez você prefira ser uma “rebelde” contra esse mundo injusto. Mas, enquanto isso, tem que aprender a lidar com o capitalismo, porque ele ainda vai durar por uns bons anos.
      Em mais ou menos uns 4 a 5 anos, eu terei dinheiro suficiente para sair do MMN, e montar meu proprio negócio, dando a minha familia, uma vida boa e confortavel.
      “É assim, é fato, é o mundo do MMN”.
      Peço desculpas se usei de palavras pesadas ou faltei com respeito. Estava só expressando minha opinião.
      Abraço!
      e até…
      PS: As perguntas não vieram de nenhum “lider” meu. A maioria das pessoas não as respondem, apesar de eu nunca pedir um tempo determinado para. São perguntas budistas, muito antigas, só adaptadas por mim, para a nossa realidade.
      A 1ª leva em consideração a interpretação. Pois se reler a pergunta, notara que não afirmo em momento algum que o Tiririca também não estaria numa cadeira de rodas.
      A 2ª revela em quem você confia e porque. Como se eu perguntasse: Você pediria a um Padre, um Casal Feliz ou um Casal divorciado, sobre o casamento? Ambos te dariam respostas diferentes, por verem a mesma coisa de maneiras diferentes.
      A 3ª mostra sua Sabedoria. Pois se escolher 10 mil em 5 anos, poderá parecer ganansioso aos olhos dos outros, mas se escolher 2mil, será ignorante. Pois se você consegue viver com 2mil por mes, pegue 10mil, use só 2mil e guarde 8mil no banco. Ganhará muito mais com juros.
      Mas enfim…é isso. Seu Blog é muito interessante. Apesar de eu ser contra o assunto.
      Saiba que você é formadora de opiniões, responsável por mudar a vida de muita gente que aceita ou não seus conselhos. Pense nisso ao escrever.
      Abraço!

    • Renata Lima permalink*
      31/08/2012 21:13

      Ok.

      Minha “verdade” será TOTALMENTE alterada no dia em que alguém trouxer a este blog estatísticas oficiais de mmn. Desistência, venda ao consumidor final, rendimento médio. Se alguem me provar que em mmn não se perde dinheiro, que não é esquema de recrutamento com produto ou serviço para “disfarçar” e que o distribuidor ganha ao menos para recuperar o gasto, eu fecho o blog NA MESMA HORA. Temos (eu e demais administradores do blog) feito esta “promessa” há mais de cinco anos.

      Se, em dois anos vc conseguir provar que você está MUITO bem no mmn (para infelicidade de grande parte de sua rede, devo informar), só vou te dar os parabéns, por ter “triunfado” num dos modelos de negócio mais predatórios que já vi. E, em vários casos (my travel, aftb, zeek, tvi express, etc, etc, etc…) são negócios ilegais (de todos os que mencionei apenas my travel ainda está na ativa).

      Não levo nada para o lado pessoal e não me importo com palavras pesadas (a menos, claro, que as pessoas abusem, e comecem a difamar, como teve um tipo por aqui, de my travel, que postou num site que somos COVARDES E MENTIROSOS).

      O que me incomoda de verdade é que o blog posta números há mais de cinco anos, todo mundo comenta aqui (e dê-lhe mmn em harvard, pib, tim salles, empreendedorismo, frases feitas, salmos, fé, empenho, preguiça, escapismo, exemplo pessoal…) e NINGUEM até hoje conseguiu rebater o que postamos. O blog diz (e prova) que em mmn as pessoas PERDEM dinheiro, as pessoas dizem que EU sou cética, louca, teimosa.

      Esqueçam o mensageiro e provem que a mensagem está errada. O que o blog posta não é MINHA verdade, é uma verdade (até o momento) absoluta = mmn é um esquema de recrutamento no qual a imensa maioria perde dinheiro.

    • Renata Lima permalink*
      31/08/2012 21:41

      engraçado, conheço budismo e não reconheci as perguntas, preciso atualizar-me.

  39. Carlos Antonio Braz permalink
    30/10/2009 18:23

    E no mercado convencional você não perde dinheiro ???????????
    Me poupe Renata !!!!

    • 30/10/2009 18:37

      e ela por acaso afirmou que não perde? Aliás, alguém aqui defendeu o mercado tradicional? É engraçado essa linha de raciocionio torpe que muitos MMNers seguem: se estamos criticando o MMN, isso implica que estamos defendendo o mercado tradicional. Nada mais falho que essa lógica, jamais afirmamos que o mercado tradicional é a 8ª maravilha onde todo mundo é feliz e tem um peixinho chamado Pingo. Pelo contrário. E outra, quando falar em mercado convencional seja especifico, qual ramo? Esta a falar de ser empresário, empregado, autônomo, franqueado? Cada ramo tem suas peculiaridades.

    • Renata permalink*
      31/10/2009 11:29

      “E no mercado convencional você não perde dinheiro ???????????
      Me poupe Renata !!!!”

      no caso de quem abre uma empresa, pode vir a perder sim. No caso do empregado, a menos que os salarios nao sejam pagos (por qualquer motivo), nao havera perda de dinheiro.
      No caso de mmn, INDEPENDENTEMENTE dos motivos, a maioria perdera dinheiro (“pay to play”, conhece?)

      Me poupe voce ao insinuar que eu mencionei (EM QUALQUER momento) que o mercado tradicional nao da margem a prejuizo financeiro. Mas, no mmn, a margem e muito maior.

    • Cleidir permalink
      30/08/2012 16:23

      Sr. GAP, seja lá quem for. MMN diz respeito a você ser “dono” do seu próprio negócio. Você é que tem que investir para que ele funcione. Vamos as comparações que pediu:
      – MMN com empresário: Ambos podem perder dinheiro;
      – MMN com autônomo: Ambos podem perder dinheiro;
      – MMN com franqueádo: Ambos podem perder dinheiro;
      – MMN com empregado: você não perde dinheiro sendo empregado, só não ganha, hein?!
      Resumindo: Com apenas R$500,00 a R$ 1.000,00 você entra num negócio de MMN. Já, para ser Empresário, Autônomo ou Franqueado o valor vai de R$5.000,00 a R$ 1.000.000,00 (franquia McDonald’s).
      Agora deixem as pessoas decidirem por elas mesmas. Montar um Blog pra dizer que MMN é uma decepção, é o mesmo que montar um Blog e dizer que ser Professor (nesse País) é uma decepção. O que faremos então? Acabaremos com os professores? Ou lutaremos para melhorarem o País?
      Se por acaso me entenderam,montem um Bolg para defender uma empresa de MMN mais justa, e não subjulgar todas.
      Abraço!

    • Renata Lima permalink*
      30/08/2012 16:57

      “Montar um Blog pra dizer que MMN é uma decepção, é o mesmo que montar um Blog e dizer que ser Professor (nesse País) é uma decepção. O que faremos então? Acabaremos com os professores? Ou lutaremos para melhorarem o País?”

      No caso dos professores, lutemos para melhorar o país com eles – todos sabem da importância da educação no país.

      Com relação a mmn, o país fica melhor sem negócio que a grande maioria perde dinheiro.

      Ou as empresas são lesivas ou são pirâmides. Não vimos exceções neste blog. Deixe de preguiça você e aprofunde os estudos. Boa sorte.

  40. silvio mariano dias permalink
    30/10/2009 20:33

    renata acha que deveria refazer seu calculos ,por que o calculo certo seria 129.600,00 daria pra compra um casa no valor de 30.000,00 e sobraria 99.600,00 pra distribuir em bonus
    concorda comigo
    e nao seria 10.800,00 conforme seu calculo

    • 31/10/2009 11:09

      Olá.
      Eu sou o advogado da Renata e recomendei que minha cliente não comentasse esses cálculos que ela jamais fez.
      Sugiro que você acesse http://industriadadecepcao.wordpress.com/2009/08/04/discussao-aftb/ pra ver a discussão completa sobre a AFTB.

    • Renata permalink*
      31/10/2009 11:24

      “e nao seria 10.800,00 conforme seu calculo”

      como meu Advogado disse, estou proibida de comentar sobre o que nunca fiz (calculo) neste post.

  41. Renata permalink*
    02/11/2009 7:28

    Ao “TonyRalf”

    http://industriadadecepcao.wordpress.com/regras/

    Impossivel publicar seu comentario. Teor e portugues incompativeis para forum publico. Este tema (mmn e piramide) ja foi discutido a exaustao por aqui. Nem precisa voltar neste blog com este discurso. E isto serve pra qualquer comentarista.

  42. Katia Magalhães permalink
    10/11/2009 10:23

    Cursei faculdade de direito, me formei e nunca consegui atuar no mercado, quando ingressei na faculdade havia um outdoor gigante na frente da faculdade dizendo: Garanta seu futuro.
    Durante 5 anos, gastei meu tempo e mais de R$ 46.000,00, e meu retorno foi zero.
    Gostaria de saber a opinião de vocês.
    Devo processar a faculdade por propaganda enganossa ?? Uma vez que a promessa era de garantia de futuro.
    Ou devo criar um site ?? Faculdade, a industria da decepção, pois no mesmo ano que me formei, na minha cidade, mais 2000 alunos se formaram tambem, e no maximo 10% deste pessoal foi acolhido pelo MERCADO CONVENCIONAL, ou seja: a esmagadora maioria das pessoas que investem em faculdade, perdem seu dinheiro.
    Gostaria de saber a opinião dos caros leitores e agradeço pela oportunidade aberta.

    • 10/11/2009 10:57

      ai você deve consultar um advogado especialista na área pra ver se teu caso procede. Propaganda enganosa é deplorável em qualquer lugar, jamais afirmamos que no mercado convencional ela não existe, ou que abrimos exceções a elas. Tua faculdade fez contigo aquilo que a maioria das empresas de MMN fazem com seus prospectos: fez uma promessa irresponsável. Qual é o teu argumento? Que a propaganda enganosa está presente no cotidiano a esmo? E quando nós negamos isso?

    • Renata permalink*
      10/11/2009 11:28

      http://jus2.uol.com.br/doutrina/texto.asp?id=2581

      “Devo processar a faculdade por propaganda enganossa ?? Uma vez que a promessa era de garantia de futuro.”

      Voce deixaria de cursar direito se achasse que nao conseguiria nenhuma colocacao apos termino da faculdade? Nao faria curso superior?
      Como academica de direito, e antes de acessar este blog, suponho que tenha pesquisado o assunto, e deve estar a par dos conceitos de publicidade e propaganda e das REAIS chances de exito numa demanda desta natureza.

      Outra – antes de cogitar culpar a faculdade pela decepcao no mercado “convencional”, certifique-se que tem um curriculo com exigencias minimas. Se fez estagio, tentou algum concurso publico, por ai.

      Em que pesem as dificuldades do mercado “convencional”, reafirmo: sem curso superior, as chances sao infinitamente menores.

      Espero que consiga colocar-se e, se for processar faculdade, que tenha um otimo embasamento. Quem sabe sua primeira atuacao nao sera em causa propria…rs. Boa sorte!!!

      obs- sou advogada e acho que uma demanda destas prescindiria, no minimo, de uma autora com um curriculo “esforcado” e uma boa capacidade de interpretacao de textos. O que, suponho, seja o teu caso.

  43. Katia Magalhães permalink
    10/11/2009 12:10

    Oi Renata, concordo plenamento com sua colocação. Sou a favor da idéia que os melhores vençam, e aqueles que não tem um curriculo minimo não podem reclamar.
    Apenas fiz esta colocação para dar abrir um pouco os olhos das pessoas que criticam tanto o MMN, com argumentos que valeriam para qualquer ramo, inclusive curso superior.
    Não sou defesonra do MMN, nem nunca participei e não gosto desta atividade, porem procuro ter uma visão ampla da questão, e vi aqui, algumas criticas que valeriam para qualquer ramo; então considero algumas opiniões tendenciosas.
    Gostei muito da opinião do Robison Morassuti, ele procura analizar as falhas praticoas da atividade, e sugere idéias para aperfeiçoamentos que viabilizem a atividade. Isto sim é uma critica construtiva, em um blog especializado no assunto.
    Agradeço a oportunidade e a colobaração dos leitores.

  44. Alexandre Duran permalink
    15/11/2009 13:14

    Encerro meu comentario, resumindo o texto; a ideologia do marketing de relacionamentos é boa, mas ainda tem de evoluir bastante para ser um canal de vendas satisfatório.

    Perfeito. Tb acho o MMN uma ótima ideia, da mesma fora que o comunismo era. O problema é que na prática a coisa vira utopia. Eu ainda acredito que possa vir a ser um canal de distribuição mais viável para a maioria e não apenas para alguns.

    De fato analisando os chamados planos de marketing das empresas (principalmente se comparar as mais novas com as antigas) nota-se uma evolução, mas infelizmente apenas no que diz respeito ao formato da estrutura de negócio o que não resolve ou pelo menos não miniminiza os maiores problemas do MMN. E contra isso, voce gostando ou não de MMN não há como negar.

    O maior problema mesmo que vejo hoje não é apenas a ganancia de meia duzia de distribuidores ou falta de legislação, mas o excesso de ganancia das empresas de MMN mesmo.

  45. Katia Magalhães permalink
    18/11/2009 11:30

    Oi Alexandre, eu concordo com você que as empresas de MMN são gananciosas, mas novamente levanto a questão de que este é um argumento que serve para qualquer atividade.
    Exemplo, qual universidade mostra a seus candidatos que a minoria ira ter retorno financeiro com seu diploma ? Qual banco, mostra a seus clientes o quanto eles enriqueçem, pagando 0,5% ao mês de juros aos poupadores e ganham em média 10% reemprestando este dinheiro e o pior de tudo, pagando salarios ridiculos a seus funcionarios, todos conheçemos os lucros dos banqueiros, poderiam pagar até 10 vezes mais para cada funcionario que não teriam problema nenhum de caixa, estes são só 2 exemplos de que o MMN esta dentro da mesma categoria do mercado convencional.
    Gostaria de deixar claro, que não estou defendendo o MMN, só estou mostrando que para taxarmos o MMN como ” indecente” ao ponto de criarmos um blog só para mostrar as falhas desta atividade, devemos usar argumentos espeficos, que não sirvam para qualquer atividade, senão a conclusão sera óbvia: O mercado é indecente, incluindo todas as categorias, pois repito, os argumentos que estão sendo apresentados aqui,servem para todos os seguimentos sem uma unica exceção sequer.ENTÃO POR QUE FALARMOS APENAS DE UMA ATIVIDADE ESPECIFICA ???? Não seria uma perseguisão ? E todos aqueles que discordem são considerados hereges ?
    Deixo uma pergunta para que possamos pensar no assunto.
    Criticar uma atividade especifica, sem sugerir soluções, é decente ??
    OBVIAMENTE QUE NÃO !!!

    • 18/11/2009 14:45

      Exemplo, qual universidade mostra a seus candidatos que a minoria ira ter retorno financeiro com seu diploma ?

      por favor, me mostre uma estatistica que sustente essa tua afirmação de que a minoria com ensino superior tem retorno financeiro.

      Qual banco, mostra a seus clientes o quanto eles enriqueçem, pagando 0,5% ao mês de juros aos poupadores e ganham em média 10% reemprestando este dinheiro e o pior de tudo, pagando salarios ridiculos a seus funcionarios, todos conheçemos os lucros dos banqueiros, poderiam pagar até 10 vezes mais para cada funcionario que não teriam problema nenhum de caixa

      nada a ver esse exemplo, típica falácia do avião, introduzindo algo que nada tem a ver, você poderia falar sobre as foquinhas que são mortas na Islândia também, ou algo do gênero, que o mundo é injusto todo mundo sabe, agora usar isso como justificativa pra mais merdas, ai não dá né. E outra, nossas críticas são bem especificas, se você lesse com atenção nossos textos evitaria falar bobagens, como por exemplo, dizer que nós taxamos o MMN como ‘indecente’, me mostre onde falamos isso.

      criarmos um blog só para mostrar as falhas desta atividade, devemos usar argumentos espeficos, que não sirvam para qualquer atividade, senão a conclusão sera óbvia: O mercado é indecente

      pra começar nossa crítica sempre é pontual, os textos estão ai pra comprovar, é só ligar o cérebro antes de ler, e a tua conclusão “óbvia” é completo nonsense, pela tua lógica então é melhor abandonarmos tudo, vamos deixar os politicos roubarem o quanto quiserem, afinal de contas, USANDO DA TUA LÓGICA, roubos existem em todos os lugares né, então não vamos mais nos insurgir contra as pilantragens do politicos ladrões, é isso ai, ótima atitude.

      Criticar uma atividade especifica, sem sugerir soluções, é decente ??
      OBVIAMENTE QUE NÃO !!!

      e isso aqui é o quê, minha filha? -> http://industriadadecepcao.wordpress.com/faq/#Q14

  46. Sérgio Alves permalink
    19/11/2009 12:15

    Sou obrigado a concordar com a Katia, quando ela diz que qulaquer um que discorde da maioria sera considerado herege e deve ir a fogueira, igual Giordano Bruno.
    Dificil alegar que a colocação da colega não faz sentido, como alguem pode criticar um segmento com argumentos que se aplicam a toda sociedade ? Alguem ja ouviu falar em dois pesos e duas medidas ?
    Qualquer pessoa que tenha cursado o superior sabe que o que a Katia esta expondo aqui, é a mais pura realidade, realmente a minoria tem retorno financeiro com seu diploma. Mas este não deveria nem de longe ser o foco da discução e sim sugestões que viabilizem este segmento uma vez que é uma realidade, ou então a extinção definitiva da atividade. Só que neste caso, a mesma medida devera ser aplicada a outros segmentos que incorram nos mesmos problemas técnicos que o marketing de relacionamentos.
    Como exemplo simples, loterias. Quantos milhoes de pessoas perdem dinheiro para que apenas uma meia duzia ganhe ? Quem aqui se dispõe a criar um unico argumento lógico sequer para defender a manutenção das loterias ?
    Sugiro que em um esforço de demonstração de boa vontade, os leitores postem idéias que viabilizariam a atividade de fórma satisfatória, desta fórma vamos estar elevando o nivel das discuções.

    • 20/11/2009 10:03

      Avisos da paróquia.

      amiguinhos, amiguinhos, amiguinhos. Não adianta escrever um comentário e em seguida escrever outro comentário com nome de autor diferente, o wordpress detecta o IP de todos os comentários, nós sabemos quando é a mesma pessoa comentando com nomes diferentes. Pra vocês entenderem, aqui vai uma figura:

      bonito hein, dona Kátia. Além de detectarmos esse tipo de coisa, já temos quase uns 4 mil comentários nesse blog, e acreditem, é rarissimo alguém defender outrem aqui nos comentários, portanto, mesmo trocando os IPs sempre desconfiaremos de comentaristas rasgando seda um para o outro, já que essa é uma prática incomum por aqui.

      último aviso da paróquia: salvem os pandas!

    • Renata permalink*
      20/11/2009 10:03

      Sérgio – Katia

      Não tem bobo aqui no blog. Cansamos de ver “pseudonimos” por aqui. Ninguem vai ficar desviando o foco da discussão para criar argumento lógico para “defender manutenção de loteria”.

      Ou venha (m) – vamos dar o benefício da dúvida, talvez exista um Sergio utilizando o mesmo computador da Katia…..aham, ok – falar consistentemente sobre mmn, ou chega.

      Não temos tempo para discutir sobre o que não é objetivo do blog e muito menos para levar adiante discussão exaurida.

      Se não concorda com objetivo do blog, não participa, mmn é um negócio peculiar que lesa de forma extensiva. Estude o assunto e pare de fazer papelão em fórum público, por gentileza.

  47. Renata permalink*
    19/11/2009 21:37

    “Criticar uma atividade especifica, sem sugerir soluções, é decente ??
    OBVIAMENTE QUE NÃO !!!”

    Nossa, o que não faltam neste blog são discussões sobre como seria o mmn “ideal”, que não lesasse tanto os participantes.

    Outra solução dada por aqui foi criação de um projeto de lei a ser enviado para fins de proibir o mmn no Brasil (assim como é proibido na China) ou regulamentá-lo de forma precisa. Não há apenas críticas.

  48. Sérgio Alves permalink
    23/11/2009 13:37

    Oi, o motivo pelo IP ser o mesmo é por uma razão muito simples, postei meu comentario da Lan House da katia, ela é minha amiga e frequento regularmente seu Ciber Café, como ela sabe que desenvolvo MMN me mostrou o blog e dei minha opinião, apenas isso. Não é interesse meu ofender ninguem, nem sou o dono da verdade. Nem Jesus Cristo agradou a todos, não serei eu que farei isso.
    Um grande abraço abraço a todos !!!

    • 23/11/2009 17:36

      MODO Cal Lightman ON

      Sérgio, você escreveu no comentário anterior que é “dificil alegar que a colocação da colega não faz sentido“, ora bolas, se ela fosse sua amiga você não a trataria de forma tão impessoal, portanto ela é sua amiga mesmo e você mentiu tentando o tratamento impessoal, dando a entender que não a conhece, ou você mentiu quando disse que a conhece, mais, talvez Kátia = Sérgio (o que eu acho o mais provável)… seja qual for a verdade, não me interessa, eu não tenho saco pra ficar aqui decifrando enigmas (deixo isso pro velho Cal Lightman), a única coisa que eu lembro são as regras do blog:
      “5) Comentários similares a comentários anteriores poderão ser deletados”

      e a senhorita Katia já escreveu o mesmo comentário (conteúdo similar) umas trocentas vezes, todo mundo já entendeu sua mensagem, e você teve seus argumentos rebatidos, não se preocupou com tréplica, e ai “surge” o Sérgio Alves rasgando seda para seus comentários, com escrita similar, mesmo computador, só quero lembrar que você não ganha uma discussão trazendo pessoas para rasgarem seda para teus comentários, você ganha com argumentos, réplicas, tréplicas e bom senso.

    • Renata permalink*
      23/11/2009 19:16

      “Não é interesse meu ofender ninguem, nem sou o dono da verdade.”

      Ninguem sentiu-se ofendido. Apenas alertamos para práticas usuais e pouco construtivas.

  49. Antonio Skoldarhougs permalink
    14/01/2010 16:46

    Recrutamento na FOREVER LIVING PRODUCTS vem diminuindo a cada dia, eles foram até obrigados a rever o valor que o ingressante deve entrar, para começar a cadastrar outros interessados (patrocinados) o valor agora passa a ser R$130,00 eram de R$840,00, é que agora até quem está no nivel de distribuidor e não podia cadastrar, agora pode. Ele viram que mais vale o ingresso a grosso número (que agora passam a ser em muior quantidade) que os pouco e escassos cadastrados por ASSISTENTES DE SUPERVISOR, que eram necessários 2ccs ou seja R$840,00 para comecar a fazer “FOREVER” COMO DIZEM.
    Mas de qualquer forma tomem muito cuidado pois são pirâmides, disfarçadas de empresas comuns, a FLP tem esquema piramidal, onde só ganha dinheiro os participantes do topo, e demais entram só para perder muito, muito dinheiro, é que os prejuízos nunca ficam só nas compras iniciais, muito se desfazem de patromônios sólidos e investem nos produtos, produtos que nunca vão conseguir vender. vão terminar com o quarto cheio deles e só aguardando o prazo de validade vencer para jogá-los fora, ou usar entre sí e seus famíliares.

    Essa é a verdade.

  50. V. Moulin permalink
    29/01/2010 18:09

    À Renata e a todos, um forte abraço.

    Recebi convite para me afiliar à Rede Suficom (MMN), http://www.suficom.com/novo/ , uma operadora de cartão de crédito cujo sistema aceita todas as bandeiras (Visa, Mastercard, Suficom, etc.) e não exige verificação no Serasa, SPC nem comprovação de renda para obtenção do seu cartão. Gostaria de receber informações sobre alguém que possua o cartão da Rede Suficom ou de alguma empresa que esteja utilizando o respectivo software e a máquina de leitura dos cartões. Muitíssimo obrigado.

  51. 29/11/2010 4:16

    http://www.rrsocial.com.br

    vc poderia me falar algo arrespeito deste site q esta fazendo muitas promessas

    • gap permalink
      30/11/2010 20:04

      Um site merda que só serve pra SPAM. Se você não vê problemas em ficar infernizando pessoas para que elas participem de um site que só faz SPAM, ai tudo bem.

  52. 03/12/2010 20:37

    me cadastrei na sufcon e tomei no sufurico !!!!!!!!!!!

  53. paula de souza permalink
    23/04/2012 23:13

    a minha preocupação é isso… como assim!!! 9 – Crie “ferramentas” para ajudar seus distribuidores a tornarem-se pessoas de sucesso. Quase todo mundo fracassa no MMN, mas quanto mais tempo você mantê-los acreditando que um dia terão sucesso, mais dinheiro você conseguirá arrancar de seus bolsos.

  54. Luis permalink
    24/04/2012 9:28

    Pessoal, gostei muito do trabalho de vocês aqui neste site. É um verdadeiro trabalho de amor ao próximo, ajudando as pessoas interessadas a não se prejudicarem com os golpes que cada vez estão melhor estruturados.
    Gostaria de uma opinião a respeito da Zeeking, que promete ganho com postagem de anúncios de leilão de centavos. O site no brasil é http://zeeking.com.br/ .
    Desde já, agradeço e mais uma vez, parabéns pelo trabalho!

  55. 20/05/2012 0:50

    Entenda porque Mary kay não é pirâmide.

    – A MK desenvolve linhas de produtos de alta qualidade e que são pensados de acordo com a necessidade das clientes, inclusive com lançamentos e edições limitadas, que possibilitam vendas repetitivas, a mesma cliente tem opção de renovar suas compras de tempo em tempo e se interessar por produtos novos, cores, etc. Com isso você não corre o risco de precisar buscar novas clientes permanentemente para manter suas vendas, mas além de novas clientes, pode e deve manter a cliente que conquistou.
    – Na MK você não tem que fazer estoques exorbitantes, pois tem a possibilidade de comprar sempre no ritmo das suas vendas. E ainda conta com um lucro gradual de acordo com seu volume de compra e reposição garantida, ou seja, seu maior lucro alcançado é mantido até o final do mês para qualquer quantidade de produto.
    – A MK te motiva a AJUDAR outras pessoas a crescerem. Na medida que você ajuda, você cresce. A regra de ouro é “Trate os outros como gostaria de ser tratado.”
    – A MK tem sede fixa em São Paulo onde acontece os treinamentos de novas diretoras e os contatos do Staff da MK brasil ficam disponíveis no site da consultora.
    – A MK está registada na ABEVD. Acesse o site da ABEVD – Associação Brasileira de Vendas diretas
    – A MK emite nota fiscal para TODA E QUALQUER compra, mesmo que seja de 1 só produto ou material de apoio.
    – A MK recolhe todos os impostos, inclusive imposto de renda no caso de bônus e emite informes anuais de IPRF para restituição.
    – Não é pirâmide porque você pode ultrapassar pessoas acima de você e chegar no topo antes delas, ou seja, você é uma consultora independente e faz seu próprio tempo e resultado, não está presa na base de uma pirâmide. Por exemplo, Uma diretora te cadastra e te motiva a ser também uma diretora. E você tem ainda a possibilidade de se tornar uma diretora nacional antes dela, pois seu trabalho é independente do trabalho dela que te indicou.
    – Não é pirâmide pois a MK motiva que você coloque o maior número de pessoas na sua primeira linha, ouseja, oferece o maior bônus para a produção das iniciadas diretas, que você mesmo recrutou. Há uma diferenciação de bônus para consultoras diretas e indiretas, isso impede que uma diretora se torne uma parasita e ganhe pelo trabalho de outras. A diretora trabalha sempre, recruta sempre, motiva sempre e lidera pelo exemplo: É sempre a melhor consultora da unidade.
    – A MK não promete resultado sem esforço, ou seja, é um trabalho e seu resultado vai depender da sua determinação e foco.

  56. Joslei José Fortunato permalink
    28/05/2012 0:54

    uma duvida que vcs aki a mais tempo talvez possa ajudar.
    A empresa POLISHOP entrou no canal de MMN, alem de suas lojas fisicas, internet, callcenter e televisão, agora ela ataca o MMN, alegando que tem como interesse atender o cliente onde ele estiver, atraves de seus empreendedores independentes que estarão espalhados por todo brasil… o diferencial é que OS PREÇOS DOS PRODUTOS são os mesmos praticados nas lojas, internet e etc, mesmos preços ja praticados antes desse novo canal.. la você não é obrigado a vender nada, mas se atingir algumas metas de vendas (que não é obrigado) os bonus de ganhos aumentam mais. e outra, não é preciso ter estoque pois vc vende atravez de sua loja online, indicando as pessoas atraves de contato ou das revistas que vc ganha, no caso a minha ( http://www.polishop.com.vc/jrredepolishop ). achei o canal muito interesante, pricipalmente para pessoas que residem em cidades onde ainda não tem lojas da POLISHOP.
    estou participando desse canal, ate o momento pareceu bem interessante, e hj me deparei com seu blog.
    mas a pergunta é:
    uma empresa existente a mais de 10 anos, com lojas fisicas e outros varios canais de vendas onde a pouco tempo vem abrindo as portas para o MMN, onde não lhe obriga a vender nada por mês, e caso vc venda, seja 100,00 ela lhe paga a comissão; esta vindo para mudar a cara do MMN?

    obrigado

    • Renata Lima permalink*
      28/05/2012 10:36

      Não, a polishop não veio mudar cara de mmn. Logo postaremos a respeito, aguarde…

    • Alves permalink
      11/12/2012 15:18

      Voce tem que vender no minimo 300 por mes para participar dos lucros com MMN.
      Mas uma coisa é certa, todos os dias milhares de pessoas estao tendo acesso a internet no Brasil e no mundo, e isso dificilmente ira acabar e a polishop sabe disso.

  57. marco ramos permalink
    30/07/2012 21:43

    Blá Blá Blá ,parem de falar mal do MMN ,e gastem suas energias com o que poderia estar trazendo alguma contribuição real para aqueles quem buscam informações sérias sobre esse mercado ,e respeitem mais quem aqui comenta e faço saber que decepção é ler o que eu li aqui pois aqui tem informaçoes decepcionantes ,gente o mercado multinivel é um mercado sério sim ,não desanimem com quem nao quer te ver bem .

    • Renata Lima permalink*
      30/07/2012 22:40

      Prova que mmn não faz MAIS DA METADE perder dinheiro, daí a gente volta a falar em seriedade. E não diga que quem alerta prum negócio lesivo (com números e dados) quer “ver alguem mal” pq isto não existe.

  58. alceu permalink
    01/09/2012 2:15

    lair ribeiro, donalt trump, robert kiosak,……. blá, blá, blá, nenhum, eu disse nenhum faz mmn, eles só falam bem desse setor pra vender seus livros e palestras de auto ajuda “barata“ para os vários (a gritante maioria é claro)distribuidores, associados, franqueados ou seja qual for o termo,eles sabem qua a maioria ñ ganha um centavo com esses negócios, mas falam bem, pra vender para esses frustrados a resposta do que estão fazendo de errado.só rindo. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…….

  59. Fernando permalink*
    01/09/2012 22:12

    “Faço parte de uma empresa de MMN a 9 meses. Já comprei meu primeiro carro. Não é o melhor de todos, é só um Celta, mas é 2012, 0Km, e completo. Meus irmãos que também estão no negócio, já estão reformando suas casas, e minha vizinha, que não tinha nem dinheiro pra começar e eu paguei do meu bolso pra ela entrar, hoje me agradece por isso. Por que antes, ela levantava as 6h da manhã pra ir trabalhar, depois ia pra faculdade e chegava em casa meia noite. Hoje, ela já ganha o suficiente pra se pagar as despesas, largou o trabalho e sai de casa as 17h, somente pra ir a faculdade.”

    ————————— Ah, tá explicado! É um baby MMNer! E as velhas anedotas requentadas…

    Aonde está a sua prova de que a maioria perde? Seus números são baseados em alguns estudos, de algumas pessoas. Pois se for assim, tenho várias pessoas que apoiam o MMN, como por exemplo: Lair Riberio, Donald Trump, Robert Kiyosaki, Max Gehringer, Roberto Shinyashiki, T. Harv Eker, Bill Clinton…
    Mas se você montou este Blog por exemplo pessoal, então eu também sirvo de exemplo pessoal.
    Abraço!

    —————————- Ai ai… é difícil quando o sujeito confunde NÚMEROS E PESSOAS, ou quer comparar dados com personalidades (é como se estivesse comparando um poste com um cachorro). O que vc fez agora foi utilizar a conhecida falácia da autoridade juntamente com um espantalhinho:

    Link: http://industriadadecepcao.wordpress.com/2007/11/02/sofismas-falacias/

    A Re falou de dados concretos, EMPÍRICOS, retirados de apresentações das PRÓPRIAS EMPRESAS DE MMN, e o garoto vem falar de Kiyosaki, Shinyashiki, Lair (autores de livros de persuasão e influência e de auto-ajuda), Trump e Clinton! Aliás, sobre o Trump, dê uma olhadinha aqui:

    Link: http://industriadadecepcao.wordpress.com/2011/12/08/o-negocio-propagandeado-por-donald-trump-acn-video-fone-pode-estar-em-colapso/

    Quanto ao Sir Clinton, seu governo participou de um dos maiores períodos de desregulamentação monetária, financeira e do mercado de trabalho dos EUA, aprofundado pelo governo Bush e que resultou na bolha imobiliária que se alastrou pelo setor financeiro, gerando depois desemprego generalizado, quebra de bancos e resgates trilionários utilizando o dinheiro da população, recessão, desemprego, que hoje ainda atormenta a economia americana e que já se alastrou por todo o mundo – Vide a quebradeira na Europa e a desaceleração do crescimento na Índia, China, Brasil, Coréia e outros países.

    “Nesse site que me recomendou, esse tal de Taylor, faz probabilidades, jogando dados e comparando com o MLM”

    —————————– Leigo, Taylor não FAZ probabilidades, sequer JOGA dados (será que o garoto leva a vida através da metáfora “a vida é um jogo”? Ou será que anda lendo sobre física?) comparando com o MMN. Probabilidade simplesmente é uma técnica utilíssima para análise da realidade. E ele não JOGA coisa alguma: organiza os dados e analisa a realidade através de um método. Esse espantalho não faz nem cócegas no conteúdo de seu estudo, assim como não faz nos estudos de Scheibeler, Coenen, FitzPatrick e outros. Vá no site deles e dê uma olhadinha.

    Se for assim que esta fazendo os cálculos, concordo contigo. Mas só quero que você entenda uma coisa. Vivemos num mundo capitalista, onde 10% da população mundial tem 90% do dinheiro e 90% da população tem 10% do dinheiro. Então, se você prefere fazer um Blog pra ficar criticando os que estão entre os 10%, ao invés de gastar toda essa energia e inteligencia pra ser um dos 10%, a escolha é sua.”

    —————————- Ora, ora, ora… a criança ainda não entendeu o tcham da coisa! MMN é aquilo que há de mais sujo, enganador, mentiroso no capitalismo. Seu pipocar (pois já existe há tempos, mas estava sob uma forma “incubada”) faz parte justamente dessa onda de desregulamentação do mercado de trabalho, perda de direitos por parte da população, ligada à desregulamentação financeira/de fluxo de capitais. Representa a retirada total de direitos e da capa protetiva para quem vive do trabalho, além de possuir, no âmago de sua constituição, um sistema de persuasão que incita a venda de ilusões (técnicas de persuasão e manipulação).
    Exemplificando, é bem verdade que as EMPRESAS de MMN operam numa condição de legalidade que legitima a precariedade do trabalho, mas mesmo assim é uma legalidade, sem sombra de dúvidas. Agora, a situação dos DISTRIBUIDORES de MMN é diferente. Eles trabalham em condições de informalidade.

    Em outras palavras, o MMN é um sistema de distribuição legal sim, mas não é legítimo, pois prejudica a maioria que dele faz parte e os lança a uma situação prática de INFORMALIDADE. Informalidade no sentido de precarização das condições de trabalho e da falta de uma rede de proteção social que abarque os distribuidores que desse mercado fazem parte.

    Isso é bem mais complicado do que parece, e essa maneira de ver o mundo, semelhante a um estúpido que comentou esses dias num post da Monavie daqui falando de inteligência. Trata-se de briga por impor uma visão de mundo baseada na mercantilização total das relações sociais e da vida humana, vida material e o imaginário das pessoas, da busca por poder financeiro, autorregulamentação e um sistema de valores em que sobrevivem apenas os mais fortes. Esse tipo de visão de mundo importada lá de fora destroi a cultura formativa necessária para produzir cidadãos críticos e as esferas públicas que os nutrem, leva a constrangimentos sociais, com a aceleração da competitividade, destruição dos sistemas educacionais, produção de sujeitos atomizados (“quero ser um dos 10% no capitalismo”) e tirando dos indivíduos qualquer sentido de responsabilidade social, ao bem comum, preparando a população para um lento abraço no darwinismo social, com a destruição dos laços comunitários, a desumanização do outro. Esse processo de mudança cultural e da utilização desmedida de técnicas de persuasão e manipulação está por trás (além de outras coisas) desse pipocar do sistema de MMN.

    “Muitas pessoas, em muitos blogs e fórums, fazem as mesmas perguntas: “…mas se você não vender nada ou não convidar ninguém naquele mes, você não ganha nada?”. Faz favor né, quer ficar coçando e ganhando dinheiro, então vá trabalhar de empregado e viver com aquele dinheirinho minguado pra sempre.”

    ——————————- haja paciência com esse raciocínio binário! A noção deles é “empreendedores do MMN X empregados do setor formal”, como se existissem somente essas categorias ligadas ao mercado de trabalho. Sempre a repetição dos mesmos mantras. O bicho deixa implícito que quem trabalha fora do MMN só coça pra ganhar uns trocos, além de negar que a estrutura do MMN favorece a GANHAR dinheiro!

    “E pra terminar, te faço 3 perguntas:
    1ª – Você preferiria casar com o Brad Pitt numa cadeira de rodas ou com o Tiririca?
    2ª – Se você fosse obesa, preferiria ser tratada por um médico gordo ou magro?
    3ª – Você prefere ganhar 10mil por mes durante 5 anos, ou 2mil por mes durante a vida toda?

    Estas perguntas, apesar de parecerem sem sentido, mostram que o que molda sua vida, são suas escolhas, e não as probabilidades.”

    —————————– Isso aqui é uma asneira monumental aliada a falsas escolhas. Uma generalização descabida. Existe uma coisa que se chama MOBILIDADE SOCIAL, tanto pra cima quanto pra baixo. E existem duas outras coisinhas que se chamam CONCENTRAÇÃO e DESIGUALDADE DE RENDA.

    Quanto à primeira, existem também séries históricas que mostram certa estabilidade na taxa que chamo aqui taxa de movimentação de renda, ou taxa de mobilidade social. Ela só é mudada com um esforço muito grande de políticas econômicas aliadas a políticas sociais, e não de escolhas individuais civis. O efeito das escolhas individuais existe, mas é marginal em relação ao efeito da política.

    Exemplo: o governo FHC, através do sucateamento dos serviços públicos, privatizações a preço de banana que mais tarde se mostraram ligadas à bandidagem do colarinho branco mesmo (vide o livro “A Privataria Tucana”, do jornalista Amauri Ribeiro Jr), política monetária e cambiais altamente restritivas que provocaram déficits sucessivos no Balanço de Pagamentos, aumento da vulnerabilidade externa, sucateamento e corte de empregos na indústria – principalmente de transformação e pesada, com a formação bruta de capital fixo abaixo dos 18% do PIB, um nível baixíssimo para crescer, se desenvolver, gerar empregos e criar verdadeiros cidadãos; essa taxa se mantém baixa também nos governos Lula e Dilma e vivemos hoje um processo de desindustrialização da economia, justamente seu setor mais dinâmico -, política de crédito inicial que incentivou o consumo das famílias e seu posterior endividamento, contribuiu para uma pequena regressão inicial na pobreza e indigência quando do boom do consumo (1995-96). Porém, com a mudança do ambiente externo e da política econômica nos anos subseqüentes (ficou mais restritiva), houve o rearranjo nos extratos de renda, com o aumento da taxa de informalidade na economia, aumento do nº de ricos (concentração de renda), estacionamento da classe média baixa, aumento do nº de pobres e indigentes, estacionamento da taxa de mobilidade social.

    De outra forma, pra ficar claro: a ESTRUTURA do sistema de reprodução econômico social é quem, no fim das contas, no AGREGADO determina a taxa de mobilidade social, e não puramente as ESCOLHAS individuais. As escolhas estão submetidas ao imperativo do sistema. O MMN, como um subproduto cancerígeno da economia de mercado segue a mesma lógica: a ESTRUTURA, e não a escolha individual é que vai determinar a taxa de perdas e ganhos do sistema; números e probabilidades são conseqüência da dinâmica dessa realidade, que só pode ser mudado se pensada coletivamente e com solidariedade, e não com voluntarismos individualistas (a não ser que esse voluntarismo esteja a serviço da coletividade). No MMN ainda é pior: a esmagadora maioria que dele faz parte PERDE dinheiro, como cansou de dizer a Renata pra vc. O que é diferente de GANHAR dinheiro, nem que seja alguns caraminguás para comprar o arroz, feijão, fubá e farinha. Consegue entender a diferença entre ganhar pouco (ou ter uma renda média, que seja) e PERDER dinheiro? Pois é. O que temos que pensar é em equalizar melhor as coisas, pois desigualdade excessiva nunca é bom para uma economia. E o MMN, particularmente, leva ao extremo e premia sobremaneira a desigualdade entre os extratos da hierarquia de distribuição.

    Quanto à questão da concentração e desigualdade de renda, primas da taxa de mobilidade social, estão também umbilicalmente ligadas ao crescimento econômico e a políticas redistributivas. Em menos de doze anos, o Brasil saiu do posto de 15ª maior economia do mundo para ocupar o sexto lugar. Este aumento de riqueza foi sentido em diversos setores sociais, inclusive entre os mais pobres. Entre 2000 e 2010, o salário mínimo no Brasil cresceu 9,7%, segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho). Neste mesmo período houve um empenho do governo federal em ampliar o acesso ao crédito para famílias de baixa renda, além do aumento do emprego formal e de políticas de combate à pobreza (instituição do MEI, bolsa família, escola, cotas etc). Quer dizer, programas de transferência de renda e de facilitação de crédito deram resultado do ponto de vista macroeconômico e social. O dinheiro transferido era utilizado para consumo e ajudava/ajuda a aquecer a economia local – os resultados mais visíveis foram nas regiões mais pobres do Nordeste. O problema é que essas políticas que focam no consumo fazem já chegam a um esgotamento natural. Seu objetivo principal é transferir renda sem trabalho, e não ajudar a criar postos de trabalho investindo diretamente na economia e incentivando o investimento da iniciativa privada para gerar emprego e renda duradouros.

    Em suma, ao afrouxar, digamos, o nó da crença nos mercados autorreguláveis (introduzido com tudo no governo FHC), o Brasil (e também outros países da América Latina) teve sucesso na redução da pobreza na última década. Seus pobres hoje são menos pobres, mas os ricos continuam MUITO ricos. Agora a inércia da desigualdade não será vencida exclusivamente por mecanismos de mercado, mercados autorreguláveis e escolhas pessoais. Melhorar a produtividade e a remuneração do trabalho, por exemplo, requer uma política industrial de Estado. Mas não só isso. Para investir, os governos têm que arregimentar força fiscal, e isso é difícil quando sua política fiscal, que é ligada à política tributária (impostos, grossíssimo modo), está envolvida ainda com geração de superávits primários – receita menos despesas excluída a inflação e os juros da dívida.

    Por isso Cledir, a questão da escolha está amarrada à estrutura do sistema capitalista em geral e do sistema de MMN em particular. Não há como fugir disso. Anedotas, histórias pessoais, gatos pingados que ganharam dinheiro não descontextualizam o agregado, mensurado através de dados empíricos.

  60. XNegocios permalink
    02/11/2012 18:30

    Muitas pessoas se cadastram em empresas de Marketing de Rede (MR) e não ganham dinheiro. Isso é fato. Mas sempre fiquei com uma dúvida: qual seria o percentual dos críticos do MR que se sustentam como empresários? Seria ótimo que os críticos do MR se identificassem e informassem como se sustentam. Se sustentam sozinhos ou ainda moram na casa dos pais ou de familiares? Seria ótimo saber se esses críticos do mR costumam fazer autocrítica ou se costumam se fazer de vítimas culpando tudo e todos por suas dificuldades? E mais uma pergunta: se o MR não funciona, qual negócio próprio, na opinião desses críticos, funciona e por que não o estão fazendo?

    • Renata Lima permalink*
      02/11/2012 19:02

      Posso falar por mim. Não moro com pais e sustento-me sozinha. Não sou adepta a vitimização.

      Agora vamos ao que interessa

      1) qual o percentual de pessoas que ganha dinheiro com mmn?

      2) qual o rendimento médio de um distribuidor na empresa que vc trabalha?

      3) Qual o percentual de desistência em até um ano?

      4) vc precisa qualificar-se para ganhar comissões?

      5) por quê produtos e serviços de mmn são superfaturados?

      Obs – acredito que, se souber estas respostas de forma OFICIAL, entenderá toda a crítica que fazemos a este modelo de negócio. Combata mensagem, não mensageiro. É uma perda de tempo e não vai desqualificar nem UMA linha postada neste blog.

  61. Helton Severino permalink
    19/11/2012 15:53

    Gostaria de saber se alguém pode me auxiliar a tomar uma decisão, fui convidado a entrar em um “esquema” desses, na TELEXFREE, e alguns amigos estão dizendo que estão ganhando uma grana. Já recuperaram seus investimentos em 3 meses e estão agora recebendo horrores de dinheiro somente postando anúncios…. enfim tudo o que já sabemos. Neste caso desta empresa existe algo que desabone sua credibilidade ou realmente é a chave para o sucesso?

  62. eurico rosa de oliviera permalink
    06/12/2012 22:42

    eu já participei de vários mmn, aqui no brasil, mas nunca consegui decolar achei muito exorbitante os preços dos produtos e as dificuldades são enormes no recrutamento………………..e como o mmn ainda prospera nos EUA sendo eles tão inteligentes e as histórios de sucesso por lá são tantas………………………ou grandes e ilarias mentiras………………….

  63. 12/06/2013 13:53

    Ok, eu particulamente ja tenho toda uma estrutura de mmn 99% pronta com plano de compensação, o serviço que sera feito treinamento enfim… mas minha duvida é: mesmo sendo um negocio de mmn ha necessidade de registro como empresa? tipo cnpj?

    Agurado!

    att; Davi telles

    • Renata Lima permalink*
      12/06/2013 14:38

      toda empresa precisa ter registro. Procure um contador para te orientar. E não, quando abrir sua empresa, o blog não dará espaço para propaganda…rs. Boa sorte.

    • Antonio Moreira permalink
      14/03/2014 22:15

      Davi

      vamos conversar sobre o assunto, posso ser útil a vc

      AM

      tony.moreirajr70@gmail.com

Trackbacks

  1. Discussão – AFTB « A Indústria da Decepção?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 463 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: